conecte-se conosco


Mato Grosso

Fundação Nova Chance assina termo que oportuniza trabalho a reeducandos de Tangará da Serra

Publicado

Mato Grosso


Ampliando sua atuação na política de emprego e ressocialização na região sudoeste de Mato Grosso, a Fundação Nova Chance (Funac), vinculada à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), assinou um Termo de Intermediação de mão de obra de recuperandos com o Conselho da Comunidade de Tangará da Serra e a Prefeitura do município.

Com assinatura do documento, reeducandos do Centro de Detenção Provisória de Tangará da Serra poderão ser contratados para desenvolver atividades laborais na cidade. Inicialmente, 13 reeducandos começaram, nesta quinta-feira (13.01), a desenvolver ações como a de pavimentação das vias públicas de Tangará da Serra, a expectativa é que até 40 recuperandos possam ser empregados nas atividades de forma remunerada.

A contratação remunerada de reeducandos está prevista na Lei de Execução Penal (LEP), no qual, o salário para quem está no regime fechado é dividido em três partes. Uma parte vai para uma poupança que o reeducando pode sacar quando estiver em liberdade, outra parte, se desejar, pode ser encaminhada para família e a última parte pode ser utilizada para comprar produtos dentro da unidade. 

O presidente da Funac, Emanoel Flores, ressaltou a importância dessa cooperação com o município de Tangará da Serra e enfatizou os resultados positivos que são obtidos por meio de parcerias como essa.

“O processo de ressocialização inicia no cárcere e oportunizar emprego aos reeducandos é fundamental. Destacamos, como resultado positivo desta cooperação, a reinserção na sociedade das pessoas que cumprem pena, gerando renda para o assistido e sua família, além da redução da reincidência que é possível observar”, destacou o presidente da Funac.

O diretor da unidade, Roberto de Souza Siqueira, pontuou a importância de oportunizar o trabalho aos recuperandos. “Esse termo só vem a somar. É muito importante proporcionar oportunidades de reinserção social aos reeducandos, e por meio do trabalho isso é possível. É um projeto que se torna realidade na nossa unidade, agradeço a todos os parceiros envolvidos”.

O horário de trabalho deve ser realizado de segunda a sexta-feira, em 8 horas diárias, respeitando o intervalo do almoço e descanso. Pelo trabalho, o reeducando recebe a remição de pena, a cada três dias trabalhados, é descontado um dia da pena.

(Com supervisão de Julia Oviedo) 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Empaer apresenta vitrine tecnológica e homenageia pioneiros durante Dinetec

Publicado


Em mais uma edição da Dinetec, na cidade de Canarana (a 823 km de Cuiabá), a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) foi destaque entre produtores e moradores da região que visitaram a vitrine tecnológica durante os três dias de evento.

A feira foi realizada na semana passada, na Rodovia MT-326, e a Empaer contou com uma área de 805 metros quadrados divididos entre a área do estande e as plantações de algodão, girassol, gergelim, cinco tipos de feijão, chia, mamona, painço, cartamo, amendoim, grão de bico, arroz, crotalaria, três tipos de pastagens, sorgo, milho, pipoca e café.  

Foram apresentadas 26 tipos de culturas diferentes. Na ocasião, ainda foram homenageados os pioneiros responsáveis pela colonização e todo desenvolvimento da cidade ao longo de mais de 49 anos de existência.

No estande, foram realizadas duas palestras, sendo uma sobre crédito rural, junto à cooperativa de crédito Sicredi e o segundo tema referente a empreendedorismo com o empresário e pecuarista Ernando Cardoso. Participaram moradores dos Projetos de Assentamentos Suiá e Guatapará, além de produtores da região.

Para o presidente do Sindicato Rural, Alex Wisch, a Empaer é e sempre foi uma importante parceira na cidade. Ele destaca a referência para o produtor familiar que tem assistência de um técnico desde a melhor tecnologia aplicada até a colheita. “A equipe é excelente e não mede esforço para auxiliar quando solicitada”.  

Alex é filho de um dos é dos pioneiros homenageado, senhor Ademar Wisch que na época tinha 14 anos quando chegou a Canarana, em 1973. Na época, seu avó, Nataniel Hiller Wisch, trouxe toda família de Tenente Portela, no Rio Grande do Sul, para Mato Grosso. “Sou filho de Canarana e continuo acreditando assim como meu pai e avô que largaram tudo e vieram investir muito trabalho nessa cidade. Eles desbravaram quando aqui não tinha nada. Hoje é uma linda cidade e tem muito a oferecer e, nós fazemos a diferença. A Empaer sempre esteve junto ao longo desses anos acreditando no potencial do homem do campo”.

Outro produtor, Arlan Júnior Pezzini, também filho de um dos homenageados, senhor Jandir Pezzini, agradeceu a homenagem. “Toda família ficou muito feliz com o reconhecimento. Sou grato à parceria e dedicação de toda equipe da Empaer na cidade. Minha família está em Canarana desde 1972 junto com muitos que acreditaram e não mediram esforços para mantê-la viva na produção e dedicação no trabalho árduo que a lida no campo exige”.

A agente administrativa da Empaer, Marina Bier, destaca que todo trabalho foi desenvolvido com muita dedicação junto com os colegas  Gildomar Avrella e Ataíde Garcia. “A Vitrine Tecnológica exige técnica e cuidado desde a correção do solo até o plantio para estar pronta durante a feira e tudo foi de acordo com o planejado. Um sucesso”.

Marina ressalta que promover o  1º Café com os Pioneiros foi uma oportunidade de trocar expediências, apresentar novidades tecnológicas e interagir com os desbravadores, produtores e visitantes. “Uma das culturas apresentada aos pioneiros foi o café para mostrar que o sacrifício valeu a pena. Ficamos satisfeitos com o resultado e vamos manter o nosso trabalho que é assistir o produtor no que precisar, seja qual for a sua necessidade estaremos sempre à disposição”.

Dinetec

É um evento que aumenta a diversidade de culturas e fortalece a classe produtora, fomentando o desenvolvimento agrícola e aquece a economia da região. Na sua oitava edição, a feira é palco das maiores inovações e o que há de mais tecnológico no mercado e promovido pela empresa Meta Consultoria Agrícola, com apoio do Sindicato Rural de Canarana e Prefeitura Municipal. 

Foto: Empaer

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Estado disponibiliza mais 10 leitos de UTI para tratamento da Covid-19 no Hospital Metropolitano

Publicado


O Governo do Estado disponibilizou nesta segunda-feira (17.01) 10 novos leitos de Terapia Intensiva no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, para o tratamento da Covid-19 em Mato Grosso.

A unidade hospitalar atua como a principal referência estadual para o atendimento de pacientes com coronavírus e tem 100% da sua atividade destinada ao atendimento de demandas causadas pela Covid-19.

Com essa ampliação, o hospital passará a contar com o total de 30 leitos de UTI e 30 leitos de enfermaria para o tratamento da doença.

De acordo com o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, a gestão estadual monitora as taxas de contaminação e ocupação hospitalar pela Covid-19 em Mato Grosso e trabalha medidas para serem implementadas conforme necessidade. 

“Envidamos esforços para garantir o atendimento hospitalar à população mato-grossense. Já estamos monitorando o cenário atual da pandemia no Estado e, caso seja necessário, trabalharemos para novas ampliações”, declarou Figueiredo.

Além deste incremento na Rede Estadual, está previsto ainda para esta terça-feira (18.01) a disponibilização de 10 vagas de UTI no Hospital São Lucas, em Primavera do Leste. Os leitos serão abertos em parceria com a Prefeitura do município.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso