conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo de MT investe R$ 40,5 milhões para asfaltar 21 bairros de Várzea Grande

Publicado

Mato Grosso


Várzea Grande vai receber um investimento de R$ 40,5 milhões em obras de pavimentação e recapeamento em diversos bairros da cidade. O investimento é resultado de três convênios assinados nesta terça-feira (08.02) pelo governador Mauro Mendes, o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, e o prefeito de Várzea Grande Kalil Baracat.

No total, serão recapeados 386,79 mil metros quadrados e pavimentados outros 19 mil m². As obras serão realizadas em 223 ruas de 21 bairros da cidade. Do valor total, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) irá repassar R$ 36,7 milhões para a Prefeitura de Várzea Grande, que entrará com R$ 3,8 milhões como contrapartida e será responsável por executar as obras.

“São três convênios importantes para trazer asfalto e qualidade de vida urbana. O Governo ajuda Várzea Grande, mas também Cuiabá e outras cidades. Hoje tenho orgulho em falar que não tem um município de Mato Grosso sem receber investimentos, em que o dinheiro do cidadão não dê retorno à sociedade”, salientou o governador Mauro Mendes.

O secretário de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira, lembrou que recentemente o Governo assinou um convênio para a construção de uma ETA no Chapéu do Sol, para ajudar a resolver o problema da falta de água em Várzea Grande, além de outras obras que beneficiam o município e a região.

“O governador Mauro Mendes tem um olhar especial para a região da planície pantaneira. Estamos fazendo a ponte do Parque Atalaia, resolvendo o BRT, ainda esse ano vamos lançar muitas obras para essa região”, assinalou.

O primeiro convênio prevê obras de pavimentação, drenagem e sinalização em 15 ruas do bairro Altos do Bela Vista, no valor de R$ 6,2 milhões. O segundo convênio é para pavimentação, drenagem e sinalização na rua Nova Esperança, no bairro Nova Esperança, em um valor de R$ 908,8 mil.

Por fim, R$ 33,3 milhões serão investidos no recapeamento de diversas ruas nos bairros Jardim Aeroporto, Embauval, Santa Isabel, Jardim Imperador, Novo Horizonte, Nova Várzea Grande, Ponte Nova, Nossa Senhora da Guia, Jardim Paula, Figueirinha, Panorama, Água Vermelha, Residencial Celestino Henrique, Eldorado/Cidade de Deus, Marajoara, Jardim dos Estados, Mapim, Jardim Glória e no Centro da cidade.

De acordo com o prefeito Kalil Baracat, Várzea Grande tem hoje uma demanda de aproximadamente 500 km de asfalto e uma malha urbana antiga. “Esse é um presente para Várzea Grande. Temos trabalhado muito para honrar os compromissos assumidos e o Governo tem nos ajudado, um Governo que recuperou as finanças, recuperou a credibilidade e faz investimentos em todas as cidades”.

Para o deputado estadual Eduardo Botelho, que destinou emenda para as obras de recapeamento, essas entregas são resultados do trabalho iniciado pela atual gestão em 2019. “Nós vemos melhoras em muitas áreas”, afirmou. O deputado federal Neri Geller, que destinou recursos para obras de pavimentação no Altos do Bela Vista, destacou a parceria com o governo, que resulta em melhorias para o cidadão.

Também estiveram presentes o ex-governador Júlio Campos, os deputados estaduais Paulo Araújo e Dilmar Dal Bosco, os secretários chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, chefe de Gabinete, Jordan Espíndola, de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, de Comunicação, Laice Souza, o presidente da Câmara dos Vereadores de Várzea Grande, Fábio Tardin, além de vereadores do município, secretários municipais e adjuntos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Detran orienta para a importância da comunicação de venda e transferência de propriedade do veículo

Publicado

Ao vender o veículo é importante que o proprietário vendedor faça a comunicação de venda. Além de ser um procedimento obrigatório previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a comunicação de venda resguarda o vendedor do recebimento de pontuações de eventuais infrações cometidas pelo comprador e também de débitos gerados a partir da venda do veículo.  

Após a venda do veículo, o prazo para realizar a comunicação de venda junto ao órgão executivo de trânsito é de até 60 dias, conforme a mudança trazida pela Lei Federal nº 14.071/2020, que entrou em vigor em abril de 2021. Antes da mudança, a comunicação deveria ser realizada em um prazo de 30 dias.

Como fazer

Se quem está vendendo o veículo possuir os documentos de registro e a autorização para transferência de propriedade em papel moeda (popularmente conhecido como CRV), tanto o proprietário como o comprador deverão preencher o verso do documento com os dados do comprador, reconhecer firma em cartório e, por fim, o vendedor deve fazer a comunicação de venda.

Já os proprietários de veículos adquiridos e emplacados a partir do dia 4 de janeiro de 2021 e que pretendem vender o seu veículo podem fazer a intenção de venda de forma online, através do aplicativo MT Cidadão, ou de forma presencial com agendamento prévio do atendimento no site do Detran (www.detran.mt.gov.br).  

Se for realizar o serviço online, é só baixar o aplicativo MT Cidadão no celular, acessar o menu “Veículos”, selecionar o veículo que será vendido, depois entrar em “Solicitações”, preencher os campos solicitados e imprimir o documento em papel comum.

A Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo (ATPV), que antes vinha em branco, no verso do documento, desde o dia 4 de janeiro de 2021 também é expedida somente quando o proprietário for vender o veículo. Ou seja, não está mais disponível no verso do CRV como era até então.

Com o papel preenchido, o vendedor e comprador devem reconhecer firma da intenção de venda em cartório para posterior comunicação de venda.  

A comunicação de venda pode ser feita em algum dos cartórios associados CONFIRA A LISTA ou em unidades do Detran, com agendamento prévio do atendimento através do site do órgão (www.detran.mt.gov.br).

Transferência de propriedade

A transferência de propriedade é um procedimento obrigatório para o novo dono do veículo conseguir emitir o Licenciamento anual e evitar possíveis transtornos. Conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a transferência deve ser realizada dentro de 30 dias após a compra do veículo.

A abertura do processo para transferência de propriedade pode ser iniciada de forma online, pelo site do Detran-MT, clicando no menu “Serviços Digitais”, ou pelo aplicativo MT Cidadão, sendo necessário o deslocamento apenas para realização da vistoria veicular. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Suspeito de provocar aborto de mulher e jogar feto em lixeira é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicado

Um homem de 51 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta terça-feira (05.07), em Lucas do Rio Verde, suspeito de crime de aborto qualificado da própria esposa.

A Delegacia da Polícia Civil do município foi acionada pela direção do Hospital São Lucas sobre uma paciente, de 42 anos, que deu entrada na unidade em estado grave e, aparentemente, teria sofrido um aborto provocado. A mulher estava acompanhada por seu marido.

Após passar por exames no hospital, foi confirmado que se tratava de aborto de uma gestação de 26 semanas e que o cordão umbilical do bebê foi cortado. Diante da constatação, uma médica perguntou ao marido da paciente sobre o bebê e ele respondeu que havia jogado no lixo.  A profissional mandou que ele buscasse o corpo, que posteriormente entregou no hospital.

A direção da unidade de saúde acionou imediatamente a equipe do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e à Mulher. No hospital, as investigadoras entrevistaram o companheiro da paciente e confirmaram os fatos. Ele foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos.

A mulher não pode ser ouvida diante do estado grave em que se encontra. Ela passou por cirurgia para conter a hemorragia decorrente do aborto.

Após ouvir um casal de filhos da paciente, uma adolescente de 17 anos e um rapaz de 19, o delegado Eugenio Rudy Jr. reuniu informações e indícios de autoria e materialidade do crime, sobretudo, porque o bebê foi jogado em uma lixeira pública.

O corpo do bebê foi encaminhado para exame de necropsia. 

O suspeito negou em depoimento que tenha realizado o aborto. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de aborto qualificado e será apresentado em audiência de custódia da Justiça, nesta quarta-feira.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso