conecte-se conosco


Mato Grosso

Linfomas têm grande chance de cura se forem diagnosticados precocemente

Publicado

Mato Grosso


Os linfomas são um tipo de câncer que costumam a se apresentar com o aumento dos gânglios na região da coluna, do pescoço e das axilas. Com origem no sistema linfático, a doença atinge o linfonodo, um órgão de defesa, mas pode atingir outros locais, principalmente quando está em um estágio avançado.

O oncologista André Crepaldi, credenciado ao Mato Grosso Saúde pela Clínica Vida e Oncolog, alerta que é importante procurar um médico quando surgem os sintomas. “Os gânglios ou massas, algumas vezes endurecidas, podem vir acompanhados de febre baixa vespertina, sudorese noturna, palidez cutânea, e algumas lesões cutâneas”, observa o médico.

Existem dois tipos de linfoma, o linfoma de Hodgkin e linfoma não-Hodgkin. Ambos apresentam comportamentos, sinais e graus de agressividade diferentes. 

O diagnóstico, de acordo com o Dr. André Crepaldi, é feito com exames laboratoriais e biópsia do linfonodo ou órgão acometido. Atualmente, as principais formas de tratamento da doenção são a quimioterapia e a radioterapia. Mas, em alguns casos, também poderá ser necessário a realização de transplante de medula óssea.

“O linfoma é um câncer altamente curável, no entanto o prognóstico varia de acordo com os subtipos, mas, especialmente, com o diagnóstico precoce, assim como o tratamento”, observa o especialista.

Prevenção

Para auxiliar o diagnóstico precoce, é importante evitar exposição prolongada a produtos químicos, em especial a produtos agrícolas. Outra medida é fazer o autoexame frequentemente e procurar imediatamente um médico se notar a presença de uma íngua (gânglio aumentado) no pescoço, axila ou virilha, especialmente se ela não for dolorosa e crescer rapidamente.

Estatística

Estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que mais de 14 mil brasileiros serão diagnosticados com linfoma em 2021 e aproximadamente 4 mil pessoas morrem todos os anos vítimas da doença no Brasil. A principal causa das mortes é o desconhecimento sobre este câncer, que apresenta elevado índice de cura se for diagnosticado em sua fase inicial.

Conscientização

O 15 de setembro é o Dia Mundial de Conscientização sobre o Linfoma, oportunidade falar com a população sobre a importância do diagnóstico precoce da doença.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Governo de Mato Grosso convoca candidatos classificados no processo seletivo do Intermat

Publicado


O Governo de Mato Grosso, por meio do Instituto de Terras (Intermat) divulgou na edição do Diário Oficial do Estado (IOMAT), que circulou na última quinta-feira (16.09), a lista de convocação de 31 candidatos classificados no processo seletivo de contratação temporária de profissionais para atuar na autarquia. A lista completa pode ser acessada clicando aqui.

De acordo com o documento, os profissionais convocados devem apresentar-se, durante do período que vai de 17 a 23 de setembro, na Gerência de Gestão de Pessoas do Intermat, das 08h às 17h, para entrega dos documentos solicitados, conforme descrito no edital na página 73 e 74.

Estão sendo convocados os profissionais das seguintes áreas de nível superior: (3) Advogado, (7) Assistente Social, (2) Arquiteto Urbanista, (2) Engenharia de Agrimensura, Engenharia Cartográfica, Engenharia de Agrimensura e Cartográfica, Engenharia Cartográfica e de Agrimensura, (5) Tecnologia em Geoprocessamento, Tecnologia em Agrimensura,

Para os cargos de nível médio: (12) Técnico de Agrimensura, Técnico em Geomensura, Técnico em Geodésia e Cartografia, Técnico em Geoprocessamento, sendo uma vaga para PCD.

O Intermat fica localizado na Rua Engenheiro Agrônomo Arnaldo Duarte Monteiro, S/N – Edifício Eng. José Morben, no Centro Político Administrativo, Cuiabá-MT.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Câncer de intestino está entre os mais comuns para homens e mulheres

Publicado


Considerado o terceiro tipo de câncer mais frequente em homens, após o de próstata e o de pulmão, e o segundo entre as mulheres, após o câncer de mama, o câncer colorretal é um tumor que acomete o intestino grosso. “Importante ressaltar que o câncer de intestino é tratável e, na maioria dos casos, curável, ao ser detectado precocemente”, observa o coloproctologista Mardem Machado, credenciado ao Mato Grosso Saúde pela Clínica Vida.

O câncer de cólon, também conhecido como colorretal ou câncer de intestino, é o foco da campanha Setembro Verde, que busca conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce para combater o tumor. 

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), a cada ano, há 34.280 novos casos de câncer colorretal, dos quais 15.415 se encaminham para óbito. Ao todo, 16.660 homens e 17.620 mulheres são diagnosticados todo ano com a doença.

O Dr. Mardem Machado relata que existem diferentes fatores de risco para o diagnóstico de câncer de intestino. Os principais são a idade, sendo mais comum após os 50 anos, obesidade, sedentarismo, consumo em excesso de carnes vermelhas e processadas, dieta pobre em fibras, tabagismo, alcoolismo e histórico familiar de câncer de intestino.

Sintomas

O especialista destaca que conhecer os sintomas é fundamental para o paciente procurar um especialista no assunto, realizar os exames necessários e, se constatado o tumor, iniciar o tratamento. 

“Os sintomas são sangue nas fezes, dor na região anal, cólicas ou dores abdominais, anemia, fraqueza, perda de peso inexplicável e alterações do hábito intestinal, como diarreia, intensa vontade de vomitar e urgência para evacuar ou constipação”.

Diagnóstico

O diagnóstico do câncer de intestino é feito a partir de um exame clínico e físico, incluindo o exame proctológico, a retossigmoidoscopia, a colonoscopia e exames de sangue. “Assim que o paciente é diagnosticado, ele inicia o tratamento”.

Tratamento

Conforme o especialista, o câncer colorretal pode ser tratado de diversas formas para melhorar a qualidade e a sobrevida dos pacientes. Entre as alternativas estão as cirurgias abertas, laparoscopias e assistidas por robô, colonoscopia e ressecções locais dos tumores, quimioterapia e radioterapia.

Como se trata de uma doença silenciosa, cujos sintomas demoram bastante a se manifestar, o Dr. Mardem Machado alerta para a importância do check-up anual para o diagnóstico precoce e maior sucesso no tratamento.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso