conecte-se conosco


Polícia Federal

PF prende sete pessoas com droga e passaportes falsos

Publicado

Polícia Federal


Guarulhos/SP – A PF prendeu, entre os dias 10 e 13/10, no Aeroporto Internacional de São Paulo, sete passageiros de voos internacionais com droga e passaportes falsos e ainda apreendeu um passaporte de terceiro apresentado por uma viajante. Foram seis ações distintas realizadas por policiais federais que atuam no controle migratório, fiscalização de passageiro e bagagens despachadas.

Na primeira ação, ocorrida no domingo (10), foi preso um homem, nacional da Bolívia, tentando embarcar com 3 kg de cocaína ocultos nas estruturas de uma mala. O suspeito pretendia levar a droga para Addis Ababa, na Etiópia.

Na segunda-feira (11), foram realizadas mais duas prisões. Com um homem, nacional da Turquia, que embarcaria para Doha, no Catar, os policiais encontraram 2 kg de cocaína nas laterais de sua mala. Também ocultos nas laterais da mala, quase 4 kg de cocaína eram transportados por uma brasileira que embarcaria para Lisboa, em Portugal.

Na terça-feira (12), um passageiro, nacional da Nigéria, que ingressou no país na condição de refugiado, ocultava mais de 4 kg de cocaína dentro de tubos de corante para tecidos.

Ainda na terça-feira, uma mulher, nacional da Bolívia, tentou embarcar para Lisboa, em Portugal, apresentando um passaporte pertencente a terceiro. Ela disse aos policiais que o passaporte espanhol apresentado lhe foi entregue na Bolívia e que a pessoa, a quem pertenceria o documento, seria sua irmã que vive na Espanha, onde ela pretendia ir, após passar por Portugal, com o objetivo de trabalhar. O passaporte foi apreendido e foi instaurado um termo circunstanciado em seu desfavor.

Na madrugada de hoje (13), três passageiros, dois homens e uma mulher, nacionais do Haiti, tentaram embarcar para a França apresentando passaportes falsos. Eles foram presos pelo crime de uso de documento falso.

Os presos serão apresentados à Justiça Federal.

Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Comentários Facebook

Polícia Federal

PF combate fraude eletrônica em Minas Gerais

Publicado


Belo Horizonte/MG– A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça, 19/11, a Operação Renove, em Minas Gerais. O objetivo é reprimir fraude eletrônica bancária.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão no município de Contagem, na região metropolitana da capital mineira. 

As investigações começaram após o Projeto Tentáculos (força tarefa que integra a PF e instituições bancárias) informar sobre possível ocorrência de crime. Com a andamento das investigações, foram identificadas transferências eletrônicas indevidas de uma conta em um banco localizado em Santa Catarina para outra em Contagem, esta pertencente a uma ONG (Organização Não Governamental).

Durante as buscas, autorizadas pelo Juízo da 35ª Vara Federal de Belo Horizonte, foram apreendidos telefones celulares e documentos que serão submetidos a perícia.

Os envolvidos poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes furto qualificado e associação criminosa. As penas podem chegar a 13 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

Contato: (31) 3330-5270.
E-mail: [email protected]

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia Federal

Operação Mercês investiga crimes eleitorais e contra a administração pública no Mato Grosso do Sul

Publicado


Corumbá/MS – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (19/10) a Operação Mercês, para investigar servidores públicos municipais e membros do poder legislativo municipal, que supostamente teriam praticado crimes eleitorais e contra a administração pública nas eleições municipais do ano de 2020, em Corumbá/MS.

A operação visa dar cumprimento a sete mandados judiciais de busca e apreensão, na cidade de Corumbá/MS.

O nome da Operação – Mercês – advém do latim e sintetiza o modo de funcionamento da prática eleitoreira clientelismo, observada nesta investigação. Por meio da troca de favores ou troca de mercês, estes investigados utilizaram a máquina pública, que deveria servir tão somente ao povo, para angariarem apoio político para suas próprias candidaturas ou de terceiros.

Comunicação Social da Polícia Federal no Mato Grosso do Sul

Contato: (67) 3368-1105

[email protected] / www.pf.gov.br

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso