conecte-se conosco


OPORTUNIDADE

Fort Atacadista está com 25 vagas abertas de emprego em Várzea Grande

Publicado

Destaque

Seletiva para preenchimento das vagas acontece nesta quinta-feira (27.01), às 8h e às 14h

O Fort Atacadista, bandeira de atacarejo do Grupo Pereira, promove nesta quinta-feira (27.01), em dois horários, às 8h e às 14h, na loja localizada na Avenida da FEB, em Várzea Grande, seletiva de emprego para preenchimento de 25 vagas.

As vagas disponíveis são para:
– Técnico em carnes;
– Auxiliar de perecíveis;
– Operadora de caixa; e
– Repositor.

Além do salário fixo, a rede disponibiliza vários benefícios aos seus funcionários, como vale transporte, refeitório próprio, plano odontológico, seguro de vida e Cartão Vuon com desconto especial. Os candidatos devem comparecer portando documentos pessoais com foto e máscara facial.

A loja da Avenida da FEB foi totalmente reformada e será reinaugurada em breve. Entre as novidades previstas está o Açougue Carne Fresca.

Em Cuiabá, as lojas do Fort Atacadista estão presentes nas Avenidas Fernando Corrêa da Costa, Miguel Sutil e na saída para Chapada dos Guimarães e em Várzea Grande, na Avenida da FEB.

Sobre o Grupo Pereira

Fundado em 1962, na cidade de Itajaí, em Santa Catarina, o Grupo Pereira celebra em 2022 seus 60 anos de história. Com 16 mil funcionários e 800 representantes comerciais autônomos nos Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal, o Grupo Pereira tem 93 unidades de negócio, sendo 28 lojas do Comper (rede de supermercados), 47 lojas do Fort Atacadista (atacarejo), sete filiais do Atacado Bate Forte (atacadista de distribuição), 10 lojas SempreFort (varejo farmacêutico) e um posto de combustível. Completando o ecossistema de soluções para o cliente, também fazem parte dos negócios do Grupo Pereira o braço logístico Perlog e o de serviços financeiros Vuon, que inclui o private label Vuon Card, com mais de 610 mil cartões emitidos, além de seguros e assistência odontológica.

Com a missão de oferecer uma experiência de compra positiva por meio de excelência no relacionamento com clientes, fornecedores e funcionários, o Grupo Pereira colabora com a sociedade por meio de diferentes programas socioambientais.

Comentários Facebook
publicidade

Destaque

Caixa paga Auxílio Brasil para beneficiários com NIS final 5

Publicado

A Caixa Econômica Federal paga nesta terça-feira (24) a parcela de maio do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 5. O valor mínimo do benefício é R$ 400. As datas seguem o modelo do Bolsa Família, que pagava nos dez últimos dias úteis do mês.

O beneficiário poderá consultar informações sobre datas de pagamento, valor do benefício e composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Atualmente, 17,5 milhões de famílias são atendidas pelo programa. No início do ano, 3 milhões foram incluídas.

Benefícios básicos

O Auxílio Brasil tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga emprego ou tenha filho que se destaque em competições esportivas, científicas ou acadêmicas.

Podem receber o benefício famílias com renda per capita até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e até R$ 200, em condição de pobreza.

Benefício permanente

Na semana passada, o presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou a medida provisória que torna o Auxílio Brasil de R$ 400 um benefício permanente. A sanção foi publicada no Diário Oficial da União.

A proposta inicial do governo federal previa que esse valor valesse apenas até dezembro de 2022. Os parlamentares, no entanto, decidiram tornar o valor permanente, e o texto aprovado pelo Senado, no último dia 4, já tornava o piso de R$ 400 permanente com a inclusão de uma espécie de complemento ao valor do Auxílio Brasil. Antes, o benefício tinha o tíquete médio de R$ 224.

De acordo com a Secretaria-Geral da Presidência da República, o governo gasta cerca de R$ 47,5 bilhões anuais só com o volume regular do Auxílio Brasil. A estimativa é de que o governo precise desembolsar outros R$ 41 bilhões por ano para bancar o valor complementar ao benefício.

“A sanção presidencial é importante para efetivar o Programa Auxílio Brasil, tornando-o perene à sociedade, mitigando o gargalo financeiro relativo aos mais necessitados”, disse a pasta.

Edição: Denise Griesinger

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Motorista morre em grave acidente na saída para Rondonópolis em Cuiabá

Publicado

Com a força do impacto a madeira prensou o motorista, que morreu esmagado.

 

Paulo Marcos Lambrecht, de 37 anos, morreu na hora, ele vinha de Rondônia.

O acidente ocorreu no início da noite desta segunda-feira (23.05), no trecho da BR-364. Paulo Marcos bateu num caminhão quebrado na pista, e atingiu a traseira de um terceiro caminhão.

A Polícia fez o levantamento das causas do acidente

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso