conecte-se conosco


Tecnologia

Google Drive notifica atualização de segurança; entenda o que vai mudar

Publicado

Tecnologia


source
Google Drive atualiza segurança
Unsplash/ Charles Deluvio

Google Drive atualiza segurança



“Uma atualização de segurança será aplicada ao Drive”, é o que diz um novo e-mail do Google. Além dessa mensagem, quem visitar drive.google.com, também poderá ler uma dizendo: “Em 13 de setembro de 2021, uma atualização de segurança será aplicada a alguns de seus arquivos”. E, abaixo, uma lista dos arquivos afetados, que receberam uma “atualização de segurança” não especificada. Então, do que se trata?

O Google está mudando a forma como o compartilhamento de conteúdo funciona no Drive. Os arquivos do Drive têm duas opções de compartilhamento: uma lista de permissão de uma única pessoa (por meio da qual você compartilha um Documento Google com contas do Google específicas) e uma opção “obter link” (quando qualquer pessoa com o link pode acessar o arquivo).

A opção “obter link” funciona da mesma forma que os vídeos não listados no YouTube. Os links não são realmente privados mas, teoricamente, não exatamente públicos, já que devem ser divulgados em algum lugar. Mas os links secretos de compartilhamento são na verdade “segurança por obscuridade”, já que é possível adivinhar o endereço.

Além do Google Drive, atualização atinge YouTube

Junto com o Drive, o Google também está mudando a maneira como os links não listados do YouTube funcionam. Uma mensagem na página de suporte do YouTube descreve essa mudança: “Em 2017, lançamos uma atualização no sistema que gera novos links não listados do YouTube, que incluem melhorias de segurança que tornam os links de seus vídeos não listados ainda mais difíceis de serem descobertos por alguém, caso você não tenha compartilhado o link com eles”.

O Google sabia sobre o problema de links secretos adivinhados e, em 2017, mudou a maneira como a geração de links funciona. De acordo com o site Ars Technica, isso não afeta os links compartilhados antes disso.

Em breve, o Google exigirá que seus links antigos sejam alterados, o que pode quebrá-los. O novo esquema de link do Google adiciona uma “chave de recurso” ao final de todos os links compartilhados do Drive, tornando-os mais difíceis de se adivinhar. 

Você viu?

Página de atualização lista arquivos afetados

Quem acessar o endereço drive.google.com/drive/update-drives, verá uma lista dos arquivos afetados e, se passar o mouse sobre eles, verá um botão à direita para remover ou aplicar a atualização de segurança.

“Aplicado” significa que a chave do recurso será necessária após 13 de setembro e quebrará (principalmente) o link antigo, enquanto “removido” significa que a chave do recurso não é necessária e todos os links existentes devem continuar funcionando.

O YouTube já passou por esse processo no início do mês, com todos os links não listados antes de 2017 desaparecendo. No entanto, o Drive está fazendo isso com um pouco mais de sutileza do que a plataforma de vídeos.

Graças ao compartilhamento com base na conta, qualquer pessoa que acessou seus links não listados do Drive no passado ainda terá acesso a eles, mesmo se você atualizar a segurança. No entanto, nenhum novo usuário será capaz de acessar o link antigo atualizado. 

Dessa forma, se você tiver uma comunidade estável que usa um arquivo não listado, ela deve ser capaz de continuar navegando. Todos os novos membros, no entanto, serão bloqueados e precisarão solicitar acesso. Se você não quiser isso, a qualquer momento o proprietário do arquivo pode clicar no botão “compartilhar” e alterar as configurações para gerar um novo link ou desligar o link por completo.

Para garantir segurança real, é necessário ter cautela

Não permitir que terceiros criem uma lista de todos os seus arquivos não listados é uma coisa boa, mas não podemos confundir essa mudança de link com qualquer segurança real.

Você nunca deve compartilhar nada sobre os recursos “não listado” ou “obter link” no YouTube, Drive ou Google Fotos se realmente quiser que seja privado. 

Links secretos são apenas segurança através da obscuridade e, mesmo com as atualizações do Google, eles não devem ser considerados seguros ou indetectáveis. Esse arranjo é totalmente adequado para documentos casuais, mas sempre presuma que qualquer pessoa no mundo pode ler um arquivo “não listado”. 

Se isso não o incomoda, ótimo. Mas se não se sentir confortável, use as opções de compartilhamento realmente baseadas em contas privadas do Google.

Comentários Facebook

Tecnologia

Galaxy A52s 5G chega ao Brasil com tela de 120 Hz e câmera quádrupla

Publicado


source
Samsung Galaxy A52s 5G
Divulgação/Samsung

Samsung Galaxy A52s 5G

A Samsung apresentou, nesta segunda-feira (20), um novo celular aos consumidores brasileiros. Trata-se do Samsung Galaxy A52s 5G, que se destaca pela câmera quádrupla de 64 megapixels e tela de 120 Hz. O smartphone ainda possui bateria de 4.500 mAh, certificação IP67 e 128 GB de espaço na ficha técnica intermediária.

O lançamento da Samsung chega ao Brasil cerca de um mês após o seu lançamento global. A tela de 6,5 polegadas é um dos pontos que mais chamam a atenção devido à taxa de atualização de 120 Hz, como o Moto G60S. O display ainda conta com resolução Full HD+ e um furo para abrigar a câmera frontal de 32 megapixels.

Leia Também

O conjunto fotográfico é outro ponto que chama a atenção no novo celular da marca. A câmera principal traz resolução de 64 megapixels e é acompanhada por outra de 12 megapixels, dessa vez com lente ultrawide. Os outros dois sensores têm 5 megapixels e servem para macro e capturar a profundidade de campo, respectivamente.

Ficha técnica intermediária traz bateria de 4.500 mAh

A ficha técnica do celular é liderada pelo processador Qualcomm Snapdragon 778G, diferentemente do Galaxy A52 5G lançado em abril no Brasil. Além da RAM de 6 GB, o usuário ainda conta com a função de RAM virtual, conhecida como RAM Plus, que pode expandir a memória em até 4 GB. O armazenamento é de 128 GB.

A bateria possui 4.500 mAh de capacidade, que promete até dois dias de carga, e suporte à recarga de até 25 watts. Mas a Samsung incluiu um carregador de 15 W na caixa. A lista de especificações ainda fica completa com o leitor de digitais sob a tela, conectividade 5G, a certificação IP67 e entrada para dois chips de operadora.

Preço do Galaxy A52s 5G no Brasil

A Samsung começou a vender o Samsung Galaxy A52s 5G nesta segunda-feira (20). O smartphone chegou às prateleiras pelo preço sugerido de R$ 3.499 nas cores branco e preto. A cargo de comparação, o Galaxy A52 5G desembarcou no país em abril de 2021 com o mesmo valor. A variante 4G custava R$ 3.299 no lançamento.

Samsung Galaxy A52s 5G – ficha técnica

Samsung Galaxy A52s 5G
Tela Super AMOLED de 6,5 polegadas com resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels) com taxa de aualização de até 120 Hz e brilho de até 800 nits
Processador Qualcomm Snapdragon 778G (octa-core de até 2,4 GHz)
RAM 6 GB (com RAM Plus)
Armazenamento 128 GB, expansível via cartão de memória microSD de até 1 TB
Câmera traseira – principal: 64 megapixels (f/1,8 e OIS) – ultrawide: 12 megapixels (f/2,2) – macro: 5 megapixels (f/2,4) – profundidade de campo: 5 megapixels (f/2,4)
Câmera frontal 32 megapixels (f/2,2)
Bateria 4.500 mAh com recarga de até 25 watts (carregador de 15 watts na caixa)
Sistema operacional Android (One UI)
Conectividade porta USB-C, entrada dedicada para fones de ouvido (3,5 mm), 5G, 4G, 3G, 2G, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac/ax (2,4 GHz e 5 GHz), Bluetooth 5.0, GPS e NFC
Mais leitor de impressões digitais sob a tela, certificação IP67, entrada para dois chips de operadora (Dual SIM), Dolby Atmos e Samsung Knox
Dimensões 159,9 x 75,1 x 8,4 mm
Peso 189 gramas
Cores branco e preto

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

iPhone 14 tem informações vazadas e pode ter câmera de 48 MP; veja os detalhes

Publicado


source
Simulação do iPhone 14
Reprodução

Simulação do iPhone 14

linha iPhone 13 mal foi lançada e as especulações sobre o iPhone 14 já começaram. Ming-Chi Kuo, anlista de produtos da Apple que costuma revelar novidades antes da hora, trouxe informações sobre a linha de smartphones que deve ser lançada no ano que vem.

Segundo Kuo, o iPhone 14 e iPhone 14 Pro Max serão os primeiros a eliminarem o notch. No lugar do entalhe, a tela terá apenas um furo para abrigar a câmera frontal, solução adotada por diversos smartphones Android.

Além disso, a linha iPhone 14 vai abandonar o padrão da Apple de câmeras de 12 MP. Desta vez, os sensores principais estão previstos para serem lançados com 48 MP.

Apesar disso, as imagens finais continuarão tendo resolução de 12 MP, já que a Apple deve adotar uma tecnologia que captura as imagens em 48 MP e compila os pixels para uma qualidade melhor, com menos ruído e mais detalhes.

Além dessas novidades, Kuo não menciona um iPhone 14 Mini, o que poderia indicar que a Apple pode abandonar sua versão menor. De acordo com ele, a linha iPhone 14 terá quatro modelos: iPhone 14, iPhone 14 Max, iPhone 14 Pro e iPhone 14 Pro Max.

Vale lembrar que todas as informações são vazamentos e ainda não há nenhuma confirmação da Apple em relação à linha iPhone 14.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso