conecte-se conosco


OPORTUNIDADE

Sine oferta 553 vagas nesta quarta-feira; Veja listagem

Publicado

Destaque

 

Davi Valle

 

Clique para ampliar

A Secretaria Municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico informa que estão disponíveis 553 vagas no Sistema Nacional de Empregos- Sine para esta quarta-feira (24). Os salários variam entre R$ 1.100 a R$ 2.550 em diferentes áreas de atuação.  Veja logo abaixo a lista de oportunidades, critérios e salários ofertados.

Interessados nas vagas devem  estar com o cadastro atualizado ou fazer a atualização nos postos do Sine ou por meio dos canais- empregabrasil.mte.gov.br ou pelo aplicativo “SINE FÁCIL”.

As áreas ofertados são para vendedor interno; vaqueiro; retalhador de carne; supervisor de cozinha; pedreiro; pintor de parede; entregador; babá; caseiro; entre outras.
LOCAIS DE ATENDIMENTO:

Atendimento Presencial para consulta de vagas e pedidos de seguro desemprego: Posto do Sine no Shopping Popular (das 09 às 17 horas): Telefone e Whatsapp: (65) 3664-1503/ 99251-7480; Sine Coxipó (07 às 17 horas) Telefone e Whatsapp: (65) 3675-3113/ 99337-2799; Sine da Gente (Sine Móvel) – cada semana em um bairro diferente de Cuiabá.

ATENDIMENTO EXCLUSIVO DE EMPRESAS:

Para atendimento das empresas interessadas em ofertas vagas, os contatos são: 3645-7216/ 3645-7237/ Whatsapp: 99255-2450

E-MAIL: [email protected]
Clique no link em anexo para consulta das vagas:

Comentários Facebook

Destaque

SUPER LIVE VIANAGÁS AO VIVO

Publicado

Participe para ganhar prêmios

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Pediatra consegue provar inocência em acusação por erro médico, em Cuiabá

Publicado

A pediatra M.R.S.A., que atua em Cuiabá (MT), obteve, em novembro deste ano, sentença favorável em um processo, no qual era acusada por suposto erro médico, em 2014.

A ação foi promovida pelos pais de uma recém-nascida que teve um cisto no cérebro detectado numa ultrassonografia realizada em outubro de 2014.
O médico responsável recomendou a antecipação do parto, sendo realizado com sucesso. No dia seguinte, uma tomografia feita pelo médico D.G. acusou um AVC intrauterino.
Logo após, os pais realizaram novos exames e a médica M.R.S.A. manteve o diagnóstico de Acidente Vascular Cerebral (AVC). Os genitores alegam que houve displicência no tratamento por parte dos médicos durante a gestação e no pós-nascimento, tais ações acarretaram na deficiência da criança que apresentará problemas em elaborar raciocínios mais complexos e consequentemente enfrentará dificuldades no mercado de trabalho, por isso, ingressaram com o processo de pedido de reparação por danos morais no valor de R$ 350 mil reais, entre outras despesas.
A defesa realizada pelo advogado Dr. Marco Aurélio Mestre Medeiros demonstrou que a médica realizou todos os exames adequadamente, inclusive os solicitados pelos pais, recomendando, ainda, o acompanhamento por um neuropediatra.
A defesa também comprovou que nenhuma atitude ilícita ocorreu e que as sequelas apresentadas na criança, em nada têm a ver com as ações tomadas pela médica em questão.

A recém nascida é portadora de cisto porencefálico parietooccipital, sem lesão aguda vascular ou linha média ou alteração neurológica, provavelmente de origem na gestação e não  causada no parto ou pós-parto, e não apresentava qualquer complicação naquele momento, assim não havia indicação cirúrgica.

Após a perícia realizada no processo, verificou-se, de fato, que não houve culpa de nenhum dos profissionais acusados, por isso, não há necessidade dos profissionais arcarem com quaisquer despesas relacionadas à criança, que teve sentença e julgou improcedente a ação, ainda cabe recurso por parte da requerente.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso