conecte-se conosco


Polícia Federal

PF investiga fraude à licitação e peculato em contrato para fornecimento de água mineral à FUNASA

Publicado

Polícia Federal

Manaus/AM – A Polícia Federal, nesta quinta-feira (30/6), deflagrou a Operação Enxurrada, com o objetivo de cumprir 13 mandados de busca e apreensão expedidos pela 4ª Vara Criminal da Justiça Federal do Amazonas, sendo 8 na cidade de Manaus/AM, 4 no município de Anápolis/GO e 1 no Distrito Federal.

Trata-se de investigação policial iniciada para apurar a possível ocorrência dos crimes de fraude em licitação, associação criminosa e peculato, previstos na Lei de Licitações e no Código Penal, em razão de irregularidades detectadas em auditoria realizada pela CGU no contrato para fornecimento de unidades de água mineral à FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE – FUNASA, no ano de 2017.

O contrato foi celebrado pelo valor de quase R$ 5 milhões, com o propósito de dar apoio à emergência enfrentada por alguns municípios do Estado do Amazonas devido às fortes inundações.

Os elementos informativos colhidos no bojo do inquérito policial indicam que houve o direcionamento e sobrepreço na contratação da empresa investigada, que, segundo a CGU, representou um prejuízo de quase R$ 2 milhões, no mínimo.

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de fraude à licitação, peculato e associação criminosa e, se condenados, poderão cumprir pena de até 30 anos.

O nome Enxurrada faz menção às fortes inundações enfrentadas pelos municípios do Estado do Amazonas em 2017, que motivaram a FUNASA a contratar empresa para fornecer água mineral às famílias prejudicadas pelas enchentes.

Comunicação Social da Polícia Federal no Amazonas

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
publicidade

Polícia Federal

PF apreende mais de 20 kg de cocaína no Aeroporto Internacional de São Paulo

Publicado

Guarulhos/SP – A Polícia Federal, prendeu, entre os dias 5 e 6/8, no Aeroporto Internacional de São Paulo, seis pessoas tentando embarcar com cocaína em voos internacionais.

Policiais federais, que atuam com o auxílio de cães farejadores, abordaram um passageiro que embarcaria para Doha, no Catar, e, ao inspecionar sua bagagem, encontraram 3 kg de cocaína nas estruturas de uma mala. O passageiro, nacional da Bósnia, foi preso em flagrante.

Em outra ação, a mesma equipe de policiais, encontrou 8 kg de cocaína em fundos falsos das quatro malas pertencentes a um casal de brasileiros que pretendia embarcar para Goa, na Índia.

Também em fundos falsos encontrado em malas, mais de 8 kg de cocaína foram apreendidos na posse de uma brasileira e de um homem, nacional da Bolívia. A mulher, que transportava mais de 2 kg da droga, tinha como destino final Istambul, na Turquia, e o outro passageiro, em cuja mala foi apreendido quase 6 kg do entorpecente, tinha como destino Dubai, nos Emirados Árabes.

Com um homem, que embarcaria para Serra Leoa, os policiais federais apreenderam 4 kg de cocaína dentro de 156 pacotes de suco em pó. O suspeito, que foi preso pelos policiais tentando se evadir do aeroporto, possui cidadania nipo-brasileira.

Os suspeitos serão apresentados à Justiça Federal, onde poderão responder pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Comunicação Social no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia Federal

Polícia Federal apreende cerca de 250 quilos de cocaína

Publicado

Presidente Prudente/SP –  A Polícia Federal realizou na tarde ontem, 7/8, a abordagem de dois indivíduos que transportavam, em um caminhão, tipo baú, aproximadamente 250 quilos de cocaína.

O veículo foi abordado durante barreira policial montada na rodovia SP-425, nas proximidades do aeroporto de Presidente Prudente/SP, trafegando no sentido Paraná-Presidente Prudente.

Em entrevista, os ocupantes do caminhão afirmaram que estariam transportando uma mudança. Todavia, solicitado acesso ao baú do citado veículo, os policiais notaram a presença de poucas caixas de papel.

Ao vistoriarem as caixas, os policiais constataram que estavam todas carregadas com cocaína.

Os envolvidos e a droga foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal em Presidente Prudente, tendo a autoridade policial, então, ratificado a voz de prisão em flagrante pelo delito de tráfico de drogas.

A droga apreendida seguirá para São Paulo/SP, onde aguardará autorização judicial para sua incineração.

Comunicação Social de Presidente Prudente/SP

Fonte: Polícia Federal

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso