conecte-se conosco


Policial

Três pessoas articuladas para o tráfico de drogas em Confresa são presas pela Polícia Civil

Publicado

Policial

Três pessoas envolvidas no comércio de entorpecentes em Confresa, região nordeste do Estado, foram presas pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (23.06), durante investigação de combate a criminalidade na região.

O casal, ele de 20 e ela de 23 anos, e mais um jovem de 20 anos, foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico, após serem surpreendidos na posse de várias porções de maconha e cocaína.

Os policiais civis realizam diligências quando identificaram uma motocicleta que fazia a entrega da mercadoria ilícita em pontos de venda nos bairros de Confresa, razão pela qual o veículo passou a ser monitorado.

Na manhã desta quinta-feira (23) a equipe avistou quando a motocicleta transitava pelo bairro Setor Universitário. Em seguida foi feita a abordagem veicular e o condutor demonstrou bastante nervoso.

Na ocasião o rapaz afirmou que não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). No bolso de sua bermuda, foram apreendidas porções de maconha embaladas em plástico transparente.

Questionado ele contou que exercia somente a função de entrega, pois trabalhava para um casal, dono da moto e responsável por armazenar o entorpecente em casa e gerenciar o lucro obtido no tráfico.

Com base nas informações os investigadores foram até o endereço do casal. Ao chegarem eles perceberam o portão aberto e mulher na frente da residência, a qual também apresentou nervosismo. Ela autorizou a entrada no local, mas negou a prática criminosa.

Já o marido acabou assumindo o crime. Na casa foram apreendidas balança de precisão, materiais utilizados para embalar drogas, dinheiro em notas trocadas, caderno de anotações, várias porções de maconha, de pasta base e de cocaína.

O casal apontado como integrante de associação criminosa, e o terceiro envolvido foram conduzidos até a Delegacia de Confresa, interrogados e autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Após a confecção dos autos os três presos foram apresentados e colocados à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Polícia Civil apreende duas armas de fogo, várias munições e prende um suspeito em Cáceres

Publicado

Policiais civis, da 1ª Delegacia de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá), apreenderam duas armas de fogo e diversas munições, na manhã desta segunda-feira (04.07), durante averiguação de denúncia anônima.

Uma das armas apreendidas é uma pistola Taurus de calibre .40, furtada de um policial civil em Cuiabá.

Um suspeito, de 36 anos, foi autuado em flagrante pelos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito ou proibido.

Após receber informações sobre um sítio localizado próximo a região conhecida como “Chapadinha”, em Cáceres, onde estariam escondidos integrantes de facção criminosa, a equipe passou a monitorar o local.

Durante o trabalho de campana, foi verificada movimentação intensa de pessoas no endereço, razão pela qual na manhã desta segunda-feira (04) os policiais civis se aproximaram da propriedade.

Ao serem recebidos, o morador autorizou a entrada na residência e, nas buscas, foi localizada uma pistola Taurus modelo 840 e oito munições,  além de uma espingarda de calibre 22, com munições.

Em checagem, foi constatado que a pistola era produto de furto ocorrido em Cuiabá, tendo como vítima um policial civil. 

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à 1ª Delegacia de Cáceres, interrogado pelo delegado Marlon Nogueira e autuado em flagrante delito. Após a confecção dos autos, o preso foi colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil incinera 300 quilos de entorpecentes em Rondonópolis

Publicado

A Polícia Civil incinerou nesta segunda-feira (04.07), em Rondonópolis, mais 300 quilos de entorpecentes apreendidos no semestre. A queima da droga é autorizada pela Justiça após realização de perícia pela Politec.

O material incinerado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis é resultado de apreensões realizadas pelas forças de segurança em ações policiais no município.

Esta é a quinta incineração em 2022 realizada pela Derf e já alcançou quase 2,5 toneladas de entorpecentes queimados, entre maconha, cocaína, pasta base e drogas sintéticas.

O ato faz parte da Operação Narco Brasil, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública no combate ao tráfico de drogas, incineração de entorpecentes e cerco ao crime organizado com auxílio das forças policiais federais e dos 26 estados e o Distrito Federal.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso