conecte-se conosco


Internacional

Pequim detecta casos de covid-19 em equipe das Olimpíada de Inverno

Publicado

Internacional


Os organizadores da Olimpíada de Inverno de Pequim afirmaram neste domingo que confirmaram 72 casos de Covid-19 entre as 2.586 pessoas envolvidas com os Jogos que chegaram à China entre 4 e 22 de janeiro, com nenhum caso entre os 171 atletas e autoridades das equipes que vieram naquele período.

As últimas preparações estão em andamento para os Jogos de Inverno, durante um surto global de casos da altamente infecciosa variante Ômicron do coronavírus. Os Jogos estão programados para serem realizados entre 4 e 20 de fevereiro, dentro de uma bolha fechada que separa todos as pessoas envolvidas com o evento do público.

Dos casos confirmados, 39 foram descobertos em testes no aeroporto e 33 dentro da bolha, afirmaram organizadores. Participantes da bolha estão sujeitos a testes diários, com 336.421 testes PCR tendo sido administrados entre 4 e 22 de janeiro.

Brian McCloskey, presidente do painel médico de especialistas de Pequim 2022, disse que o número é consistente com os dos Jogos de Tóquio no ano passado e está em linha com as expectativas.

“Nunca estabelecemos uma meta de zero casos dentro da bolha”, disse, em uma entrevista coletiva online no domingo.

* É proibida a reprodução deste conteúdo

Comentários Facebook
publicidade

Internacional

Arqueólogos mexicanos descobrem antiga cidade maia em terreno de obras

Publicado

Arqueólogos descobriram as ruínas de uma antiga cidade maia repleta de palácios, pirâmides e praças em um canteiro de obras de um futuro parque industrial nas proximidades de Mérida, na península mexicana de Yucatán. 

O sítio arqueológico, chamado Xiol, tem características do estilo de arquitetura maia Puuc, segundo os arqueólogos, comum no sul da península de Yucatán, mas raro na região de Mérida. 

“Acreditamos que mais de 4 mil pessoas viviam aqui”, disse Carlos Peraza, um dos arqueólogos que lideraram a escavação da cidade, que segundo estimativas foi ocupada entre 600 e 900 d.C. 

“Havia pessoas de diferentes classes sociais… sacerdotes, escribas, que viviam nesses grandes palácios, e também havia pessoas comuns vivendo em pequenas construções”, afirmou Peraza. 

Pesquisadores também localizaram cemitérios de adultos e crianças, enterrados com ferramentas de pedras obsidianas, oferendas e outros pertences. 

Restos de vida marinha também foram encontrados no local, sugerindo que os habitantes da cidade complementavam sua dieta baseada na agricultura com a pesca realizada na região costeira próxima. 

Xiol foi descoberto após o início da construção em um parque industrial que ainda será feito, embora os restos arqueológicos ainda serão preservados, de acordo com os proprietários da terra. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Internacional

Assessor especial da Casa Branca se reúne com presidente do Brasil

Publicado

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu nesta terça-feira (24), em Brasília, com o assessor especial do governo dos Estados Unidos (EUA) para a 9ª Cúpula das Américas, Christopher Dodd. O encontro ocorreu no Palácio do Planalto e durou cerca de uma hora. 

Horas após a reunião, a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil distribuiu um comunicado de Dodd, um ex-senador do Partido Democrata, para informar sobre a conversa. Segundo ele, a visita foi para reforçar o convite para que Bolsonaro participe da cúpula. 

“Nesta manhã, em meu encontro com o presidente Bolsonaro, reiterei o nosso desejo de que o Brasil seja um participante ativo da Cúpula, pois reconhecemos a responsabilidade coletiva de avançar para um futuro mais inclusivo e próspero”, afirmou o norte-americano.

A Cúpula das Américas será realizada entre os dias 6 e 10 de junho em Los Angeles (EUA). O evento reúne líderes de quase todos os países das Américas. O Palácio do Planalto não se pronunciou sobre a reunião entre Dodd e Bolsonaro. Se decidir ir à Cúpula, o presidente brasileiro poderá ter seu primeiro encontro com o presidente dos EUA, Joe Biden, que assumiu o cargo em janeiro do ano passado.  

Ainda em seu comunicado, Christopher Dodd citou os temas principais que serão discutidos durante o evento e reforçou a importância da presença do Brasil. “A Cúpula das Américas se concentrará em algumas das questões mais importantes e compartilhadas de todo o hemisfério, como a garantia de que a democracia seja uma realidade para cada país, nossas metas climáticas compartilhadas, uma resposta mais colaborativa à covid-19 e a abordagem mais profunda do crime organizado e da instabilidade econômica.”

Segundo Dodd, o Brasil tem muito a contribuir nestes temas com os demais presidentes dos países das Américas que participarão da Cúpula. “Valorizamos muito a voz do Brasil enquanto discutimos soluções que ajudarão a construir vidas melhores para as pessoas do nosso hemisfério”, disse.
 

Edição: Fábio Massalli

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso