conecte-se conosco


PREVENIR

Setembro Amarelo, o mês de prevenção ao suicídio

Publicado

Destaque

Conhecido como Setembro Amarelo, o nono mês do ano é dedicado à prevenção do suicídio em todo País. A celebração teve início em 2014 através dos esforços da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) que, em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM) e o Centro de Valorização da Vida (CVV), organiza anualmente uma data com objetivo de prevenir e reduzir as taxas de suicídio em território nacional. O dia 10 deste mês é oficialmente o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha acontece durante setembro inteiro.
 
A campanha foi originada, inicialmente, nos Estados Unidos, quando um jovem de 17 anos morreu em consequência da depressão. Para homenageá-lo, seus amigos e pessoas próximas espalharam fitas amarelas com mensagem de apoio às pessoas que precisavam conversar, ser ouvidas. Nesse contexto, o laço amarelo foi o escolhido como símbolo de prevenção e luta contra o suicídio.
 
De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), cerca de 800 mil indivíduos tiram a própria vida por ano. O suicídio é um fenômeno complexo e de causas múltiplas, que pode ser provocado por questões psíquicas, situações de vulnerabilidade social, luto ou transtornos causados pela pandemia de Covid-19, entre outras motivações.
 
No ano passado, segundo dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, a variação da taxa de suicídios no Brasil foi de apenas 0,4% em relação a 2019, somando quase 13 mil mortes. Os estados com maior número foram São Paulo, Minas Gerais e Porto Alegre, respectivamente.
 
Encontre ajuda
 
É necessário estar atento aos sinais de risco para suicídio, entre eles estão: a depressão, desesperança, mudança de hábitos, perda de interesse por atividades antes prazerosas, entre outros. Por isso, através do site da campanha do Setembro Amarelo é possível encontrar psiquiatras ou federações associadas para acompanhamento, e o CVV também disponibiliza canais para emergências, como o número 188 que é gratuito para todo o Brasil. Caso seja necessário, recorra à ajuda profissional!
Comentários Facebook

Destaque

Domingo Legal vence programa de competições da emissora líder e conquista a 1ª colocação

Publicado

Atração do SBT alcançou 10 pontos e incomodou a concorrência

O programa do SBT comandado por Celso Portiolli exibido no último domingo, dia 17/10, alcançou a liderança no ranking geral das audiências na Grande São Paulo após vencer o programa de competições exibido na concorrência.

No horário em que as duas atrações estiveram simultaneamente no ar, das 14h39 às 15h13, o programa do SBT marcou 9,6 pontos de média contra 9,5 do concorrente. Foram 34 minutos consecutivos na liderança.

Na média geral, das 11h às 15h13, o Domingo Legal garantiu a vice-liderança isolada ao registrar 7,6 pontos de média, 16,1% de share e 10,4 pontos de pico.

Índice 28% superior ao registrado pela emissora terceira colocada, que na mesma faixa de exibição marcou 5,9 pontos de média com uma programação infantil e um filme. A emissora primeira colocada marcou 9,5 pontos de média com um programa esportivo, um musical e a atração de competições.

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Tempo de transferência pelo Pix é de até 0,6 segundo em 99% das vezes, diz BC

Publicado

 

 

source
Modelo de transferência já supera TED e DOC
Janaína Dantas

Modelo de transferência já supera TED e DOC

O Banco Central divulgou nesta segunda-feira (18) o Relatório de Estabilidade Financeira (REF) do primeiro semestre de 2021, em um trecho, aponta que 99% das transações por Pix foram realizadas em até 0,6 segundo.

O REF afirma também que a disponibilidade do sistema manteve-se acima de 99% durante todo o primeiro semestre. O Pix já supera os formatos tradicionais de transferência como TED e DOC e movimentou R$ 1,6 trilhão em 2,4 bilhões de transações desde que foi implementado até agosto desse ano.

O Banco Central também alega que o Pix “vem crescendo como instrumento de pagamento imediato, seguro e conveniente”. A instituição vem  adotando medidas para torna-lo ainda mais seguro.

O relatório divulgado hoje mostra os números do primeiro semestre, mostrando crescimento a cada mês nas movimentações. “O primeiro semestre de 2021 caracterizou-se pelo estágio inicial de crescimento exponencial de transações”, diz o texto. Confira:

  • Janeiro – 170 milhões de transações (R$ 138 bilhões)
  • Fevereiro – 229 milhões de transações (R$ 170 bilhões)
  • Março – 328 milhões de transações (R$ 238 bilhões)
  • Abril – 411 milhões de transações (R$ 274 bilhões)
  • Maio – 543 milhões de transações (R$ 327 bilhões)
  • Junho – 626 milhões de transações (R$ 361 bilhões)

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso