conecte-se conosco


Policial

Filho adotivo de idoso é preso pela Polícia Civil após praticar crimes contra o pai, de 80 anos

Publicado

Policial


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Policiais civis da Delegacia de Lucas do Rio Verde cumpriram nesta segunda-feira (14.02) a prisão de um homem de 40 anos, investigado por diversos crimes praticados contra seu pai, um idoso de 80 anos. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela equipe do Núcleo de Atendimento ao Idoso da unidade da Polícia Civil do município.

A decisão foi deferida pela Justiça após investigação da Polícia Civil que apurou a situação de vulnerabilidade vivenciada pelo idoso diante de atos praticados pelo suspeito, que é filho adotivo da vítima.

Conforme a apuração, o idoso vinha sofrendo constantes ameaças do filho que, inclusive, agredia o pai verbalmente e ainda pegava cartões de crédito da vítima, que ficava impedida de fazer saques em conta bancária para seu sustento. Além disso, o suspeito furtava objetos da residência e vendia para comprar entorpecentes.

A situação de vulnerabilidade do idoso foi objeto de dois Termos Circunstanciados de Ocorrências instaurados no ano passado pelo crime de ameaça, sendo concluídos e encaminhados ao Poder Judiciário.

O suspeito também foi investigado em diversos inquéritos instaurados em ano anteriores por tráfico e associação para o tráfico, roubo, furto qualificado, ameaça no âmbito da violência doméstica, posse de munição e corrupção de menores.

“O idoso e sua esposa são obrigados a suportarem o desrespeito e a agressividade do filho, que nem sequer contribui financeiramente para o sustento da residência, preferindo a ociosidade de uma vida fácil e se recusa a ser internado em estabelecimento próprio para recuperação de seu vício”, explicou o delegado Eugênio Rudy Jr. ao representar pela prisão do suspeito, acrescentando que a situação e ameaças vêm causando prejuízos à saúde do idoso.

Após o cumprimento da prisão, o suspeito foi encmainhado ao Centro de Detenção Provisória de Lucas do Rio Verde.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Maconha é apreendida na BR 364 em Rondonópolis

Publicado

Na tarde de ontem (09), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 30 kg de maconha em um ônibus.

A ocorrência aconteceu na BR 364, município de Rondonópolis, quando um ônibus foi parado para fiscalização.

Durante a verificação dos passageiros, uma mulher apresentou bastante inquietação e nervosismo e a todo momento entrava em contradição a respeito da viagem, o que gerou suspeita por parte da equipe policial.

Indagada se possuía bagagens, informou que não possuía, porém estava em posse de tickets de bagagem despachada. Com isso, foi realizada uma busca com o cão de faro no compartimento externo, o qual indicou presença de ilícitos ao farejar duas malas.

Ao verificar a identificação das bagagens, constatou-se que a numeração dos tickets eram iguais às da passageira que tinha sido fiscalizada inicialmente.

Em virtude disso, os policiais abriram as malas pertencentes à passageira e encontraram a quantidade de 38 tabletes de droga, pesando um total de 30 kg de maconha.

Perguntada sobre o ilícito, a mulher afirmou ter pego em Foz do Iguaçu e entregaria na cidade de Rio branco/AC.

Diante dos fatos, a passageira foi detida, a princípio, pelo crime de tráfico e foi encaminhada à Delegacia de Polícia Judiciária Civil de Rondonópolis

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Ouro é apreendido no município de Poconé

Publicado

Na manhã de ontem (07), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 300g de ouro.

A ocorrência aconteceu na BR 070, município de Poconé, quando um ônibus que fazia a linha Porto Velho – Cuiabá foi parado para fiscalização. Durante a verificação dos passageiros, um homem apresentou muito nervosismo e a todo momento entrava em contradição a respeito da viagem.

Com isso, foi realizada uma busca mais detalhada em seus pertences, sendo encontrado duas barras pequenas de cor dourada, as quais se tratavam de ouro, um peso total de 305g.

Questionado sobre a situação, o homem afirmou ter comprado no interior do estado e que levaria para a cidade de Cuiabá para revender.

Diante dos fatos, o homem foi detido, a princípio, por crime contra o patrimônio na modalidade de usurpação, por produzir bens ou explorar matéria-prima pertencentes à União, sem autorização legal ou em desacordo com as obrigações impostas, sendo encaminhado à Delegacia da Polícia Federal de Cuiabá para os procedimentos cabíveis.

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso