conecte-se conosco


Meu Pet

Gato vai à praia pela 1ª vez e deixa claro o que pensa sobre isso

Publicado

Meu Pet

source
Pumpkin deixou claro o que sente sobre o vento
Reprodução/Facebook

Pumpkin deixou claro o que sente sobre o vento

Pumpkin foi resgatado quando ainda era um filhote, ao lado da mãe e dos irmãos felinos, e a família pretendia mantê-los apenas como um lar temporário, mas não conseguiram resistir e o adotaram junto a um dos irmãos, que recebeu o nome de Moustachio.

Quando os filhotes começaram a crescer, a família descobriu que Pumpkin tinha um caso leve de  hipoplasia cerebelar, doença que afeta a coordenação e percepção de profundidade dos animais, mas ele não deixa que isso o impeça de viver boas aventuras.

“Dizemos que ele é desajeitado como um cachorrinho. Ele parece mais trotar do que correr, com as patas dianteiras levantadas uma de cada vez”, disse Tia, a tutora (que não quis ter o nome revelado), ao The Dodo.

Um dia a família decidiu levar os gatos de estimação à praia e Pumpkim parecia estar curtindo o passeio, até que começou a ventar e todos descobriram que ele definitivamente não era um fã de ventanias.

“Ele realmente amava a praia, mas logo descobrimos que ele não amava o vento”, disse Tia. “As caras que ele estava fazendo, nunca tínhamos visto nada parecido antes, então estávamos tirando fotos e vídeos”.

A família não conseguia parar de rir com a expressão de Pumpkin, que estava deixando o mais evidente possível que não estava gostando da sensação. Os passeios à praia continuaram, e os gatinhos amam explorar por lá, mas o vento está longe de ser a parte favorita.

Para garantir que os pets tenham sempre ajuda quando necessário, o iG Pet Saúde oferece aos tutores consultas emergência e até opção de transporte ao veterinário. Confira  essas e outras vantagens de se ter um plano de saúde pensado especialmente para cães e gatos, por apenas R$ 24,90 nos três primeiros meses. Acompanhe o  Canal do Pet também no Telegram!

Fonte: IG PET

Comentários Facebook
publicidade

Meu Pet

Gato impressiona ao resgatar chave em buraco pequeno e viraliza

Publicado

Gato viraliza após resgatar chave de buraco pequeno
Reprodução/TikTok – 02.07.2022

Gato viraliza após resgatar chave de buraco pequeno


Um gato surpreendeu milhões de pessoas nas redes sociais ao resgatar uma chave de um buraco pequeno. Luh Meira, que compartilhou o vídeo do momento no TikTok, contou que não é tutora do pet, mas teve a ajuda dele após o filho jogar a chave no espaço. 

No conteúdo, Luh exibiu que ela e a criança tentaram pegar a chave de algumas formas, mas foi apenas o gato que conseguiu resgatar o item com sucesso. “Se não tivesse filmado, ninguém acreditaria”, relatou. 


O vídeo viralizou nas redes sociais, acumulando em apenas um dia cerca de 6 milhões de visualizações e mais de um milhão de curtidas no TikTok. No Facebook, já são mais de 25 mil compartilhamentos.

“E dizem que gato preto dá azar”, afirmou na legenda da publicação. Veja:


Nos comentários da publicação, Meira reforçou que, apesar de não ser tutora do gato, interage com ele no condomínio em que mora. “Ele jé tem dona. Ele mora em um apartamento aqui no meu condomínio e está sempre brincando com as crianças”, escreveu. 

Acompanhe o  Canal do Pet e os maiores destaques do  Portal iG no Telegram!

Fonte: IG PET

Comentários Facebook
Continue lendo

Meu Pet

5 raças de cachorros pequenos: conheça as características de cada uma delas

Publicado

5 raças de cachorros pequenos: conheça as características de cada uma delas
Redação EdiCase

5 raças de cachorros pequenos: conheça as características de cada uma delas

Médica veterinária fala sobre os cuidados necessários com alguns cães de pequeno porte

Existem diversas raças de cachorros de pequeno porte, com características e necessidades específicas. Por isso, conhecer cada uma delas é importante para garantir que o pet seja bem cuidado e conviva em harmonia com a família.

> Como cuidar de filhotes de cachorro e gato

1. Maltês

Segundo a médica veterinária Mabel Vaz, essa raça é inteligente e afetuosa com o tutor. “São muito alegres e expressivos, qualidades que fazem deles maravilhosos cães de companhia. Eles são muito bonitos e elegantes por conta da pelagem, e são uma ótima companhia para quem mora em espaços pequenos. Seu pelo é longo e liso, e não precisa de tosa, apenas uma escovação diária. Muito alegres e agitados, eles sempre estão dispostos para brincar”, lista a médica veterinária.

Porém, esse cãozinho não gosta de ficar muito tempo sozinho. Precisa sempre estar perto de alguém, pois sua capacidade de interagir é grande. Ele convive muito bem com pessoas e outros animais. Possui muita energia e, consequentemente, exige a prática constante de exercícios para não se tornar um animal muito estressado.

> Adoção de cachorro: veja como escolher entre macho e fêmea

2. Buldogue Francês

“Excelente companheiro, sociável, alegre, brincalhão, carinhoso e inteligente”, descreve a veterinária Mabel Vaz. Para o Buldogue Francês, um pouquinho de exercício já é suficiente. Como ele é do tipo que tem focinho chato/curto, tem mais dificuldade para respirar quando pratica exercícios físicos.

Esse pequeno cachorro ama companhia e precisa estar sempre rodeado por humanos. Adora todos a sua volta, gosta de ficar no colo e brincar com as crianças. Essas qualidades fazem do Buldogue Francês uma excelente companhia.

3. Lulu da Pomerânia

Esse cachorro parece um bichinho de pelúcia! É encantador. Também conhecido como Spitz Alemão Anão, esse pet é bem calmo, tranquilo e gentil. A pelagem é bastante espessa, mas não exige tosa. Para manter os pelos saudáveis, é importante escová-los todos os dias.

O Lulu da Pomerânia é muito inteligente e alegre. Está sempre em alerta para qualquer perigo e observa todas as ações à sua volta. Pode se dar muito bem com crianças, desde que ele seja apresentado a elas desde filhote. É um cachorro muito ativo e, às vezes, pode latir muito.

> Ansiedade em animais de estimação: saiba como identificar e tratá-la

4. Pug

“São muito atentos e dóceis”, conta Mabel Vaz. Esse cãozinho é muito caseiro, adora ficar no colo e não late tanto à toa. O Pug não se dá muito bem com atividades físicas intensas. Por isso, é uma boa companhia para quem prefere ficar em casa, sossegado.

Assim como o Buldogue Francês, o Pug pode ter dificuldades para respirar e isso costuma gerar um ronco ofegante. É um animal inteligente e obediente. Está sempre de bom humor.

5. Pinscher 

“É muito afetuoso com o dono, mas não tolera facilmente os desconhecidos. Late furiosamente e dá o alarme ante o menor movimento suspeito”, explica Mabel Vaz. Eles são bem parecidos com a raça Chihuahua, por isso, muitas vezes são confundidos um com o outro. É um cachorro dócil e companheiro. Enérgico, ele adora latir.

É um cão que está sempre em sinal de alerta e desconfia de todos os estranhos. Por ter um temperamento eufórico, e devido ao seu tamanho, quem tem crianças em casa precisa tomar cuidado. Elas podem machucá-lo sem querer, e ele pode tentar revidar.

Confira mais dicas para cuidar dos animais de estimação na revista ‘Guia dos Pets’

Fonte: IG PET

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso