conecte-se conosco


Tecnologia

Anatel planeja analisar edital do 5G na sexta-feira

Publicado

Tecnologia


source
Fabio Faria, ministro das Comunicações
Reprodução: iG Minas Gerais

Fabio Faria, ministro das Comunicações

Depois de dois adiamentos, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deve analisar o edital do 5G na próxima sexta-feira. O conselheiro Moisés Moreira, que tinha pedido vista do processo, disse que deve devolver o texto para análise e pediu para que o conselho diretor se reúna nesta semana.

Moreira disse ao GLOBO que a maioria dos conselheiros já concordou com a nova data e que vai formalizar o pedido para que o presidente da agência, Leonardo Euler, marque a reunião extraordinária nesta sexta.

O conselheiro afirmou que os decretos publicados na sexta-feira e as informações enviadas pelo Ministério das Comunicações foram suficientes para dar segurança jurídica para a Anatel.

“O que faltava eram os decretos, o ministério também mandou outras informações do que seria uma modelagem prévia do projetos, tanto da rede da Amazônia quanto da rede privativa do governo e esses dois pontos dão segurança jurídica para nós e também para o próprio processo”, explicou o conselheiro.

No início desta semana, Moreira pediu vista do processo alegando que alguns pontos precisavam ser ajustados para dar segurança à decisão da Anatel. Na época, ele disse que estava preocupado com a celeridade do processo, mas também com a prudência exigida no “maior edital da história da Anatel”.

Com isso, o edital deve ser analisado antes do dia 30 de setembro, quando estava marcada uma reunião ordinária do conselho diretor da agência.

O governo quer que o leilão aconteça ainda neste ano. O ministro das Comunicações, Fabio Faria, chegou a dizer que poderia acontecer no fim de outubro e previu que a rede 5G deve ser lançada comercialmente em São Paulo no Natal.

Comentários Facebook

Tecnologia

Google será multado na Rússia em até R$ 1,3 bilhão por não remover conteúdo

Publicado


source
Google será multado
Unsplash/Kai Wenzel

Google será multado

A Rússia afirmou nesta terça-feira (19) que vai multar o Google em até 20% do faturamento local da empresa por não ter excluído conteúdo considerado ilegal pelo governo. As informações são da Reuters.

A agência reguladora da Rússia disse que o Google não pagou multas cobradas neste ano e que, agora, o valor buscado é entre 5% e 20% do faturamento do Google no país. Isso significa que a punição pode chegar a aproximadamente R$ 1,3 bilhão.

Recentemente, o governo russo tem aumentado a pressão sobre gigantes de tecnologia, buscando maior controle sobre a internet no país.  A velocidade de transmissão de dados do Twitter está reduzida desde março, e multas a big techs são frequentes.

Frequentemente, a Rússia solicita a remoção de conteúdos que considera proibidos para as redes sociais. Enqaunto o governo multa as empresas por não obedecerem, em alguns casos Apple e Google chegaram a ser criticados pela oposição por ceder ao governo local.

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Instagram anuncia posts com dois autores e versão web que permite postagens

Publicado


source
Instagram lança novidades
Unsplash

Instagram lança novidades

O Instagram vai permitir que usuários criem publicações em conjunto, além de poderem postar direto do computador.

Com o post de dois autores, batizado de Collabs, dois usuários poderão fazer uma publicação conjunta, que ficará nos dois perfis e será entregue aos seguidores de ambos. Curtidas, visualizações e comentários serão compartilhados, e a novidade também vale para o Reels.

O post terá que ser feito por um dos usuários, que irá convidar o outro como co-autor através da opção “marcar pessoas”. O segundo usuário, então, será notificado, podendo aceitar ou recusar o pedido. Ao G1, o Instagram confirmou que a novidade começará a ser liberada nesta semana.

Outra mudança é a possibilidade de publicar fotos e vídeos direto do navegador. Atendendo a uma solicitação antiga dos usuários, a versão web do Instagram agora será mais parecida com o aplicativo móvel. Este recurso também será liberado nesta semana.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso