conecte-se conosco


Polícia Federal

Polícia Federal combate crime de abuso sexual envolvendo crianças e adolescentes no norte do Tocantins

Publicado

Polícia Federal


Araguaína/TO – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (13/10) a Operação “Velar”, decorrente de investigação policial permanente que apura a divulgação/transmissão de imagens/vídeos ou outros registros que contenham cenas de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo crianças ou adolescentes, na cidade de Araguaína/TO e circunscrição.

Nesta fase da investigação, foi dado cumprimento a um mandado de busca e apreensão, na cidade de Araguaína/TO expedido pela Justiça Estadual do Tocantins.

O trabalho permanente de investigação é decorrente de cooperação técnica-investigativa entre a Polícia Federal e National Center for Missing and Exploited children (NCMEC), que reportou a ação de um usuário residente em Araguaína/TO. Ele teria armazenado cerca de 672 imagens/vídeos de conteúdo de abuso sexual infantil.

O objetivo do cumprimento da medida judicial é colher elementos de prova que identifiquem outros suspeitos envolvidos na transmissão e armazenamento de imagens/vídeos de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente na cidade de Araguaína/TO e circunscrição.

Destaca-se que em razão da Pandemia causada pela COVID-19, foi adotada logística especial de prevenção ao contágio, com distribuição de EPI’s a todos os envolvidos, a fim de preservar a saúde dos policiais, testemunhas e investigados.

    Comunicação Social da Polícia Federal no Tocantins

E-mail: [email protected]

Fone: (63) 3236-5494

*** O nome “Velar” faz referência ao compromisso institucional da Polícia Federal em permanecer vigilante em reprimir crimes de armazenamento/compartilhamento de vídeo/imagens contendo abuso sexual envolvendo criança ou adolescente via internet.

Comentários Facebook

Polícia Federal

PF combate fraude eletrônica em Minas Gerais

Publicado


Belo Horizonte/MG– A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça, 19/11, a Operação Renove, em Minas Gerais. O objetivo é reprimir fraude eletrônica bancária.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão no município de Contagem, na região metropolitana da capital mineira. 

As investigações começaram após o Projeto Tentáculos (força tarefa que integra a PF e instituições bancárias) informar sobre possível ocorrência de crime. Com a andamento das investigações, foram identificadas transferências eletrônicas indevidas de uma conta em um banco localizado em Santa Catarina para outra em Contagem, esta pertencente a uma ONG (Organização Não Governamental).

Durante as buscas, autorizadas pelo Juízo da 35ª Vara Federal de Belo Horizonte, foram apreendidos telefones celulares e documentos que serão submetidos a perícia.

Os envolvidos poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes furto qualificado e associação criminosa. As penas podem chegar a 13 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

Contato: (31) 3330-5270.
E-mail: [email protected]

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia Federal

Operação Mercês investiga crimes eleitorais e contra a administração pública no Mato Grosso do Sul

Publicado


Corumbá/MS – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (19/10) a Operação Mercês, para investigar servidores públicos municipais e membros do poder legislativo municipal, que supostamente teriam praticado crimes eleitorais e contra a administração pública nas eleições municipais do ano de 2020, em Corumbá/MS.

A operação visa dar cumprimento a sete mandados judiciais de busca e apreensão, na cidade de Corumbá/MS.

O nome da Operação – Mercês – advém do latim e sintetiza o modo de funcionamento da prática eleitoreira clientelismo, observada nesta investigação. Por meio da troca de favores ou troca de mercês, estes investigados utilizaram a máquina pública, que deveria servir tão somente ao povo, para angariarem apoio político para suas próprias candidaturas ou de terceiros.

Comunicação Social da Polícia Federal no Mato Grosso do Sul

Contato: (67) 3368-1105

[email protected] / www.pf.gov.br

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso