conecte-se conosco


Direto de Brasília

Fertilizantes ajudam agronegócio e segurança alimentar, diz presidente

Publicado

Direto de Brasília


O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (26) que, ao informar sobre o envio de fertilizantes da Rússia para o Brasil, que esses insumos garantem a sobrevivência do agronegócio e a segurança alimentar deste e de outros países, para os quais a produção brasileira é exportada.

A afirmação foi feita durante a abertura oficial da 23ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. “Quando estive, há poucas semanas, na Rússia tratando de fertilizantes, momentos antes do ataque ao país vizinho, fomos lá lutar por interesses do Brasil, porque não sobreviveremos sem fertilizantes”, disse o presidente.

“Neste momento, temos 27 navios russos navegando para o Brasil, para trazer fertilizante para o agronegócio, que é nosso orgulho. Não é apenas pela questão de divisas ou por representar um quarto do PIB [Produto Interno Bruto], mas para nossa segurança alimentar”, acrescentou.

Bolsonaro disse ter recebido pedidos de autoridades da Organização Mundial do Comércio (OMS) para que o Brasil aumentasse as exportações de alimentos. O pedido, segundo ele, deve-se ao fato de “o mundo não sobreviver sem os alimentos do Brasil”. “Nossa importância para o mundo todo é a responsabilidade que temos”, complementou.

O presidente lembrou que, ao dar títulos de terras a assentados, possibilitou parcerias entre agricultores familiares e fazendeiros. Transformamos assentados em cidadãos, que estão ao lado do fazendeiro, trabalhando em conjunto. O fazendeiro voltado ao agronegócio, e esse pequeno produtor voltado à agricultura familiar”, argumentou.

Liberdade de expressão

Bolsonaro aproveitou o encontro com prefeitos, vereadores, gestores e parlamentares que participam da marcha para reiterar as críticas a autoridades que, segundo ele, estariam atuando contra a liberdade de expressão de pessoas que têm vida pública.

“Nossa liberdade é inegociável. Quantos de nós somos agredidos ao longo de nossa vida pública? Lamentamos, mas temos mecanismos para reparar isso”, disse o presidente que, recentemente, concedeu perdão ao deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), que foi condenado a 8 anos e 9 meses de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) pelos crimes de tentativa de impedir o livre exercício dos Poderes e coação no curso do processo.

“Obviamente não podemos admitir que algum de nós que possa ter certos poderes interfira no destino final de nossa nação, nesse nosso bem maior que é a liberdade de expressão”, acrescentou o presidente.

Marcha

Promovida pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a 23ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios vai até quinta-feira (28) debatendo temas e apresentando reivindicações das cidades brasileiras. Entre os assuntos abordados, estão reforma tributária, saneamento, piso do magistério e o cenário pós-pandemia.

Nesta edição, o tema tratado por cerca de 6 mil gestores públicos é Município: O caminho para Um Brasil Melhor.

Edição: Nádia Franco

Comentários Facebook
publicidade

Direto de Brasília

Legalização das drogas: Ciro critica Freixo sobre mudança de discurso

Publicado

Ciro Gomes (PDT) classificou como
Divulgação

Ciro Gomes (PDT) classificou como “individualista” a atitude de Marcelo Freixo (PSOL)

O candidato do PT à Presidência da República, Ciro Gomes, criticou nesta quinta-feira (18) a recente mudança de discurso de Marcelo Freixo, candidato do PSB ao governo do Rio, sobre legalização das drogas. A declaração foi dada durante participação do presidenciável em evento na Associação Comercial de São Paulo.

Em mais uma modulação de aceno ao eleitorado de centro, Freixo abandonou sua pauta histórica de sua militância política. Para Ciro, essa guinada colabora para aumentar a descrença da população nos políticos.

Ciro discorria sobre o que chamou de “perda na crença na política” por parte dos brasileiros quando mencionou o carioca como exemplo de atitude “individualista”. Para o pedetista, o povo trabalhador entende a democracia como uma “picaretagem”.

“O Freixo, depois de uma história, para ser candidato, diz que agora não é mais a favor da descriminalização das drogas. Isso aí destrói a questão da hegemonia moral e intelectual, erode os costumes, transforma o país numa selva individualista”, declarou Ciro.

Na quarta-feira (17), Freixo disse em entrevista à TV Record que “não era mais a favor (da legalização)” e que não achava que a pauta “vai nos ajudar nesse momento no Brasil”.

Em um primeiro momento ele havia se esquivado da pergunta, dizendo que era contra temas que “dividissem a sociedade brasileira” na atual conjuntura. Ao explicar sua nova posição, o candidato do PSB afirmou que nesse momento os esforços do governo devem ser na direção de investir em políticas sociais, de saúde e na polícia.

“O que a gente precisa fazer é avançar em dois braços. Um é o braço efetivo da polícia, pra botar bandido na cadeia. Estou falando de miliciano, traficante e político corrupto também. E, mais do que isso, quero o braço social. Tem quer ter lugar com esporte, psicólogo, assistente, para a mãe poder levar o filho e permitir prosperidade, uma chance pra essa juventude”, prosseguiu o postulante ao Palácio Guanabara.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o perfil geral do Portal iG .

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

Direto de Brasília

Vereadores governistas de Salvador declaram apoio a Ciro Gomes

Publicado

Vice de Ciro, Ana Paula Matos se reuniu com vereadores de Salvador
Divulgação – 17.08.2022

Vice de Ciro, Ana Paula Matos se reuniu com vereadores de Salvador

O candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT), junto com a sua vice Ana Paula Matos (PDT), conseguiu o apoio de vereadores e suplentes que fazem parte da base governista de Salvador. Em almoço feito na última quarta-feira (17), a ex-prefeita da capital baiana se reuniu com 20 legisladores.

Durante a reunião, Ana Paula declarou que estava muito feliz com a confiança depositada na chapa pedetista por parte dos vereadores. “Estou muito honrada, feliz e emocionada com esse apoio, esperava um gesto de carinho pela generosidade deles, mas não um gesto público. Alguns me ligaram dizendo que vão votar, pedir voto, mas que por questões de partido, enquanto não tiverem autorização não vão se expressar. Mas, aqui tem gente de todo o campo, que teve a ousadia de nos apoiar publicamente. Não é um projeto de poder, é confiança, é acreditar”, declarou.

“Acredito que Ciro e eu estaremos no segundo turno porque nós estamos fazendo a aliança com o povo, vamos falar ao coração das pessoas. Eles vão entender quem tem projeto, propostas e serviços prestados, e quando isso acontecer caminharão com a gente”, completou.

O líder do governo na Câmara, o vereador Paulo Magalhães Jr, defendeu o projeto de Ciro Gomes e Ana Paula. “Se nós estamos aqui hoje é porque fazemos parte da sua base Ana, a base de Bruno é a base de Ana Paula. Estamos hoje abraçando essa candidatura porque o projeto de Ciro Gomes ganhou nosso coração. O coração de Salvador, da Câmara, da Bahia é Ana Paula. Pode contar com todos nós nessa caminhada”, comentou.

“Ninguém apostava que essa terceira via poderia acontecer, mas hoje temos a certeza, veio da melhor forma, com Ana com seu jeito sensível, de agregar  A Ana de Salvador vai ser a Ana do Brasil, a Ana de Bruno vai ser a de Ciro”, acrescentou.

Uma ala da bancada feminista também decidiu apoiar a campanha de Ciro e prometeu ajudar na candidatura nas ruas de Salvador. “Ana está com essa representatividade feminina não só pela força da mulher, mas pela força dos baianos. Vamos construir essa vitória juntos e Salvador entende e importância em ter Ana como vice-presidente da República”, disse a vereadora Roberta Caires (PP).

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso