conecte-se conosco


VEJA VÍDEO

Várzea Grande confirma retorno das aulas presenciais

Publicado

Destaque

O secretário de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo Barros, afirmou que o município deve retomar em breve as atividades presenciais na rede municipal de ensino de forma híbrida. A declaração foi dada durante entrevista ao Jornal do Meio-dia, da TV Vila Real.

Debatemos isso profundamente no comitê gestor da Covid. O secretário Silvio está muito comprometido cuidando dessa parte juntamente com a equipe do comitê e com a Secretaria de Saúde, é um critério que vamos procurar implementar todos os sistemas para que seja bem seguro”, disse o secretário.

Gonçalo explicou que além do cumprimento de todas as medidas contra a propagação da Covid-19, para ter acesso à sala de aula o profissional também deverá apresentar o cartão de vacinação.

“Para ter acesso à sala de aula os professores deverão apresentar o cartão de vacina. O que nós precisamos é um padrão de segurança. Essa é uma pauta da educação e devido esse cuidado com a Covid serão adotadas as medidas necessárias para manter a segurança”, acrescentou.

VACINAÇÃO

Em relação à vacinação, o secretário comentou que o município não adotou o sistema de final de fila e aqueles que não conseguiram se vacinar na data marcada podem procurar o ponto de vacinação que receberão a dose do imunizante.

“Nós não temos aquela questão de final de fila, se não compareceu está aberto no seu ponto que você escolheu, compareça no próximo dia vacinação. Nesse momento nós entendemos que temos que oportunizar e não criar barreiras para a imunização”, concluiu.

 

Comentários Facebook

Destaque

Adolescente morreu de púrpura trombótica não relacionada à vacina, diz Saúde

Publicado

 

 

source
O ministro da Saúde Marcelo Queiroga
Foto: Jefferson Rudy – 6.mai.2021/Agência Senado

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga

Uma análise feita pelo Ministério da Saúde mostrou que a  causa da morte da adolescente de 16 anos que tomou a vacina da Pfizer foi púrpura trombocitopênica trombótica, uma doença autoimune que predispõe a formação de coágulo e pode levar à morte. As informações são da colunista Mônica Bergamo , do jornal Folha de S. Paulo .

Os trombos viajam pela corrente sanguínea e podem se alojar em órgãos vitais, como o coração, pulmões e cérebro.

Na última sexta-feira (17), a Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo já havia informado que o imunizante não foi a causa da morte da jovem  e, no documento que será divulgado ainda hoje pelo Ministério da Saúde, a pasta afirma que o óbito não está associado à vacina.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse não ser contra a imunização de adolescentes sem comorbidades, apesar de ter anunciado a suspensão da campanha para esse grupo na última semana . Mesmo com a determinação, diversas capitais continuaram a vacinação , como Porto Alegre, Florianópolis, São Paulo e Rio de Janeiro.

De acordo com Queiroga, a decisão de interromper a campanha se deu por uma questão de logística e disponibilidade de vacinas . Técnicos do Ministério da Saúde que atuam no Programa Nacional de Imunização (PNI), no entanto, disseram não terem sido ouvidos para o decreto.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Jornalista é agredida em motel por namorado e chama a Policia

Publicado

Uma jornalista acionou a Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (20) para atenderem uma ocorrência de violência doméstica dentro de um motel no bairro 23 de Setembro, em Várzea Grande. A vítima havia sido agredida pelo ex-namorado, com quem tentava uma reconciliação, quando foi agredida e acionou a equipe de segurança.

Segundo informações repassadas pela própria jornalista, ela e o ex passaram a noite no motel. Pela manhã, ele ele teve uma crise de ciúmes ao pegar o celular dela e começou a agredi-la.

Em seguida, ela acionou a PM. Ao chegar ao local, os policiais tomaram ciência de que a vítima possuía uma medida protetiva contra o suspeito.

No estabelecimento, ainda houve uma confusão entre a vítima e os policiais. Ela disse que foi ofendida pelos PMs, que teriam lhe xingado ao saberem da medida de distanciamento social.

Já os policiais negam todas as acusações da vítima. Segundo eles, a mulher estaria completamente transtornada. Os militares afirmaram que não houve agressões físicas, tampouco verbais.

Os agentes alegam que apenas a questionaram como ela poderia estar em um quarto de motel com um rapaz. A situação foi registrada na Central de Flagrantes.

A motocicleta do acusado foi apreendida, por estar com a documentação irregular. O suspeito foi detido por descumprimento judicial. O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso