conecte-se conosco


Tecnologia

Jogos de graça! Veja as ofertas liberadas por tempo limitado

Publicado

Tecnologia


source
Jogos mobile estão de graça
Unsplash/SCREEN POST

Jogos mobile estão de graça

A Google Play Store, loja oficial de aplicativos do Android, está com diversos jogos liberados gratuitamente nesta segunda-feira (20). Além deles, há também opções de games em promoção.

Em ambos os casos, o período promocional não tem data certa para acabar e varia de jogo para jogo. Por isso, é importante checar se a oferta está valendo no momento do download.

Para isso, clique no link do jogo escolhido na lista abaixo e veja se seu preço está riscado. No caso dos jogos gratuitos, deve aparecer a palavra “instalar”. Já no caso dos games em promoção, deve aparecer um valor menor.

Jogos de graça no Android

Jogos em promoção no Android

Comentários Facebook

Tecnologia

Procon deve multar Shopee em R$ 10,9 milhões por vender produtos sem nota fiscal

Publicado


source
Procon deve multar Shopee em R$ 10,9 milhões por vender produtos sem nota fiscal
Pedro Knoth

Procon deve multar Shopee em R$ 10,9 milhões por vender produtos sem nota fiscal

Em reunião com investidores promovida pelo Bank of America, o diretor-geral do Procon-SP, Fernando Capez, desaconselhou investimentos na Shopee. Em entrevista ao Tecnoblog , o executivo disse que o e-commerce de Singapura não está em conformidade com a legislação brasileira e deve ser multado por oferecer produtos sem nota fiscal. A multa pode chegar a R$ 10,9 milhões, levando em conta o faturamento.

Entrega da Shopee (Imagem: Divulgação)
Procon-SP deve multar Shopee por venda de itens contrafeitos, contrabandeados e sem nota fiscal (Imagem: Shopee/ Divulgação)

Procon-SP deve multar Shopee

O encontro desta quarta-feira (27) reuniu 100 investidores dos EUA, China e Japão. Alguns dos participantes eram clientes do Bank of America e possuíam ações do Sea Group, controlador da Shopee, através da carteira de investimentos do banco.

De acordo com Capez, os investidores estavam curiosos para saber se era confiável apostar no e-commerce de Singapura.

O diretor-geral do Procon-SP também menciona que está em análise a justificativa apresentada pela Shopee para vender produtos irregulares, mas acredita que uma multa à varejista é quase certa. Capez afirmou em entrevista ao Tecnoblog :

“Especialistas estão analisando a justificativa da Shopee. Na minha opinião, como ela não procede, eles devem multar [a empresa]. A multa pode chegar a até R$ 10,9 milhões, a depender do faturamento da companhia. O Procon-SP cogita [a multa] e a tinta está cheia — falta apenas colocá-la no papel. A sanção seria por oferecer produtos sem nota fiscal, contrafeitos e contrabandeados. Estamos observando isso faz tempo, e a função do Procon é defender os consumidores do estado de SP e defendê-los da Shopee.”

A Shopee entrou na mira do Procon-SP desde o mês passado, quando foi constatado um aumento de 5.600% nas reclamações referentes à varejista. A maioria era relacionada ao atendimento e à dificuldade para reembolsar compras.

A multa máxima que o Procon-SP pode aplicar é de R$ 10,9 milhões, dependendo do faturamento. O Sea Group, controlador da Shopee, teve receita de US$ 4 bilhões em 2020.

Capez desaconselha investimento na Shopee

Leia Também

Aos convidados internacionais do Bank of America, Capez desaconselhou o investimento na Shopee, pelo menos por enquanto.

Ao Tecnoblog, o diretor do Procon-SP ressaltou que a empresa asiática preocupa não só o órgão pró-consumidor, mas também autoridades brasileiras. “A Polícia Civil, por meio da Delegacia do Consumidor, está totalmente alinhada ao Procon-SP”, disse o executivo.

Ele também menciona que a união entre as entidades é tão coesa que o acordo feito entre Procon-SP e Polícia Civil de São Paulo com o Mercado Livre para impedir a venda de produtos ilegais será assinado na sede da Delegacia do Consumidor. Antes, era o ML que estava na mira pela venda de itens pirateados, mas o foco mudou: a Shopee seria, atualmente, a plataforma digital que mais preocupa as autoridades.

Ainda segundo o diretor-geral do Procon, a Shopee pode ser advertida publicamente. Uma contra-recomendação para que consumidores evitem a plataforma também está em discussão.

Shopee está “enrolando”, diz Procon-SP

App da Shopee no celular (Imagem: Divulgação)
App da Shopee no celular (Imagem: Shopee/ Divulgação)

De acordo com o Procon-SP, representantes da empresa no Brasil estão “enrolando” para firmar um acordo antipirataria. Outra preocupação é de que a varejista ainda não tem sede oficial no Brasil, o que dificultaria o diálogo com autoridades e o cumprimento da lei brasileira. Durante a reunião, investidores ligados ao Bank of America teriam reclamado que o Procon-SP está “cismando” com a Shopee.

Por fim, é possível que o Procon-SP chegue a processar a Shopee por danos morais coletivos. Capez alega que a varejista tem violado o Código de Defesa do Consumidor (CDC), e que essa lei se sobrepõe ao Marco Civil da Internet – usada pela Shopee, AliExpress e OLX para justificar a venda de produtos irregulares.

“O Marco Civil da Internet é uma legislação que abrange a relação entre provedor e usuário. Nesse caso, estamos tratando de defesa do consumidor. Estamos diante de interesse público e coletivo”, explicou Capez. O CDC, nesse caso, deveria ser considerado porque é uma lei específica sobre os direitos do consumidor.

Por fim, na avaliação do diretor-geral do Procon, seria “prudente” se a Shopee assinasse o guia Antipirataria, da Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor), como fez o Mercado Livre.

Procurada pelo Tecnoblog , a Shopee não respondeu sobre a possibilidade de multa até a publicação desta reportagem. O Bank of America também não respondeu sobre a reunião com o Procon-SP.

Procon deve multar Shopee em R$ 10,9 milhões por vender produtos sem nota fiscal

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Jogos estão de graça por tempo limitado; confira as opções para celular

Publicado


source
Jogos mobile estão de graça por tempo limitado
Unsplash/SCREEN POST

Jogos mobile estão de graça por tempo limitado

A Google Play Store, loja oficial de aplicativos no Android, está com diversos jogos gratuitos nesta quarta-feira (27), além de outros em promoção.

Os descontos variam de acordo com o título e, por isso, é importante checar se a oferta está vigente no momento do download.

Para isso, clique no jogo escolhido na lista abaixo. No caso dos gratuitos, é necessário que o valor esteja riscado, mostrando a palavra “instalar”. Já para os games em promoção, o preço também deve estar riscado, mostrando outro menor.

Jogos de graça no Android

Jogos em promoção no Android

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso