conecte-se conosco


Direto de Brasília

Relator da PEC de auxílios sociais manterá texto aprovado no Senado

Publicado

Direto de Brasília

O deputado Danilo Forte (União Brasil-CE), relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 1, que prevê pagamento de benefícios sociais até o fim do ano, desistiu de fazer alterações no texto. Segundo o deputado, a ideia é acelerar a promulgação da proposta do Palácio do Planalto e, consequentemente, os pagamentos dos benefícios.

“Diante das dificuldades e do estado de comoção social que estamos vivendo na questão da necessidade dos auxílios, o mais prudente é agilizar a votação”, disse Forte, em declaração publicada pela Agência Câmara. Caso o texto fosse aprovado com alterações na Câmara dos Deputados, teria que voltar ao Senado para nova análise.

Mais tarde, o relator falou novamente com jornalistas e reiterou sua intenção. “Vou manter exatamente [o texto do Senado] devido à urgência na votação”. Ele acrescentou que estudou a possibilidade de incluir motoristas de aplicativo entre os beneficiados pela PEC, mas devido à dificuldade de mapear esses profissionais e quantos seriam a mais para atender, mudou de ideia.

Atualmente, a proposta está na comissão especial, junto com a PEC 15, a chamada de PEC dos Biocombustíveis. À PEC 15 foi apensada a PEC 1, uma estratégia para acelerar a ida ao plenário da proposta relatada por Forte, uma vez que a PEC 15 já está tramitando na comissão especial.

A ideia de Forte é fazer a leitura do relatório na comissão especial ainda hoje, fazer o debate e votar nesta semana para poder levar a PEC ao plenário já na próxima semana.

“Vamos fazer a última audiência pública, vamos ler o relatório [na comissão especial] hoje e vamos fazer o debate. Estenderemos até quinta-feira, ou sexta, para concluir a votação. Vou cumprir minha tarefa, que é garantir o pagamento dos benefícios”, acrescentou o deputado, que considera possível apreciar a PEC no plenário da Câmara na semana que vem.

Proposta

A PEC traz um pacote de medidas para diminuir os impactos gerados pela alta dos combustíveis e aumentar o valor de benefícios sociais.

Inicialmente, o núcleo da proposta era compensar os estados e o Distrito Federal pela redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o diesel, mas se transformou em uma proposta de emenda à Constituição para aumentar para R$ 600 o pagamento do Auxílio Brasil até o fim do ano e pagar uma espécie de vale combustível para caminhoneiros e taxistas.

A proposta também traz a possibilidade de decretação de estado de emergência, dispositivo que foi inserido no texto para o governo não correr risco de cometer crime eleitoral ao repassar benefícios assistenciais neste ano. A criação de tais benefícios é proibida em ano eleitoral. A única exceção é justamente durante a vigência de estado de emergência.

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Política Nacional

Comentários Facebook
publicidade

Direto de Brasília

Marcha para Jesus: Bolsonaro convoca evangélicos para o 7 de setembro

Publicado

Bolsonaro discursando na Marcha para Jesus neste sábado (13) no Rio de Janeiro
Reprodução: redes sociais – 13/08/2022

Bolsonaro discursando na Marcha para Jesus neste sábado (13) no Rio de Janeiro

Durante o discurso para os  fiéis que participam da Marcha para Jesus neste sábado (13), o  presidente Jair Bolsonaro (PL) convida o público do evento para participar do desfile do feriado de 7 de setembro, que ocorrerá na orla de Copacabana, no Rio de Janeiro. O mandatário também pede por ‘transparência e liberdade’.

“No próximo dia 7, vamos todos às 15 horas, estar presente em Copacabana. Vamos dar um grito muito forte, dizendo a quem pertence esta nação. O que nós queremos é transparência e liberdade”, disse Bolsonaro.

No feriado de 7 de setembro de 2021, o Chefe do Executivo esteve presente na Avenida Paulista, em São Paulo, onde xingou de “canalha” o ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, e se disse a favor de atos anti-democráticos, como a desobediência à Justiça. Ele ainda chamou as eleições de “farsa” e disse que só sai da presidência “preso ou morto”.

Na marcha, o presidente iniciou o discurso ressaltando sua escolha religiosa. “Hoje todos podem dizer que temos um presidente em Brasília que acredita em Deus. Um presidente que defende a família brasileira”, disse.

E finalizou o discurso com o seu bordão criado em 2018, quando foi eleito: “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”.

Fiéis na Marcha para Jesus neste sábado (13)
Reprodução: redes sociais – 13/08/2022

Fiéis na Marcha para Jesus neste sábado (13)

Milhares de fiéis se reuniram neste sábado (13), no Centro do Rio, para participar da Marcha para Jesus , que chega a sua 15ª edição no Rio de Janeiro e completa 30 anos em 2022.

Ainda, a Prefeitura do Rio preparou um esquema especial de trânsito para o evento, com interdições que começaram às 4h e só terminam às 21h.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

Direto de Brasília

Marcha para Jesus reúne milhares de fiéis e a presença de Bolsonaro

Publicado

Marcha para Jesus terá a 15ª edição no Rio de Janeiro, com shows no Centro da cidade
Reprodução/Marcha para Jesus – 13.08.2022

Marcha para Jesus terá a 15ª edição no Rio de Janeiro, com shows no Centro da cidade

Fiéis se reuniram neste sábado (13), no Centro, para participar da Marcha para Jesus , que chega a sua 15ª edição no Rio de Janeiro e completa 30 anos este ano. Milhares de pessoas se concentraram na Avenida Presidente Vargas desde o início da manhã e por volta das 14h40, começaram a caminhar em direção à Praça da Apoteose, onde um palco foi montado para os shows de música gospel.

O trajeto dos evangélicos é acompanhado por seis trios elétricos. O governador do Rio, Cláudio Castro, participa do evento. Entre as atrações confirmadas estão Renascer Praise; Sarah Beatriz; Anderson Freire; Theo Rubia; Lukas Agustinho; Gabriela Gomes; Tom Molinari; Ministério Nova Jerusalém; Apascentar Music; Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul; Midian Lima; Marcus Salles; Ministério Sarando a Terra Ferida; Central 3; Lagoinha Worship e Projeto Vida Nova de Irajá.

A marcha conta com a presença de Jair Bolsonaro, que chegou por volta das 15h. Em entrevista ao jornalista Rica Perrone, no canal do YouTube “Cara a Tapa”, na manhã de hoje, o presidente confirmou que iria ao evento.

Jair Bolsonaro (PL) participando da Marcha para Jesus neste sábado (13)
Reprodução: redes sociais – 13/08/2022

Jair Bolsonaro (PL) participando da Marcha para Jesus neste sábado (13)

Para a marcha, a Prefeitura do Rio preparou um esquema especial de trânsito, com interdições que começaram às 4h e só terminam às 21h.

A operação conta com 104 operadores de trânsito, entre agentes da Guarda Municipal, da CET-Rio e apoiadores de tráfego. Confira abaixo. O Centro Operaçõe da prefeitura (COR) recomenda que os pedestres realizem as travessias em locais semaforizados ou por meio de passarelas, respeitem os locais de proibição de estacionamento e além disso, respeitem também as orientações dos agentes de trânsito e de toda sinalização implantada na área.

Interdições de via, dia 13 de agosto, das 04h às 16h:

I – Avenida Presidente Vargas, pista lateral sentido Candelária, no contra fluxo, no trecho compreendido entre a Rua Uruguaiana e a Praça da República para montagem dos trios elétricos e deslocamento da marcha;

Interdições de via, dia 13 de agosto, das 11h às 21h:

I – Avenida Presidente Vargas:

a) Pista lateral, sentido Candelária, no trecho compreendido entre a Rua Carmo Neto e a Rua Uruguaiana; b) Pista central, sentido Praça da Bandeira, no trecho compreendido entre a Rua de Santana e o Viaduto dos Marinheiros.

II – Rua Santana, no trecho compreendido entre a Rua Frei Caneca e a Avenida Presidente Vargas;

III – Praça da República, pista sentido Central do Brasil, no trecho compreendido entre a Rua Frei Caneca e a Avenida Presidente Vargas;

IV – Rua Moncorvo Filho, no trecho compreendido entre a Rua General Caldwell e a Praça da República.

V – Avenida Salvador de Sá, no trecho compreendido entre a Rua Frei Caneca, sob o Viaduto Trinta e um de Março, e a Avenida Marquês de Sapucaí;

VI – Entroncamento do acesso do Viaduto Trinta e Um de Março para a Avenida Salvador de Sá;

VII – Rua Benedito Hipólito, no trecho compreendido entre a Rua Carmo Neto e a Avenida Marquês de Sapucaí;

VIII – Rua Afonso Cavalcanti, no trecho entre a Rua Amoroso Lima e Rua Carmo Neto;

IX – Rua Comandante Maurity, em toda sua extensão;

X – Avenida Marquês de Sapucaí, no trecho compreendido entre a Avenida Presidente Vargas e a Rua Benedito Hipólito;

XI – Rua Frei Caneca, no retorno de acesso à Avenida Salvador de Sá.

Interdições de via, dia 13 de agosto, das 17h às 19h:

I – Rua Benedito Hipólito, ao longo do bordo esquerdo, no trecho entre a Avenida Marquês de Sapucaí e a Rua do Santana para a desmontagem dos trios elétricos;

Proibição de estacionamento, no dia 13 de agosto, das 05h às 21h:

I – Rua Amoroso Lima, entre a Rua Afonso Cavalcante e a Avenida Presidente Vargas;

II – Rua Carmo Neto, em toda sua extensão;

III – Rua Heitor Carrilho, em toda sua extensão;

IV – Rua Frei Caneca, entre a Rua Heitor Carrilho e o Túnel Martim de Sá;

V – Avenida Presidente Vargas, entre a Praça da Republica e a Avenida Rio Branco – Estacionamento SAARA.

Inversão de sentido viário, dia 13 de agosto, das 11h às 21h:

– Rua Amoroso Lima, no trecho compreendido entre a Rua Afonso Cavalcanti e a Avenida Presidente Vargas, sentido da Rua Afonso Cavalcanti para Avenida Presidente Vargas.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso