conecte-se conosco


Mato Grosso

Secretário de Desenvolvimento destaca eficiência e sustentabilidade da 1ª ferrovia estadual de MT

Publicado

Mato Grosso


“Para mim é uma alegria participar desse momento histórico de Mato Grosso. Estamos concretizando um sonho guardado há décadas, que hoje, coloca nosso Estado como uma referência para outros estados brasileiros, nos torna modelo de infraestrutura logística. É o desenvolvimento se fortalecendo a cada dia por meio de ações planejadas e um modal limpo e de alta eficiência”, resumiu o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda, após a cerimônia de assinatura do contrato de construção e exploração 1ª ferrovia estadual de Mato Grosso, que ocorreu nesta segunda-feira (21.09), no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá.

O contrato de adesão foi assinado pelo governador Mauro Mendes e o CEO da Rumo S/A, João Alberto Fernandez de Abreu, no começo desta tarde.

Miranda compõe a comitiva do governador que segue para assinaturas do contrato, ao longo do dia, nos municípios de Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, locais que vão receber terminais ferroviários.

No total a linha férrea contará com 730 quilômetros que vão interligar os municípios de Rondonópolis a Cuiabá, Rondonópolis a Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, e que vão fazer a conexão à malha ferroviária nacional, em direção ao Porto de Santos (SP). 

A ferrovia estadual de Mato Grosso está orçada em R$ 11,2 bilhões, todo o recurso será injetado pela iniciativa privada.

Segundo o governador, o impacto será bem positivo, já que o saldo de empregos diretos gerados nesse período é de mais de 200 mil novas vagas. “Teremos impacto direto em mais de 20 municípios com a geração de milhares de empregos. Escoaremos nossa produção a menor preço, em maior volume e poderemos trazer os insumos a baixo custo. Além de reduzir a emissão de carbono no meio ambiente. E sem recurso financeiro do governo, nosso trabalho foi elaborar o arcabouço jurídico com apoio de outros poderes”, revela Mendes.

Prazos

Conforme a previsão, o trecho entre Rondonópolis e Cuiabá deve entrar em funcionamento no ano de 2025. Já o trecho que liga Cuiabá a Lucas do Rio Verde deve começar em 2028. 

A Rumo S/A terá direito a explorar o serviço pelos próximos 45 anos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Corpo de Bombeiros deflagra operação para combater o desmatamento ilegal em seis municípios de MT

Publicado


A operação Abafa Araguaia 2021 foi deflagrada, nesta quarta-feira (27.10), para fiscalização das áreas de vegetação dentro bioma Amazônia e Cerrado que foram desmatadas com uso irregular do fogo. A ação é coordenada pelo Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT), em parceria com as demais forças de segurança.

Ao todo, 11 propriedades, nos municípios de Araguaiana, Bom Jesus do Araguaia, Cocalinho, Querência, Ribeirão Cascalheira e Porto Alegre do Norte são alvos dos agentes que estão realizando os ciclos de fiscalização para identificar os pontos que foram destruídos com as queimadas irregulares.

A devastação foi detectada através do monitoramento da sala de situação do Batalhão de Emergências Ambientais (BEA) que mostrou diversos focos de calor e o desaparecimento de parte da vegetação. Em Mato Grosso, o período proibitivo de queimadas 2021 continua vigente até o dia 30 de outubro. Conforme decreto estadual fica proibido o uso do fogo para limpeza e manejo das áreas. A realização deste trabalho é resultado do investimento de R$ 73 milhões realizado pelo Governo de Mato Grosso para as diversas ações de combate a temporada de incêndios florestais 2021.

Além do CBMMT, integram a operação os agentes de fiscalização da a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Defesa Civil, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e Perícia Oficial de Identificação (Politec).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Setasc disponibiliza edital para definir representantes do Comitê Estadual de Prevenção e Enfrentamento à Tortura

Publicado


O Comitê Estadual de Prevenção e Enfrentamento à Tortura no Estado de Mato Grosso, através da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), torna público o Edital de Chamamento Público CEPET/MT Nº 001/ 2021. O edital dispõe sobre o processo de escolha de representantes da Sociedade Civil, com atuação relacionada à prevenção e ao combate à tortura ou que atue na promoção e defesa dos direitos humanos para o quadriênio 2021-2025.

Poderão candidatar-se para as 10 vagas disponíveis, os representantes de entidades da Sociedade Civil que tenham atuação no estado de Mato Grosso, nas áreas relacionadas à temática de prevenção e combate à tortura e outros tratamentos ou penas cruéis, desumanas ou degradantes. Os representantes das instituições da sociedade civil indicados como titulares e suplentes deverão ser domiciliados no estado de Mato Grosso.

Os interessados em participar do chamamento público previsto no edital, poderão preencher ficha de inscrição, conforme ANEXO I, anexar uma cópia digitalizada em formato “PDF” da documentação solicitada e encaminhar no e-mail do Comitê: [email protected], até o dia 07 de novembro de 2021.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso