conecte-se conosco


Policial

Veículo utilizado em homicídio de Sinop é localizado e proprietário preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicado

Policial

A Divisão de Homicídios da Polícia Civil em Sinop cumpriu na manhã desta sexta-feira (27) um mandado de busca e apreensão como parte do inquérito que investiga o homicídio de Igor Gonçalves Sassaki, ocorrido no mês passado.

Durante a investigação, a equipe da Divisão de Homicídios identificou o veículo utilizado pelos suspeitos do homicídio. Nas buscas, os investigadores apreenderam o carro e ainda uma arma de fogo, porções de cocaína, dinheiro e munições.

O proprietário do veículo foi a pessoa responsável em levar a vítima e os executores até o local onde Igor foi encontrado morto. Ele foi foi preso em flagrante por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo.

Homicídio 

Igor Sassaki, de 30 anos, foi torturado e teve o seu veículo queimado pelos criminosos. O corpo foi localizado na zona rural do município, durante diligências realizadas pelos policiais da DHPP de Sinop, no dia 06 de maio.

As investigações iniciaram após receber informações sobre a localização de uma motocicleta incendiada, no bairro Vila Toscana II, que estava  em nome da vítima. Como o proprietário da motocicleta não foi localizado, a equipe de investigação iniciou levantamentos e conseguiu chegar a uma região de mata, onde encontraram poças de sangue, cápsulas de calibre 9mm,  fios utilizados para amarrar a vítima, além do lacre de tornozeleira eletrônica utilizada por Igor.

No primeiro momento, o corpo não foi localizado. Os policiais iniciaram a varredura da região e, a aproximadamente 200 metros de distância dos objetos, avistaram um monte de capim amassado, com terra aparentemente mexida. Os policiais começaram a escavação e encontraram o corpo da vítima.

Um dos envolvidos no homicídio foi preso pela Polícia Civil no dia 13 de maio.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Homem é preso por porte ilegal de arma em Rio Branco

Publicado

A Polícia Militar localizou e prendeu um homem de 38 por porte ilegal de arma de fogo, na tarde desta segunda-feira (04.07), na zona rural do município de Rio Branco. Com o suspeito, a PM apreendeu uma espingarda de calibre .20

De acordo com o boletim de ocorrência, a PM recebeu denúncias que informavam sobre um homem, que estaria andando livremente com uma espingarda e efetuando disparos de arma de fogo, em uma comunidade rural conhecida como Morada do Vale.

Com as informações repassadas, os policiais militares da unidade se deslocaram para o endereço informado e localizaram o suspeito com a arma em mãos e solicitaram que deixasse o objeto no solo. A ordem foi obedecida pelo homem.

Questionado sobre a procedência da arma, o suspeito afirmou que pertencia a seu tio. Os policiais militares foram até a residência do suposto dono da espingarda, porém não encontraram o homem, sendo informados por vizinhos de que ele estaria em horário de trabalho.

Diante dos fatos, o suspeito flagrado com a espingarda recebeu voz de prisão por porte ilegal de arma e foi encaminhado para a Delegacia da cidade, para registro da ocorrência e demais providências cabíveis do caso.

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende empresário suspeito de estuprar adolescente filha de namorada

Publicado

Um empresário do mercado financeiro, suspeito de estuprar a filha de sua namorada, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (05.07), dentro de investigação realizada pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

O suspeito de 37 anos aproveitou o fato que a vítima de 17 anos estava sob o efeito de álcool para praticar o estupro e estava com a prisão decretada pela Justiça com base nas investigações da Deddica pelo crime de estupro de vulnerável. Ele possui passagens anteriores por crimes de ameaça e violência doméstica.

O fato ocorreu no dia 11 de maio após o suspeito, a namorada e a menor passarem a noite ingerindo bebida alcoólica em um bar da Capital. No final da noite, ocorreram desentendimentos entre a filha, a mãe e o namorado, ocasião em que a mulher foi embora com um casal de amigos.

O suspeito levou a vítima para casa dele e aproveitou o estado de embriaguez da menor para manter relação sexual com ela. Dias depois, ele entrou novamente em contato com a vítima, e pediu para buscá-la na escola, perguntando se ela estava arrependida e que não era para contar para ninguém.

Após saber dos fatos, a mãe da menor procurou a Polícia e também foi até a casa do namorado para buscar seus pertences, ocasião em que foi ameaçada pelo suspeito, que possui uma arma de fogo.

Assim que a equipe da Deddica foi acionada, iniciou as investigações e intimou o suspeito na época dos fatos para comparecer a delegacia, porém ele não foi localizado. Diante das evidências, foi representado pelo mandado de prisão preventiva do investigado, que foi deferido pela Justiça.

O suspeito se apresentou na manhã desta terça-feira (05) na Deddica, ocasião em que estava com o mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça, o qual foi devidamente cumprido.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso