conecte-se conosco


Tecnologia

Twitter proíbe anúncios com negacionismo climático

Publicado

Tecnologia


source
Twitter
Bruno Ignacio

Twitter

O Twitter informou que não permitirá mais em seu site anunciantes que estejam contrários ao consenso científico sobre as mudanças climáticas. O anúncio foi feito ontem, coincidindo com o Dia Internacional da Terra, e ocorreu pouco depois de a União Europeia firmar um novo acordo exigindo que as grandes empresas de tecnologia examinassem seus próprios sites mais detalhadamente, em busca de “discurso de ódio, desinformação e outros conteúdos nocivos”, segundo a Associated Press.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

“Os anúncios não devem prejudicar conversas importantes sobre a crise climática”, disse a empresa em comunicado, descrevendo sua nova política.

As medidas vão na esteira de ações adotadas por outras das chamadas “big techs” (grandes empresas de tecnologia da informação), como o Google, que já havia anunciado providência similar.

Segundo a AP, não houve indicação de que a mudança afetaria o que os usuários publicam na rede social, que, junto com o Facebook, tem sido alvo de grupos que buscam promover alegações enganosas sobre as mudanças climáticas. O Twitter disse que fornecerá mais informações nos próximos meses sobre como planeja oferecer “contexto confiável para as conversas climáticas” de seus usuários.

Leia Também

Os relatórios do painel científico, apoiado pela ONU, sobre as causas e efeitos das mudanças climáticas fornecem a base às negociações internacionais para conter os efeitos adversos da ação humana no meio ambiente. 

A empresa já tem um tópico dedicado ao clima em seu site e entregou um documento durante a conferência climática da ONU, do ano passado, no qual afirma combater a desinformação em torno das mudanças climáticas. 

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

5G chega a mais 4 capitais na próxima segunda, confirma Anatel

Publicado

Mais 4 cidades recebem 5g na próxima segunda
Victor Toledo

Mais 4 cidades recebem 5g na próxima segunda

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu nesta quinta-feira (18) liberar o sinal do  5G ‘puro’ em mais quatro capitais: Florianópolis (SC), Palmas (TO), Rio de Janeiro (RJ) e Vitória (ES) na próxima segunda-feira (22). 

Após a decisão do Gaispi, já serão 12 capitais com a tecnologia. O grupo foi criado pela Anatel para cuidar da ativação da internet 5G na faixa de 3,5 gigahertz (GHz), que oferece maior velocidade, estabilidade e menor tempo de latência (resposta).

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

A partir de segunda, as quatro capitais se juntam a Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB), Porto Alegre (RS), São Paulo (SP), Curitiba (PR), Goiânia (GO) e Salvador (BA), como integrantes do sistema 5G. 

A priori, o sinal fica restrito a alguns pontos das cidades, já que o edital prevê ma antena para cada 100 mil habitantes. O número vai crescer conforme o passar dos anos, o que já ocorre em algumas capitais onde a tecnologia foi instalada primeiro. 

Inicialmente, todas as capitais deveriam ter o 5G puro funcionando até 31 de julho, mas o prazo foi prorrogado pela Anatel por atraso na entrega dos equipamentos que vem da Ásia e precisam ser instalados para evitar que o 5G cause interferência em serviços profissionais de satélite.

Pelo cronograma do Gaispi, o 5G precisa ser ativado comercialmente nas 15 capitais restantes até 27 de novembro, mas, no atual ritmo, a expectativa deve ser superada. 

Ainda falta ativar o 5G puro em: Recife (PE); Fortaleza (CE); Natal (RN); Aracaju (SE); Maceió (AL); Teresina (PI); São Luís (MA); Campo Grande (MS); Cuiabá (MT); Porto Velho (RO); Rio Branco (AC); Macapá (AP); Boa Vista (RR) Manaus (AM); e Belém (PA).

Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

FIFA 23: erro faz versão de R$ 500 ser vendida por 30 centavos

Publicado

FIFA 23 é vendido por centavos após erro
Divulgação

FIFA 23 é vendido por centavos após erro

Uma falha na loja online Epic Games Store fez com que a versão Ultimate Edition do FIFA 23 fosse vendida por apenas R$ 0,31. O erro aconteceu há algumas semanas, na pré-venda do game na Índia. O valor oficial desta versão de FIFA 23 para PS4 e PS5 será R$ 498,90.

Por engano, a Epic Games Store deu desconto de 99,98% em FIFA 23, fazendo com que o jogo custasse apenas 4,80 rúpias (ou R$ 0,31, em conversão direta).

Com isso, jogadores de todo o mundo aproveitaram a oferta. Aqueles que vivem fora da Índia chegaram a alterar seus cadastros na Epic Games Store para comprarem FIFA 23 pelo preço mais baixo.

A EA Sports, desenvolvedora do jogo, afirmou que quem conseguiu realizar a compra vai ter acesso ao game. “Algumas semanas atrás, marcamos um gol contra espetacular quando oferecemos inadvertidamente a pré-venda do FIFA 23 na Epic Games Store por um preço incorreto. Foi um erro nosso e queremos que você saiba que honraremos todas as pré-compras feitas a esse preço”, anunciou a empresa.


Fonte: IG TECNOLOGIA

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso