conecte-se conosco


Policial

Alvo de operação da Polícia Federal tem mandados de prisão cumpridos pela Polícia Civil em Arenápolis

Publicado

Policial


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, em ação conjunta da Delegacia de Arenápolis e Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), cumpriu dois mandados de prisão contra um homem considerado foragido da Justiça Federal por crimes de tráfico internacional de drogas e organização criminosa.

O suspeito de 42 anos é um dos alvos da operação “Grão Branco”, deflagrada pela Polícia Federal, em maio de 2021 para desarticular quadrilha responsável por tráfico internacional de drogas.

Contra o foragido havia duas ordens de prisão em aberto, sendo um mandado de prisão definitiva expedido pelo Tribunal de Justiça de Mato Groso (Comarca de Sapezal) e o outro de prisão preventiva expedido pela Justiça Federal.

As equipes da Delegacia de Arenápolis e da GCCO, que estava em diligências na região, receberam informações sobre o paradeiro do foragido e conseguiram localizar o suspeito em uma residência no bairro Vila Nova, onde foi dado cumprimento as ordens judiciais.

“Um foragido da Justiça, alvo de uma importante operação de combate ao tráfico internacional de drogas deflagrada pela Polícia Federal e que a Polícia Civil, sempre atenta conseguiu efetuar sua prisão”, destacou o delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.

Operação Grão Branco

Deflagrada pela Polícia Federal em maio de 2021, a operação tinha o objetivo de desarticular um grupo criminoso envolvido com tráfico internacional de drogas. As investigações iniciaram em janeiro de 2019, quando a Polícia Federal e o Grupo Especial de Fronteira (Gefron) de Mato Grosso, apreenderam 495 kg de cocaína no município de Nova Lacerda.

Na operação, foram cumpridos 110 mandados judiciais, nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Amazonas, Maranhão, Pará, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.

Entre os mandados, 38 de prisão e 72 de busca e apreensão foram expedidos pela 1ª Vara da Justiça Federal de Cáceres. A Justiça Federal determinou, também, a busca e apreensão de 10 aeronaves e o sequestro de todos os bens de 103 pessoas físicas e jurídicas investigadas.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Policial

Em Vila Bela MT Polícia prende traficante durante busca e apreensão

Publicado

Um jovem acusado de comercializar entorpecentes no município de Vila Bela da Santíssima Trindade, foi preso pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (26.05), no município de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a oeste de Cuiabá).

A ação foi deflagrada para cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar, expedido pelo juízo da Comarca local, após investigação da Delegacia de Polícia de Vila Bela da Santíssima Trindade.

O suspeito de 26 anos foi autuado por tráfico de drogas e receptação. Na casa do investigado, foram apreendidas porções de maconha e pasta base de cocaína, além de diversos equipamentos sem comprovação fiscal.

Durante diligências visando o combate a venda de substâncias ilícitas, os policiais civis identificaram uma casa supostamente usada para o tráfico. Com base nos indícios foi representado pelo pedido de busca e apreensão, deferido pela Justiça.

O suspeito de 26 anos foi autuado por tráfico de drogas e receptação. Na casa do investigado, foram apreendidas porções de maconha e pasta base de cocaína, além de diversos equipamentos sem comprovação fiscal.

Durante diligências visando o combate a venda de substâncias ilícitas, os policiais civis identificaram uma casa supostamente usada para o tráfico. Com base nos indícios foi representado pelo pedido de busca e apreensão, deferido pela Justiça.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil representa por prisão preventiva de suspeito de matar mãe em Várzea Grande

Publicado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), representou pela prisão preventiva do suspeito de matar a própria e ocultar o corpo por vários dias, no apartamento em que moravam no bairro Imperador em Várzea Grande.

O suspeito, de 33 anos, filho da vítima, se apresentou espontaneamente, na noite de sexta-feira (26.05) na DHPP, onde foi interrogado pelo delegado Hércules Batista Gonçalves e confessou o crime.

Ele revelou que matou a mãe no dia 13 de maio, durante uma discussão e que estava sob o efeito de drogas no momento dos fatos. O corpo da vítima foi localizado pela equipe da DHPP na manhã de quinta-feira (26),

Segundo informações, a vítima residia no local há mais de 10 anos com seu filho e há alguns dias os vizinhos começaram a sentir um forte cheiro vindo do apartamento. Na quinta-feira, a síndica e o zelador foram até o apartamento, ocasião em que perguntaram para o suspeito sobre a sua mãe e ele disse que ela estava na cidade de Cáceres.

Enquanto estavam no apartamento, as testemunhas o um pé sobre a cama, desconfiando que poderia se tratar da vítima, porém ficaram com medo e saíram do local, em seguida acionando a Polícia. Neste momento, o suspeito, percebendo que poderia ser descoberto, decidiu deixar o local, saindo do apartamento e trancando a porta.

A equipe da Polícia Militar esteve no local, sendo necessário arrombar a porta do aparamento, ocasião em que os policiais encontraram o corpo já em estado de decomposição avançado em cima da cama, enrolado por vários cobertores. O apartamento estava revirado, com roupas pelo chão e pratos de comidas e alimentos espalhados, além de indícios de uso de drogas no local.

As equipes policiais realizaram diligências para localizar o suspeito, porém sem êxito. O investigado se apresentou na DHPP no início da noite, sendo interrogado, e posteriormente liberado, conforme previsão legal de apresentação espontânea e uma vez que não havia ainda mandado de prisão decretado.

O delegado representou pela prisão preventiva do suspeito ao Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso