conecte-se conosco


Política

Parcerias com municípios contribuirão para o desenvolvimento do Araguaia com obras da FICO

Publicado

Política


Foto: Diogo Palomares / Assessoria de Gabinete

Representando a Assembleia Legislativa de Mato Grosso na cerimônia nacional, em Mara Rosa (GO), que marcou o início das obras da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO), na última sexta-feira (17), o deputado estadual Dr. Eugênio de Paiva (PSB) comemorou a vitória histórica para a região Araguaia, estreitando ainda mais as parcerias com os gestores que serão responsáveis em preparar cada município do Vale do Araguaia para o progresso sobre trilhos.

A expectativa é de que a nova linha férrea de 383 quilômetros de extensão, que ligará o município de Mara Rosa, em Goiás, a Água Boa, em Mato Grosso, possibilite a criação de 4,6 mil postos de trabalho, atraindo milhares de moradores para a região com a consolidação deste sonhado corredor logístico integrado à Ferrovia Norte e Sul.

O projeto da FICO foi viabilizado com base no mecanismo de investimento cruzado, que permite que empresas detentoras de outorgas ferroviárias do governo federal possam renovar o contrato fazendo outros investimentos. 

De acordo com o ministro de Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas, a mineradora Vale vai desembolsar integralmente os recursos para construir a nova ferrovia, em troca da renovação da concessão da Estrada de Ferro Vitória-Minas, operada pela empresa.

“É o começo de um corredor logístico que integrará o Brasil de leste a oeste, se integrando à Ferrovia Norte-Sul e gerando 4,6 mil postos de trabalho. Mais uma ferrovia para a conta. São R$ 30 bi contratados em concessões, nenhum governo fez mais. E que venham mais R$ 80 bilhões com as 14 primeiras autorizações ferroviárias”, prospectou o ministro.

Na oportunidade, os prefeitos do Araguaia, Dr. Mariano Kolankiewicz Filho (MDB), de Água Boa, e Marcio Aguiar (PSB), popularmente conhecido como Baco, de Cocalinho, reiteraram a importância dos trabalhos desenvolvidos pelo deputado Dr. Eugênio a favor da região.

“O deputado estadual Dr. Eugênio tem feito um excelente trabalho frente às demandas da região Araguaia. Sabemos que com a vinda da ferrovia o desafio vai ser imenso e com o apoio do Governo do Estado e do nosso deputado do Araguaia ampliaremos os investimentos em infraestrutura, habitação e saúde, entre outras áreas direta e indiretamente afetadas com a chegada da FICO”, chancelou Mariano, exemplificando a parceria com o Dr. Eugênio para ampliação do Hospital Regional de Água Boa e criação do Centro de Hemodiálise que atenderá todo Médio Araguaia.

Para o prefeito de Cocalinho, município que já vivencia o progresso com as adiantadas obras para construção da maior ponte de concreto de Mato Grosso (com 484 metros de extensão, ligando a Nova Nazaré), a região Araguaia vivencia um momento histórico com representantes comprometidos, exclusivamente, com os interesses da região.

“Faz toda a diferença termos um deputado estadual como o Dr. Eugênio, com história, ficha limpa e conhecimento de causa para atuar a favor da região Araguaia. Podemos dormir tranquilos quando ele faz um compromisso com a região, pois sabemos que compromisso assumido será sempre cumprido em benefício da coletividade. E deste modo, seguiremos trabalhando para preparar a nossa região para estas e outras obras que já estão transformando a realidade local”, pontuou Baco.

Alinhado com o governo do estado, Dr. Eugênio tem articulado e acompanhado de perto todas as demandas da região e de, de forma única, tem dedicado não somente a atenção como 100% das emendas parlamentares para o Araguaia.

“Nosso Vale do Araguaia vive hoje um momento histórico. Diferentemente de outras épocas em que chegamos até a sermos conhecidos como Vale dos Esquecidos, hoje somos vistos e valorizados com cerca de 30% das obras do governo do estado na nossa região. Nada mais do que justo, uma vez que somos uma das regiões que mais produz, mesmo em condições adversas. Imaginem quando as obras de infraestrutura estiverem concluídas e pudermos, de fato, produzir em condições de igualdade. Ninguém segura mais o Vale da Prosperidade”, exclamou Dr. Eugênio, o deputado do Araguaia.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook

Política

Comissão aprova substitutivo em projeto que nomeia primeira ferrovia estadual

Publicado


Reunião da Comissão aconteceu no gabinete do deputado Valmir Moretto.

Foto: Raul Bradock

A Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transporte da Assembleia Legislativa aprovou substitutivo ao Projeto de Lei 855/21, que trata da nomeação da primeira ferrovia estadual de Mato Grosso. Decisão foi tomada na tarde desta terça-feira (19). O substitutivo mantém toda extensão da ferrovia com o nome de “Ferrovia Estadual Vicente Emílio Vuolo”. Os terminais de Lucas do Rio Verde e de Nova Mutum terão o nome de “Terminal Rodoferroviário Olacyr de Moraes”. 

A reunião aconteceu no gabinete do deputado Valmir Moretto (Republicanos), que é presidente da Comissão e relator do substitutivo. Também votaram os membros Xuxu Dalmolin (PSC) e deputado Delegado Claudinei (PSL).

“Buscamos trazer equilíbrio, por se tratar da primeira ferrovia estadual de Mato Grosso. Foram 3 votos pelo substitutivo. Agora o projeto segue para o plenário. Não podemos deixar de parabenizar o governador Mauro Mendes, porque para ter o nome, precisa ter a ferrovia”, destacou o deputado Valmir Moretto.

“Essa ferrovia vai trazer inúmeras riquezas. A construção é lenta e pode demorar até 7 anos para ser construída, ainda assim, já estamos nomeando pessoas importantes que lutaram para ela acontecer. Nada mais justo do que homenagear os dois nomes”, pontua Moretto.

O relatório da comissão deve ser apreciado pelo plenário da AL na sessão de quarta-feira (20).

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Ferrovia estadual deverá prestar homenagem ao senador Vicente Vuolo

Publicado


Foto: Raul Bradock

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) deve encerrar na sessão de quarta-feira (20/10) a polêmica relativa à denominação da ferrovia estadual, que se iniciou por pretensão do governador Mauro Mendes (DEM) que visava homenagear o empresário Olacyr de Moraes (1931-2015) – em contraposição a anterior decisão dos deputados estaduais em referência à memória do senador Vicente Emílio Vuolo (1929-2001). 

Por meio do Projeto de Lei nº 855/2021, o deputado Wilson Santos (PSDB) propôs aos pares desautorizar o intento do Poder Executivo e tornar a prestar homenagem ao senador mato-grossense – cujo histórico empenho pela concretização da ferrovia é inegável. 

“Trata-se do legado e uma realidade concreta de quem sonhou, lutou e dedicou sua vida para ver Mato Grosso interligado pela ferrovia e a produção sendo escoada em vagões, com rapidez e segurança; em virtude de sua dedicação à causa da ferrovia, recebeu diversas homenagens, entre elas a medalha de Mérito Ferroviário, concedida pela Rede Ferroviária Nacional, e o título de senador honorário do Oeste Paulista, da Associação dos Municípios do Oeste Paulista”, lembra o parlamentar em defesa da iniciativa. 

CONCILIAÇÃO 

De outro lado, não se pode negar o empenho dedicado por Olacyr de Moraes à implantação da ferrovia – razão que motivou o governador a pretender honrar a memória do empresário. 

Por iniciativa do presidente da Comissão de Infraestrutura Urbana e de Transporte da ALMT, deputado Valmir Moretto (Republicanos) – relator do projeto de lei apresentado por Wilson Santos – a polêmica pode ter um fim satisfatório para ambos os lados, por meio de solução conciliatória. 

Moretto apresentou substitutivo ao projeto, de acordo com o qual fica mantida a denominação da ferrovia estadual em homenagem ao senador Vicente Vuolo e – de forma a honrar também a memória do empresário – propõe nomear “Olacyr de Moraes” os terminais que serão construídos nos municípios de Nova Mutum e Lucas do Rio Verde. 

O substitutivo apresentado pelo deputado Valmir Moretto foi aprovado na comissão em reunião realizada na tarde de terça-feira (19/10), tendo a concordância dos pares Xuxu Dal Molin (PSC) e Delegado Claudinei (PSL). 

A matéria segue para votação em plenário na sessão desta quarta-feira, em regime de urgência, quando a discussão deve ser definitivamente encerrada. 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso