conecte-se conosco


Carros

Honda CB 650R evoca a memória

Publicado

Carros

source
A Honda CB 650R NSC é uma naked esportiva compacta que empolga ao pilotar numa tocada esportiva
Divulgação

A Honda CB 650R NSC é uma naked esportiva compacta que empolga ao pilotar numa tocada esportiva

Não há como não lembrar da Honda CB 400 Four de 50 anos atrás, ao pilotar a CB 650R Já faz quase dois anos que a Honda CB 650R NSC foi apresentada, em substituição à naked anterior da família 650, que ainda utilizava o “F” no nome e abusava do estilo streetfighter .

Fiquei esse tempo todo, também, sem pilotar a motocicleta , de forma que até havia esquecido de como é bacaninha essa versão bastante modernizada de uma café racer .

Da mesma forma que naquela ocasião, a Honda CB 650R NSC me aguçou a memória de quase 50 anos antes, quando foi lançada, mundialmente, um dos ícones da marca, a Honda CB 400 Four de 1974.

A lembrança começa antes mesmo de montar na CB 650R e acelerar: os quatro escapamentos saindo do motor formam uma escultura, antes de se unirem na saída única, embaixo do pé direito do piloto.

Não há como não associar esse desenho com o escapamento da Honda CB 400 Four , que também seguiam um desenho plástico, projetado inicialmente com a finalidade de facilitar a manutenção do motor. A forma agradou tanto que influenciou uma série de outras motocicletas, inclusive da concorrência.

A Honda CB 400 Four foi a primeira motocicleta a ter escapamento quatro- em-um original de fábrica, seguindo uma tendência verificada pelos proprietários de outras four, de usar esse tipo de escape , só que sem qualquer abafador. Isso originou um dos sons mais bonitos da história das motocicletas, quem sabe superado apenas pelo ronco do seis cilindros da Honda CBX .

O tamanho da Honda CB 650R NSC também lembra a tão querida CB 400 Four. Bastante compacta, a nova CB é tanto muito fácil de ser pilotada, principalmente em baixas velocidade e em manobras, quando ágil e estável em estradas sinuosas.

Uma das razões do sucesso da CB 400 Four , na época, era a facilidade de manejo pelos motociclistas de menor estatura que também queriam uma motocicleta de quatro cilindros.

Ao guidão, a Honda CB 650R NSC continua a lembrar a sua inspiradora, em especial pelo guidão baixo, quase plano, e a pedaleira recuada. Mas, ao acelerar, vêm mais recordações.

Novamente o ronco, contido porém grave, encantando os ouvidos em rotações bem altas. Tem o catalisador , diferentemente da antiga, mas que também tinha um grande silenciador cromado que restringia ruídos mais fortes.

Honda CB 650R acelera com vigor e a faixa vermelha do contagiros
Divulgação

Honda CB 650R acelera com vigor e a faixa vermelha do contagiros “começa” lá nas 12.500 rpm

As reações ao acelerador são outro ponto de comparação. Guardadas as devidas proporções de épocas e potências (37 cv contra 88,4 cv, ou, para ser mais justo, 90,5 cv/litro contra 136,2 cv/litro), a Honda CB 650R NSC demora um pouco a subir de giro, quando se abre o acelerador, a menos que se reduza uma ou duas marchas, mas quando isso acontece, empurra com muito vigor.

Mas essa é uma característica comum aos multicilindros de menores cilindradas, bem diferente dos motores maiores, como da sua irmã Honda CB 1000R NSC , que proporcionam um “soco no estômago” quando se abre o acelerador repentinamente.

Para uma pilotagem tranquila, a Honda CB 650 NSC dá a impressão de ter uma relação final muito curta, mas não é bem assim. A meia rotação, lá pelas 6.000 rpm, o motor já está com bons valores de potência e torque, dando a impressão de que precisaríamos engatar uma sétima marcha, mas aí lembramos que a faixa vermelha “começa” lá nas 12.500 rpm! Tem muito motor, ainda. E essa é uma das melhores sacadas da CB 650R .

Em resumo, a Honda CB 650R NSC pode ser a motocicleta ideal para quem quer uma pequena esportiva com muito estilo e muita tecnologia aplicada à segurança da pilotagem e, ao mesmo tempo, com uma simplicidade única, como se pode notar pelo reduzido painel de instrumentos de LCD.

A Honda CB 650R NSC está disponível nas cores vermelha e preta e custa R$ 48.440.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
publicidade

Carros

Renault lança aplicativo que permite reservar carregadores elétricos

Publicado

Aplicativo desenvolvido em colaboração com Tupinambá Energia permite uma série de facilidades para o usuário
Divulgação

Aplicativo desenvolvido em colaboração com Tupinambá Energia permite uma série de facilidades para o usuário

Quando a Renault lançou o Kwid E-Tech, seu segundo modelo elétrico no Brasil, a fabricante afirmou que iria tomar medidas para avançar a mobilidade elétrica no Brasil, e uma dessas ações é o aplicativo Mobilize Charge Pass.

O aplicativo foi criado pela Mobilize , divisão de tecnologia dedicada a mobilidade da Renault , e contou com a parceria da operadora de eletroabastecimento Tupinambá Energia .

Por meio do aplicativo, os clientes podem descobrir carregadores elétricos na região, reservar a vaga para fazer a recarga e inclusive realizar o pagamento pela plataforma, no caso dos carregadores que são pagos.

Qualquer empresa que opere um carregador elétrico público, semi-público ou pago poderá cadastrar seu eletroposto na plataforma, que atualmente conta com 1.000 pontos espalhados em 22 estados e no Distrito Federal.

“Com o Mobilize Charge Pass, facilitamos a vida do cliente na busca de carregadores para seu veículo, agregando todas as etapas do processo, da localização do ponto de abastecimento ao pagamento da recarga quando necessário”, declarou Ricardo Mendes, head da Mobilize no Brasil.

 Tupinambá Energia já opera diversos carregadores elétricos por São Paulo
Divulgação

Tupinambá Energia já opera diversos carregadores elétricos por São Paulo

O aplicativo já está disponível para telefones com sistema iOS ou Android e para acessar basta se cadastrar na plataforma e cadastrar um cartão de crédito para o uso de carregadores pagos.

Outro serviço que a Mobilize também oferece é um aplicativo de compartilhamento e locação de curta duração de veículos, porém, apenas funcionários da Renault do Complexo Industrial Ayrton Senna  e empresas parceiras podem utilizar o serviço.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros

Novo Hyundai HB20S é revelado, mas chega no início de outubro

Publicado

Novo Hyundai HB20S traz o mesmo perfil do hatch, mas conta com algumas diferenças pontuais
Guilherme Menezes/ iG Carros

Novo Hyundai HB20S traz o mesmo perfil do hatch, mas conta com algumas diferenças pontuais

 Além da versão hatch, a Hyundai também revela a variante sedã do HB20 renovado da linha 2023. Apesar do foco da apresentação não ter sido o HB20S — que chegará às lojas entre o final de setembro e o início de outubro — já pudemos conhecer mais detalhes do carro, que terá as mesmas especificações técnicas do seu “irmão”.

Ao contrário do Hyundai HB20 hatch , as rodas de liga leve não trazem aquele desenho mais abstrato, com vários raios e formas geométricas. Ao invés disso, o conjunto do HB20S tem um visual mais convencional. Além disso, a integração entre as lanternas traseiras, de LED, é iluminada (ao contrário do hatch).

Entre as principais mudanças, os para-choques e as laterais ganharam mais vincos. As rodas também são novas. O interior, por sua vez, foi redesenhado e, como destaque, vem equipado com a nova central multimídia de 8 polegadas, com conectividade para Apple Car Play e Android Auto, carregador por indução e cluster digital na versão topo de linha Platinum Plus.

Os motores já haviam recebido novos bicos injetores e melhorias no catalisador, para serem aprovados pelo Proconve L7. Com injeção direta, o  1.0 turbinado rende 120 cv e 17,5 kgfm de torque a 1.500 rpm. Além dele, o motor aspirado também é o mesmo 1.0 , de 80 cv e 10,2 kgfm. Pode vir equipado tanto com o câmbio manual de 5 marchas, quanto com o automático de seis.

Entre as novidades no quesito da segurança, o Hyundai HB20 da linha 2023 traz seis airbags em todas as versões, bem como aviso e assistente de colisão e ponto cego, assistente de manutenção de faixa, bem como sistema de frenagem autônoma.

Como a revelação do HB20S foi uma surpresa, não pudemos testá-lo — como fizemos com o HB20 hatch. E como o carro chegará depois do modelo da outra variante (que chega em agosto), a fabricante ainda está para anunciar uma oportunidade para a redação do iG Carros poder conhecê-lo também. Por isso, fiquem ligados.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso