conecte-se conosco


Meu Pet

ONG lamenta morte de seis cachorros por causa de fogos da torcida do Atlético-MG

Publicado

Meu Pet


source
Seis cachorros morrem por causa de fogos de artifício
Reprodução/Instagram

Seis cachorros morrem por causa de fogos de artifício

Seis cachorros da ONG “Me Adote” faleceram na noite da última quinta-feira durante as comemorações do título do Campeonato Brasileiro do Atlético-MG . Através das redes sociais, as voluntárias do abrigo compartilharam o ocorrido e fizeram um apelo sobre os perigos dos fogos de artifícios para as saúdes dos animais.

“Seis animais mortos e vários em pânico! Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance para amenizar o barulho. Mas infelizmente alguns não resistiram. Precisamos de pessoas que olhem pelos animais dentro dessa prefeitura inútil! Já conseguimos muitas assinaturas contra os fogos barulhentos e sequer alguém nos ouviu”, diz uma das publicações da ONG no Instagram.

A ONG funciona na cidade de Diamantina, no interior de Minas Gerais. De acordo com uma das voluntárias, a causa da morte dos seis cachorros foi parada cardíaca:

“O coração deles começa a bater forte e ficam agressivos. Aí ficam convulsionando e depois param. Quando vamos olhar, estão mortos”, disse a estudante Raquel Almeida, ao Extra.

Leia Também

Ela é uma das 11 voluntárias da instituição, que se disponibilizam a abrigar animais de rua em casa até encontrarem um lar adotivo. Atualmente elas cuidam de 120 bichos.

Raquel explica que o uso de fogos de artifício são recorrentes na cidade, e que os cachorros correm perigo não só em comemorações relacionadas a futebol.

A maioria dos cachorros que a gente adota foram abandonado e têm a saúde extremamente frágil. Recentemente, em uma festa religiosa, começaram a soltar fogos desde às 6h da manhã, e nós perdemos três animais. Dessa vez superou”, lamenta ela.

Fonte: IG PET

Comentários Facebook

Meu Pet

Homem enfrenta urso para proteger cachorros de estimação

Publicado


source
Homem enfrenta urso que estava invadindo a casa
Reprodução/Facebook

Homem enfrenta urso que estava invadindo a casa

Um homem morador de Daytona Beach, nos Estados Unidos, estava na varanda de sua casa no momento em que ouve o latido dos cachorros. Ao olhar para o lado da porta, ele vê um urso pulando pela cerca.

Em um vídeo filmado por câmeras de segurança pode-se ver o momento em que o tutor dos cachorros se apavora e vai para cima do animal selvagem, usando um banco de madeira para fechar a passagem.

Segundo informações da Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem da Flórid, que compartilhou o vídeo, o homem não sofreu ferimentos graves e os três cães, da raça Dachshund não chegaram a ser atingidos pelo urso. Confira o vídeo.


Fonte: IG PET

Comentários Facebook
Continue lendo

Meu Pet

Cachorro de abrigo espera para ser adotado, mas família nunca aparece

Publicado


source
Todos ficaram decepcionados com a desistência da família
Reprodução/Facebook

Todos ficaram decepcionados com a desistência da família

Hendrix é um cachorro mestiço de staffordshire terrier que chegou há pouco menos de um ano a um abrigo para animais de Kentucky, nos Estados Unidos, após ser transferido de outro abrigo que já estava com problemas de lotação.

Na última terça-feira, 18, a equipe do abrigo preparou Hendrix, com direito a roupa nova, para que ele finalmente conhecesse os pretendentes a tutores, porém eles “deram bolo”. O encontro seria a última etapa do processo de adoção, do qual a família já havia preenchido todos os formulários e conversado com a equipe do abrigo.

“Esperamos mais de 30 minutos por eles e nunca recebemos uma ligação ou ouvimos falar deles”, disse Megan Decker, gerente de mídia da Kentucky Humane Society, ao The Dodo. “Hendrix estava todo vestido com seus arreios e estava sorrindo de orelha a orelha esperando que eles chegassem, apenas para que eles nunca chegassem. Partiu nossos corações”.

Hendrix tem 4 anos de idade e é amado por todos da equipe do abrigo. “Ele é mais parecido com um porco do que com um cachorro porque está sempre bufando”, disse Decker. “Ele tem um nariz muito curto, então ele apenas bufa e bufa. Ele sempre nos faz rir! Ele também ronca muito alto, e é muito divertido de ouvir”.

Leia Também

Megan conta que o animal ama brincar ao ar livre e depois descansa, adorando ser o centro das atenções. “Hendrix ama muito as pessoas e é muito fofinho e doce”, disse. “Ele conheceu crianças de apenas 5 anos, e ele simplesmente pula para uma massagem na barriga”.

Com um perfil tão dócil e divertido, os colaboradores do abrigo acreditam que há uma família certa para Hendrix em algum lugar, que o dará um lar feliz e enriquecedor, o que torna para eles muito doloroso ver as esperanças de Hendrix ser adotado esmagadas.

“Vê-lo esperar entusiasmado pela chegada de uma família, apenas para se decepcionar, é devastador”, escreveu a equipe do abrigo em um post no Facebook. “Não suportamos ver nosso doce menino triste”.


Fonte: IG PET

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso