conecte-se conosco


Saúde

Covid-19: DF começa a aplicar dose de reforço em maiores de 40 anos

Publicado

Saúde


O governador do Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha (MDB), anunciou, em sua conta na rede social Twitter nesta quinta-feira (25), que a capital começa a aplicar, nesta sexta-feira (26), a dose de reforço da vacina contra a covid-19 em pessoas com mais de 40 anos.

Segundo o governador, poderão procurar os postos de vacinação as pessoas que tenham concluído o ciclo vacinal há pelo menos cinco meses.

Até esta quinta-feira (25) a Secretaria de Saúde do Distrito Federal ainda não havia publicado em seu site informações sobre os locais onde será aplicada a dose de reforço para esse público. Segundo a secretaria, os locais serão informados na página específica da vacinação no DF.

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook

Saúde

Biden faz apelo por vacina e diz que lockdown ainda não está nos planos dos EUA

Publicado


source
Joe Biden fez apelo para que população dos EUA se vacine
WEF

Joe Biden fez apelo para que população dos EUA se vacine

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, fez novo apelo aos cidadãos do país para que completem sua vacinação contra a covid-19. Biden disse que o surgimento da variante Ômicron, que já teve casos detectados no Canadá, “preocupa”.

“Eu sei que vocês estão cansados de ouvir, mas a melhor proteção contra essa variante ou qualquer outra variante é tomar a vacina e a dose de reforço”, insistiu o presidente. “Temos vacinas para crianças de 5 a 11 anos e vacinas para reforço”, lembrou.

Biden afirmou que a Casa Branca lançará uma “estratégia detalhada” sobre como será o combate à disseminação do vírus no país durante o inverno, quando a tendência é de um aumento na taxa de contágio.

Segundo ele, isso não se dará através dos lockdowns, “mas sim difundindo mais a vacinação, doses de reforço e testes”. O presidente também garantiu que testes e vacinas continuariam gratuitos no país.

Leia Também

Ao ser questionado por um repórter, Biden disse que “se as pessoas estão vacinadas e usando máscaras, não há necessidade de um novo lockdown”.

Mesmo sendo um dos países com mais oferta de vacinas em todo o mundo, a vacinação nos Estados Unidos estagnou em 57,88%, e os índices de casos e mortes estão aumentando, fato que preocupa as autoridades.

No sábado (27), o governo do Estado de Nova York declarou situação de “emergência de desastre” devido ao aumento nas estatísticas.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Saúde

Ômicron: Ministério da Saúde prepara reunião para avaliar ações contra variante

Publicado


source
Ômicron: Ministério da saúde prepara reunião para avaliar ações contra variante
Peter Ball – BBC World Service

Ômicron: Ministério da saúde prepara reunião para avaliar ações contra variante

O Ministério da Saúde deve realizar amanhã (30) uma reunião interministerial a fim de avaliar planos e ações de enfrentamento à variante ômicron, cepa do novo coronavírus originada no sul da África e que vem se espalhando rapidamente pelo mundo.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) também deve participar da agenda. O objetivo é balizar as medidas que serão implementadas pelo governo nas próximas semanas.

Além de iniciativas sanitárias, as autoridades devem discutir durante a reunião pontos como a continuidade ou não das restrições de voos originários de seis países do continente africano.

Devem participar do encontro o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, e outros. A agenda ainda não foi oficializada pelo Ministério da Saúde, mas foi antecipada a secretários estaduais de Saúde que participaram de reunião hoje com dirigentes da pasta.

O ministro Marcelo Queiroga, responsável por recepcionar os colegas, buscou hoje passar uma mensagem positiva em relação ao alastramento da ômicron. Em cerimônia realizada na Bahia para formalizar a compra de 100 milhões de doses da vacina da Pfizer, Queiroga voltou a dizer que a nova cepa é “uma variante de preocupação, mas não é uma variante de desespero”.

Leia Também

“Não é uma variante de desespero porque nós temos autoridades sanitárias comprometidas com assistência de qualidade à nossa população. Hoje temos mais de 42 mil leitos de UTI. Todos esses leitos foram habilitados com valor de diária dobrado. Foram equipados com respiradores, com bombas de infusão. E hoje, se houver uma virtual.

Na última sexta (26), Queiroga havia justificado e defendido a iniciativa do governo brasileiro de restringir a livre circulação com países africanos. Segundo ele, tratava-se de uma “necessidade” para que a ômicron não venha a provocar um “impacto grave”.

“Vamos fechar as fronteiras aéreas para 6 países da África: África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue. A medida foi necessária para que a nova variante do coronavírus não cause grave impacto no Brasil.”

Até o momento, o Ministério da Saúde investiga um caso isolado de um brasileiro que teve teste positivo para a covid-19 ao desembarcar em São Paulo de um voo originário da África. Não há ainda a confirmação que o caso seja da variante ômicron.

Drop here!
Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso