conecte-se conosco


Curiosidades

Homem rouba cinzas de influencer morta para vender para ‘casamentos fantasmas’

Publicado

Curiosidades


source
Luoxiaomaomaoz, influencer que teria se suicidado
Reprodução

Luoxiaomaomaoz, influencer que teria se suicidado

Um agente funerário na China roubou as cinzas de uma influencer chinesa que morreu em uma transmissão ao vivo na plataforma Douyin, similar ao TikTok. Ele agiu com a intenção de vender os restos mortais para outros homens que poderiam desejavar realizar “casamentos fantasmas” com a influencer.

De acordo com o site “Vice”, Luoxiaomaomaozi foi convencida por seguidores a se matar. Reportagens da mídia chinesa confirmaram que a mulher morreu em 15 de outubro, depois que os serviços médicos de emergência tentaram e não conseguiram reanimá-la.

Em seu último vídeo, postado um dia antes, ela falou sobre sua depressão e sugeriu que aquele poderia ser “o seu último vídeo”.

Luoxiaomaomaozi tinha mais de 678 mil seguidores na Douyin.

Depois que ela foi cremada, o agente funerário roubou as cinzas da influencer e conspirou com outros dois homens para vendê-las a compradores que queriam realizar os “casamentos além morte”.

Leia Também

O “casamento fantasma” é uma tradição em algumas regiões da China onde as pessoas tentam se casar com os mortos porque acreditam que mesmo as almas que já partiram precisam se casar para manter a prosperidade dos seus filhos, de acordo com o “Malay Mail”.

A tradição tem 3.000 anos e geralmente é feita por pais que querem que seus filhos mortos encontrem parceiros. A prática foi proibida na China por décadas, mas voltou recentemente, com um novo mercado de vendedores “casamenteiros fantasmas” surgindo on-line.

Os planos dos três homens foram frustrados quando eles não encontraram compradores para as cinzas e acabaram presos pela polícia.

Comentários Facebook

Curiosidades

Filho é preso após mãe levar brownie de maconha para centro de idosos

Publicado


source
Michael Koranda
Reprodução

Michael Koranda

Uma mulher de 73 anos viu um brownie feito pelo filho em casa e pensou que seria um bom quitute para dividir com seus colegas de jogo de cartas num centro de idosos na Dakota do Sul, nos EUA. No entanto, pouco após o grupo comer o bolo, todos que o consumiram começaram a apresentar os mesmos sintomas, deixando-os com medo de terem sido envenenados. Uma investigação policial verificou, por fim, que o brownie era de maconha, e o que os idosos sentiram foram os efeitos da droga.

Como tal consumo não é legalizado no estado da Dakota do Sul, o filho que preparou o doce foi preso por posse de substância controlada. Segundo a emissora “KCRG”, Michael Koranda, de 46 anos, contou ter comprado cerca de 450 gramas de manteiga de maconha numa viagem que havia acabado de fazer ao Colorado — onde o uso recreacional é permitido. Ele disse que assou o brownie com metade do produto. O restante, de acordo com a mídia local, foi entregue à polícia para constar como evidência.

A prisão ocorreu em 5 de janeiro, um dia após o consumo no centro de idosos. Michael, que trabalha como diretor de um coral escolar, foi mais tarde solto mediante pagamento de fiança, cujo valor não foi divulgado. A mãe dele, Irene Koranda, não foi acusada pois levou o bolo aos colegas por engano, conforme relatou. Michael, por sua vez, tem uma audiência marcada para o dia 25 de janeiro.

Comentários Facebook
Continue lendo

Curiosidades

VÍDEO: mulher é empurrada nos trilhos de estação na Bélgica

Publicado


source
Câmeras flagraram mulher sendo empurrada nos trilhos da estação
Montagem iG / Fotos: reprodução / Twitter

Câmeras flagraram mulher sendo empurrada nos trilhos da estação

Câmeras de segurança flagraram o momento em que uma mulher de 55 anos foi empurrada da plataforma da estação de metrô Rogier, em Bruxelas, na Bélgica

O incidente ocorreu na última sexta-feira (14) e as imagens mostram a mulher caída nos trilhos pouco antes do  trem chegar no local. 

Veja o vídeo:


Leia Também

Um francês de 23 anos foi preso pela polícia local por tentativa de homicídio culposo após o ocorrido. Ele foi capturado em outra estação, a De Brouckere.

De acordo com o Ministério Público da cidade, a mulher não foi atropelada por pouco, devido a uma composição que estava próxima a ela. O maquinista percebeu o que havia acontecido e pisou no freio de emergência.

A vítima não teve ferimentos graves e foi levada a um hospital, de acordo com o jornal The Sun . A polícia acredita que não haja qualquer ligação entre a mulher e o agressor.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso