conecte-se conosco


Meu Pet

Entenda a importância de não deixar animais sozinhos em casa

Publicado

Meu Pet

Entenda a importância de não deixar animais sozinhos em casa
Redação EdiCase

Entenda a importância de não deixar animais sozinhos em casa

Veterinária explica que ausência do tutor pode ser prejudicial para a saúde de cães e gato

Antes da adoção, o tutor deve ter a certeza de que poderá atender às necessidades do animal de estimação, pois cachorros e gatos são bichos que demandam tempo, atenção e carinho. Além disso, eles ficam tristes quando são deixados sozinhos, e essa solidão pode ser bastante prejudicial para a saúde deles.

“Ficando mais tempo sozinhos, os animais podem ficar sem comer ou beber água durante um longo período, levando a um quadro de hipoglicemia e desidratação”, alerta Juliana Bulhões, médica veterinária do Hospital Veterinário, Pet Shop & Hotel Sena Madureira.

Ainda de acordo com a profissional, os animais também podem tentar fugir de casa para procurar o tutor e sofrer acidentes. Além do mais, são considerados maus-tratos manter os animais em isolamento ou negligenciar necessidades básicas. Tais atitudes também configuram crime, de acordo coma Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, com pena de reclusão, de 2 a 5 anos, multa e proibição da guarda.

Por quanto tempo animais podem ficar sozinhos?

Segundo a médica veterinária Juliana Bulhões, os cães são animais dependentes e ficam tristes com a ausência do tutor. Por isso, podem ficar sozinhos somente um curto período, no máximo 24 horas. Já os gatos, que são mais independentes, conseguem ficar sozinhos por um pouco mais de tempo, até 72 horas.

> Adoção de cachorro: veja como escolher entre macho e fêmea

Deixe comida, água e brinquedos à disposição

É importante lembrar que caso o cachorro ou gato precise ficar sozinho em casa por algumas horas – enquanto o tutor trabalha ou estuda, por exemplo –, é necessário deixar à disposição do animal água, comida e mantê-lo em um ambiente ventilado e protegido de alterações climáticas.

Nesses casos, para amenizar a solidão, o tutor também pode deixar alguns brinquedos para entreter o bichinho. A médica veterinária do Hospital Veterinário, Pet Shop & Hotel Sena Madureira sugere opções com petiscos para os cães e, para os gatos, “brinquedos que contenham em seu interior a erva catnip, que promove relaxamento e deixa os animais felizes”.

Onde deixar animais de estimação na ausência do tutor?

Se precisar se ausentar por diversos dias, o tutor precisará encontrar formas para garantir que o animal seja cuidado por alguém. Não pode, em hipótese alguma, manter o cachorro ou gato solitário em casa durante uma viagem, por exemplo. De acordo com Juliana Bulhões, se possível, é indicado manter o gato em seu ambiente com um cuidador, pois o estresse de mudá-lo de local também pode ser prejudicial para a saúde do felino.

“Podem ficar sem se alimentar ou apresentar retenção/obstrução urinária”, afirma. Já o cachorro, conforme explica a médica veterinária, sentirá menos falta do tutor se ficar em um hotel, pois poderá participar de atividades de recreação e interagir com outros animais.

Confira mais notícias para cuidar dos pets na  revista ‘Guia dos Pets’

Fonte: IG PET

Comentários Facebook
publicidade

Meu Pet

Vídeo de grupo de “cães introvertidos” viraliza

Publicado

Cães introvertidos ficam parados em parque
Reprodução/TikTok

Cães introvertidos ficam parados em parque

Um vídeo do TikTok fez sucesso entre os internautas ao mostrar um grupo de cães que parecem “introvertidos” interagindo em um parque. 

Ao invés de perseguir bolas, cheirar e correr, como cachorros comuns, os pets permanecem parados e parecem muito inseguros com a situação.

O vídeo foi compartilhado pelo perfil que recebe o nome de QILA, um antigo cão de rua da Rússia que atualmente vive no Suécia. O post tem 21 segundos e o momento inusitado entre os “cães introvertidos” pôde ser visto por mais de 23,7 milhões de vezes e recebeu mais de 4,4 milhões de curtidas no perfil @qilastiktok. 

“Meu cachorro é introvertido, então fomos a um encontro com outros cachorros que pensam da mesma forma. Foi isso que aconteceu”, escreveu um dos tutores na legenda. “É como um pasto de vacas”, acrescentou.

Na gravação, há noves cães que podem ser vistos sentados ou em pé, perto de seus tutores, confusos e sem saber como se comportarem. 

Outros usuários do TikTok deixaram no post comentários sobre esse comportamento: “Eles não sabem o que fazer”, escreveu uma pessoa. Outra acrescentou: “Estou morto, eles são como humanos”. “Cada um deles está apenas curtindo sua própria companhia e solidão. Tão fofo”, acrescentou um terceiro. As informações são do site Vida de Bicho. 

Para garantir que o seu pet terá toda a ajuda sempre que precisar, o iG Pet Saúde conta com planos que incluem visitas de rotina, internações, cirurgias, aplicações de vacinas e muito mais.  Conheça todas a vantagens de se ter um plano de saúde pensado especialmente para deixar o seu pet feliz!

Acompanhe o  Canal do Pet e os maiores destaques do  Portal iG no Telegram!

Fonte: IG PET

Comentários Facebook
Continue lendo

Meu Pet

Padre chuta cachorro em missa e revolta internautas

Publicado

 

Padre chuta cachorro
Reprodução/TikTok

Padre chuta cachorro

O padre de uma igreja em Cajapampa, no Peru, agrediu um cachorro que entrou no espaço no meio da missa que ele oficiava. Quando o homem falava em frente dos fiéis que estavam na igreja para ouvir a palavra de Deus, o animal chegou onde estava o padre, e ele chutou o cão com força para o afastar do púlpito.

A usuária Lii Yesc foi quem gravou o momento e compartilhou em seu TikTok, que foi apagado pela plataforma posteriormente. No entanto, foi publicado durante tempo suficiente para o momento viralizar pelo país e gerar repúdio contra o homem religioso, e ser compartilhado em outras redes.

De acordo com a jovem, algumas pessoas repreenderam o padre por agir desta forma e ele usou passagens bíblicas como desculpa para o seu ataque ao animal. Para o padre, a igreja não é um lugar para guardar animais, por isso não hesitou em chutar o cachorro.

“Como Jesus disse, a minha casa é uma casa de oração e não um curral”, comentou o padre, num segundo vídeo que Yescu compartilhou. As informações são do site Upsocl.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso