conecte-se conosco


AGRONEGÓCIO

SUÍNOS/CEPEA: Dos cortes ao vivo, preços recuam neste fim de mês

Publicado

AGRONEGÓCIO


Cepea, 28/10/2021 – Os preços dos produtos suinícolas acompanhados pelo Cepea estão em queda neste encerramento de outubro. Segundo pesquisadores do Centro, a demanda pela carne no atacado se desaqueceu, devido à diminuição na renda da maior parte dos consumidores, reforçada pela inflação elevada. Por sua vez, frigoríficos limitam a demanda por novos lotes de animais para abate. EXPORTAÇÕES – Após iniciarem o mês em ritmo intenso, as exportações brasileiras de carne suína vêm se enfraquecendo nesta segunda quinzena de outubro. Dados da Secex apontam que, nos 15 primeiros dias úteis do mês, foram embarcadas 151,4 mil toneladas do produto in natura, com média diária de 4,4 mil t, 9,8% abaixo da verificada em setembro/21, mas 13,1% acima da registrada em outubro do ano passado. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook

AGRONEGÓCIO

CITROS/CEPEA: Com demanda abaixo da oferta, laranja pera se desvaloriza

Publicado


Cepea, 03/12/2021 – Em novembro, com a demanda abaixo da oferta (que vem sendo favorecida pelo retorno das chuvas no estado de São Paulo desde outubro), os preços da pera caíram. De acordo com dados do Cepea, a variedade foi negociada à média de R$ 45,01/cx de 40,8 kg, na árvore, valor 9,8% inferior ao de outubro/21, mas 3,8% superior ao do mesmo mês do ano passado, em termos nominais. Nesta semana, especificamente, o mercado de laranja de mesa se mantém calmo, e os preços continuam com leve tendência de queda. Agentes do setor comentam que o clima instável, com períodos de chuva, e o fim de mês podem ter limitado o consumo neste segmento. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Continue lendo

AGRONEGÓCIO

FRANGO/CEPEA: Em mercado lento, preços recuam em novembro

Publicado


Cepea, 03/12/2021 – As cotações da carne de frango e do animal vivo recuaram no mês passado, devido à lentidão nas vendas da proteína nos mercados interno e externo, conforme indicam pesquisadores do Cepea. Quanto ao frango inteiro, agentes reduziram os valores de comercialização, no intuito de elevar a liquidez e evitar o aumento de estoques, especialmente neste período de proximidade das festas de final de ano, quando a procura por aves natalinas e carne suína cresce. Para o frango vivo, de acordo com colaboradores do Cepea, a baixa liquidez da carne acabou limitando a procura por novos lotes de animais. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso