conecte-se conosco


Polícia Federal

Polícia Federal realiza extradição de uma pessoa condenada pelo crime de homicídio qualificado

Publicado

Polícia Federal


Belém/PA – Na última semana, a Polícia Federal realizou a extradição de uma pessoa condenada pelo crime de homicídio qualificado (art. 121, § 2° do Código Penal Brasileiro). A extradição foi solicitada pelo Tribunal de Justiça do Estado do Pará – Comarca de Redenção/PA.

Vale ressaltar que a extradição é um ato de cooperação internacional que consiste na entrega de uma pessoa, investigada, processada ou condenada por um ou mais crimes, ao país que a reclama. A extradição pode ser solicitada tanto para fins de instrução de investigação ou processo penal a que responde a pessoa reclamada (extradição instrutória), quanto para cumprimento de pena já imposta (extradição executória) e exige decretação de prisão preventiva ou condenação definitiva de pena privativa de liberdade, devendo ser solicitada pelo Poder Judiciário.

Para fins de cumprimento dessa extradição, a representação da Interpol no Estado do Pará entrou em contato com a Vara Penal responsável, a fim de instruir o pedido de difusão internacional do mandado de prisão. Após os devidos procedimentos, a brasileira foi incluída na lista de Difusão Vermelha da Interpol, o que possibilitou que a polícia espanhola efetuasse a referida prisão em outubro de 2019, na cidade de Badajoz, na Espanha, local em que a brasileira estava residindo.

A extradição deveria ter ocorrido em janeiro de 2021, entretanto foi adiada em razão da pandemia e o consequente fechamento das fronteiras espanholas.

Os trabalhos foram coordenados pela Polícia Federal, com o apoio da Adidância na Espanha.

A Extradição ocorreu sem intercorrências.

Comunicação Social da Polícia Federal no Pará

Fone: 91 98586-5044
Email: [email protected]

Comentários Facebook

Polícia Federal

PF combate fraude eletrônica em Minas Gerais

Publicado


Belo Horizonte/MG– A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça, 19/11, a Operação Renove, em Minas Gerais. O objetivo é reprimir fraude eletrônica bancária.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão no município de Contagem, na região metropolitana da capital mineira. 

As investigações começaram após o Projeto Tentáculos (força tarefa que integra a PF e instituições bancárias) informar sobre possível ocorrência de crime. Com a andamento das investigações, foram identificadas transferências eletrônicas indevidas de uma conta em um banco localizado em Santa Catarina para outra em Contagem, esta pertencente a uma ONG (Organização Não Governamental).

Durante as buscas, autorizadas pelo Juízo da 35ª Vara Federal de Belo Horizonte, foram apreendidos telefones celulares e documentos que serão submetidos a perícia.

Os envolvidos poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes furto qualificado e associação criminosa. As penas podem chegar a 13 anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

Contato: (31) 3330-5270.
E-mail: [email protected]

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia Federal

Operação Mercês investiga crimes eleitorais e contra a administração pública no Mato Grosso do Sul

Publicado


Corumbá/MS – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (19/10) a Operação Mercês, para investigar servidores públicos municipais e membros do poder legislativo municipal, que supostamente teriam praticado crimes eleitorais e contra a administração pública nas eleições municipais do ano de 2020, em Corumbá/MS.

A operação visa dar cumprimento a sete mandados judiciais de busca e apreensão, na cidade de Corumbá/MS.

O nome da Operação – Mercês – advém do latim e sintetiza o modo de funcionamento da prática eleitoreira clientelismo, observada nesta investigação. Por meio da troca de favores ou troca de mercês, estes investigados utilizaram a máquina pública, que deveria servir tão somente ao povo, para angariarem apoio político para suas próprias candidaturas ou de terceiros.

Comunicação Social da Polícia Federal no Mato Grosso do Sul

Contato: (67) 3368-1105

[email protected] / www.pf.gov.br

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso