conecte-se conosco


Nacional

Empresários dizem que vídeos de incêndio no Cerrado estão “espantando turistas”

Publicado

Nacional


source
Mensagem enviada por comerciante a página que apoia preservação da Chapada dos Veadeiros
Reprodução

Mensagem enviada por comerciante a página que apoia preservação da Chapada dos Veadeiros

Enquanto bombeiros, brigadistas e voluntários seguem há dez dias combatendo  focos de incêndio na área da Chapada dos Veadeiros , em Goiás, um grupo de empresários locais tem tentado convencer páginas dedicadas à preservação do Cerrado brasileiro de que é melhor não divulgar informações sobre as queimadas que têm acontecido, sob o argumento de que isso “tem espantado os turistas”. Nesta terça-feira (21) — Dia da Árvore —, um desses perfis compartilhou algumas dessas mensagens enviadas.

“Parem de publicar esses vídeos do fogo, estão espantando os turistas”, escreveu um empresário por mensagem direta a uma página dedicada à Vila de São Jorge, povoado da Chapada. Outro, disse que as  queimadas são normais no Cerrado: “O turista é nossa principal fonte de renda. Se espalhar essa história, que é normal por aqui, vamos ter que fechar as portas. Já basta essa pandemia”, escreveu outro comerciante local. A página, então, comentou: “Mensagens como deste empresário são frequentes por aqui. Surreal, não?”.

Empresário pede para 'não espalhar' sobre incêndio
Reprodução

Empresário pede para ‘não espalhar’ sobre incêndio


Sem trégua

Ao longo de mais de uma semana, diversas páginas, ONGs e moradores têm, não só divulgado imagens diárias dos trabalhos contra o fogo , como também apoiado o Corpo de Bombeiros, o Instituto Chico Mendes de Proteção à Biodiversidade (ICM-Bio) e brigadistas do PrevFogo (frente ligada ao Ibama) no combate aos incêndios em áreas do Cerrado, em equipes, em média, formadas por cerca de 150 pessoas.

No último dia 12 de setembro, mais de cem turistas precisaram ser retirados às pressas da Chapada dos Veadeiros depois de terem ficado isolados pelo fogo no Vale da Lua. Até a última atualização, 14 mil hectares já haviam sido destruídos pelo fogo. Procurado, o Corpo de Bombeiros ainda não atualizou sobre a situação nesta terça.


“Com os novos focos de ontem (segunda-feira, 20) que adquiriram grandes proporções, muitos dias de combate ainda virão pela frente. Todos estão torcendo por uma chuva prometida pela meteorologia”, comentou a página Rede contra Fogo, de brigadistas voluntários, nesta terça-feira.

Comentários Facebook

Nacional

VÍDEO: tromba d’água se forma sob o mar na costa de Cuba

Publicado


source
Tromba d'água em Cuba
reprodução: Twitter

Tromba d’água em Cuba

Um fenômeno meteorológico chamado tromba d’água foi registrado por moradores de Cienfuegos, em Cuba, no último sábado (16). O episódio aconteceu sob o mar e foi postado nas redes sociais. Veja:

Segundo o Centro Meteorológico Provincial de Cienfuegos, a tromba d’água foi vista entre as 16h50 e as 17h00 (horário local) e não causou nenhum dano. Apesar de assustadoras, o Centro Meteorológico afirmou que este fenômeno costuma ser muito mais fraco do que tornados terrestres.

Tromba d’águas são formadas a partir coluna giratória composta por grande quantidade de vapor e água, em nuvens espessas que se movem, formando um cone cuja base é voltada para o alto e não atingem o solo. 

A tromba d’água que surgiu em Cuba é chamada de ‘Tromba d’água tornádica’, que são acompanhadas de tempestade, raios e ainda podem causar destruição mesmo não atingindo a terra.

Segundo especialistas, este fenômeno ocorre geralmente em áreas litorâneas e sobre águas tropicais e subtropicais, entretanto, também podem surgir em locais de clima temperado como em alguns lugares da Europa ou Grandes Lagos da América do Norte.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Moradores coletam restos de alimentos em caminhão de lixo, veja o vídeo

Publicado


source
As imagens foram capturadas por um motorista que passava no local
Reprodução

As imagens foram capturadas por um motorista que passava no local

Um vídeo publicado no último domingo (17) tem chamado a atenção dos usuários nas redes sociais e levantando a discussão sobre a fome no Brasil. No registro é possível ver moradores de Fortaleza, no Ceará, coletando restos de alimentos em um caminhão de lixo. 

As imagens foram registradas por André Queiroz, motorista de aplicativo que passava no local, e publicadas em seu perfil no TikTok. O vídeo foi gravado no bairro Cocó, região nobre de Fortaleza. 

No vídeo é possível ver pessoas recolhendo restos de alimentos no caminhão e nas latas de lixo que estavam na calçada:

@andrevqueiroz

A triste realidade de quem precisa alimentar sua família. #fy #fortaleza

♬ Surrender – Natalie Taylor

Segundo levantamento da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), mais de 20 milhões de brasileiros passam mais de 24 horas sem comer, enquanto outros 24 milhões vivem em situação de insegurança alimentar , sem saber o que vão comer. 

Imagens como essa registra em Fortaleza ficam cada vez mais frequentes. Em julho deste ano, várias famílias formaram filas em Cuiabá para receber doação de ossos e restos de carne .

Leia Também






Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso