conecte-se conosco


Mato Grosso

“Asfalto na Estrada do Matão é a redenção da região”, afirma prefeito de Pontes e Lacerda

Publicado

Mato Grosso

O governador Mauro Mendes vistoriou nesta quinta-feira (26.05) as obras de asfaltamento da MT-473, a Estrada do Matão, em Pontes e Lacerda. No total, serão asfaltados 67,8 quilômetros da estrada, em um investimento de pouco mais de R$ 52 milhões por parte do Governo de Mato Grosso.

As obras do primeiro lote, com 45 quilômetros começaram neste ano, enquanto que o segundo lote, com 22,8 km de extensão, teve a ordem de serviço assinada pelo governador durante a visita ao município.

De acordo com Mauro Mendes, essa obra vai melhorar a logística da região Oeste, fazendo com que a produção local possa duplicar. “Nós recebemos muitas demandas no nosso gabinete, mas quando eu entendi o que era a Estrada do Matão, não tive dúvidas que tinha que fazer, que era uma estrada importante para Pontes e Lacerda e para região Oeste”, afirmou.

O prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Barcelos, classificou a chegada dos quase 70 km de asfalto como a redenção para a região. “Com todo respeito do mundo, essa é a estrada mais movimentada do Oeste de Mato Grosso. A Estrada do Matão já melhorou muito, mas vai melhorar ainda mais agora, vai resolver o grande gargalo de logística de Pontes e Lacerda”.

Para o produtor Roque Antônio Júnior, que tem uma fazenda na Estrada do Matão, a chegada do asfalto significa o fim de anos de promessa. Ele lembrou que quando precisava comprar materiais, os vendedores se recusavam a entregar os produtos na Estrada do Matão pelas dificuldades em percorrê-la.

“É um sonho realizado de muitos e muitos anos. Eu moro na fazendo há 12 anos, mas conheço a região há 30. Começamos só na pecuária mas hoje estamos na lavoura. Passando de 70 km de chão para 70 km de asfalto, o frete vai ficar pela metade do valor. A Estrada do Matão está mudando muito e mudando para melhor”, disse.

O governador Mauro Mendes cumpre agenda na região Oeste nesta quinta e sexta-feira (26 e 27.05). Ainda hoje ele visita a 2ª Edição da Oeste Rural Show no município. Amanhã o governador passa por Conquista D’Oeste, Nova Lacerda, Comodoro, Campos de Júlio e Brasnorte, assinando convênios e fiscalizando obras.

Acompanham o governador na viagem os senadores Fábio Garcia e Wellington Fagundes, o deputado federal Dr. Leonardo, os deputados estaduais Dr. Gimenez e Valmir Moretto, os secretários de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira e de Comunicação, Laice Souza, os prefeitos de Nova Lacerda, Uilson Linguiça, de São José dos Quatro Marcos, Jamis Silva, de Vila Bela da Santíssima Trindade, Dr. Andre, de Rio Branco, Luis Carlos, de Curvelândia, Jadilson Alves e de Salto do Céu, Mauto Teixeira.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Detran orienta para a importância da comunicação de venda e transferência de propriedade do veículo

Publicado

Ao vender o veículo é importante que o proprietário vendedor faça a comunicação de venda. Além de ser um procedimento obrigatório previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a comunicação de venda resguarda o vendedor do recebimento de pontuações de eventuais infrações cometidas pelo comprador e também de débitos gerados a partir da venda do veículo.  

Após a venda do veículo, o prazo para realizar a comunicação de venda junto ao órgão executivo de trânsito é de até 60 dias, conforme a mudança trazida pela Lei Federal nº 14.071/2020, que entrou em vigor em abril de 2021. Antes da mudança, a comunicação deveria ser realizada em um prazo de 30 dias.

Como fazer

Se quem está vendendo o veículo possuir os documentos de registro e a autorização para transferência de propriedade em papel moeda (popularmente conhecido como CRV), tanto o proprietário como o comprador deverão preencher o verso do documento com os dados do comprador, reconhecer firma em cartório e, por fim, o vendedor deve fazer a comunicação de venda.

Já os proprietários de veículos adquiridos e emplacados a partir do dia 4 de janeiro de 2021 e que pretendem vender o seu veículo podem fazer a intenção de venda de forma online, através do aplicativo MT Cidadão, ou de forma presencial com agendamento prévio do atendimento no site do Detran (www.detran.mt.gov.br).  

Se for realizar o serviço online, é só baixar o aplicativo MT Cidadão no celular, acessar o menu “Veículos”, selecionar o veículo que será vendido, depois entrar em “Solicitações”, preencher os campos solicitados e imprimir o documento em papel comum.

A Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo (ATPV), que antes vinha em branco, no verso do documento, desde o dia 4 de janeiro de 2021 também é expedida somente quando o proprietário for vender o veículo. Ou seja, não está mais disponível no verso do CRV como era até então.

Com o papel preenchido, o vendedor e comprador devem reconhecer firma da intenção de venda em cartório para posterior comunicação de venda.  

A comunicação de venda pode ser feita em algum dos cartórios associados CONFIRA A LISTA ou em unidades do Detran, com agendamento prévio do atendimento através do site do órgão (www.detran.mt.gov.br).

Transferência de propriedade

A transferência de propriedade é um procedimento obrigatório para o novo dono do veículo conseguir emitir o Licenciamento anual e evitar possíveis transtornos. Conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a transferência deve ser realizada dentro de 30 dias após a compra do veículo.

A abertura do processo para transferência de propriedade pode ser iniciada de forma online, pelo site do Detran-MT, clicando no menu “Serviços Digitais”, ou pelo aplicativo MT Cidadão, sendo necessário o deslocamento apenas para realização da vistoria veicular. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Suspeito de provocar aborto de mulher e jogar feto em lixeira é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicado

Um homem de 51 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta terça-feira (05.07), em Lucas do Rio Verde, suspeito de crime de aborto qualificado da própria esposa.

A Delegacia da Polícia Civil do município foi acionada pela direção do Hospital São Lucas sobre uma paciente, de 42 anos, que deu entrada na unidade em estado grave e, aparentemente, teria sofrido um aborto provocado. A mulher estava acompanhada por seu marido.

Após passar por exames no hospital, foi confirmado que se tratava de aborto de uma gestação de 26 semanas e que o cordão umbilical do bebê foi cortado. Diante da constatação, uma médica perguntou ao marido da paciente sobre o bebê e ele respondeu que havia jogado no lixo.  A profissional mandou que ele buscasse o corpo, que posteriormente entregou no hospital.

A direção da unidade de saúde acionou imediatamente a equipe do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e à Mulher. No hospital, as investigadoras entrevistaram o companheiro da paciente e confirmaram os fatos. Ele foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos.

A mulher não pode ser ouvida diante do estado grave em que se encontra. Ela passou por cirurgia para conter a hemorragia decorrente do aborto.

Após ouvir um casal de filhos da paciente, uma adolescente de 17 anos e um rapaz de 19, o delegado Eugenio Rudy Jr. reuniu informações e indícios de autoria e materialidade do crime, sobretudo, porque o bebê foi jogado em uma lixeira pública.

O corpo do bebê foi encaminhado para exame de necropsia. 

O suspeito negou em depoimento que tenha realizado o aborto. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de aborto qualificado e será apresentado em audiência de custódia da Justiça, nesta quarta-feira.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso