conecte-se conosco


Covid-19

Covid-19: Britânico antivacina morre após se mostrar arrependido

Publicado

Destaque

 

 

source

BBC News Brasil

Covid: britânico antivacina morre após foto com respirador para se mostrar arrependido
Reprodução: BBC News Brasil

Covid: britânico antivacina morre após foto com respirador para se mostrar arrependido

Um homem cético em relação às vacinas contra covid morreu num hospital do Reino Unido duas semanas depois de um médico publicar uma foto dele sentado em um leito de hospital.

Matthew Keenan, da cidade de Bradford, permitiu que Leanne Cheyne postasse a imagem dele com máscara de oxigênio, para que servisse de apelo para as pessoas se vacinarem. Cheyne, que é pneumologista, disse que o homem de 34 anos contou a ela que “queria voltar no tempo”.

“Matthew concordou com que eu compartilhasse a história dele. 34 anos, treinador de futebol e pai. Cético confesso da vacina até pegar covid, ele queria poder voltar no tempo. Nossos pacientes mais graves não tomaram a vacina e têm menos de 40 anos. Matthew está lutando pela vida… Salvem as suas”, publicou Cheyne no Twitter, no dia 11 de julho, junto com a foto do paciente.

A médica explicou que Keenan estava usando uma máquina de oxigênio CPAP. Poucos dias antes, em 2 de julho, ele publicou no próprio Facebook que havia testado positivo para covid.

Segundo Cheyne, que trabalha no Bradford Teaching Hospitals Foundation Trust, Keenan estava em ventilação não invasiva, a um passo de tratamento na UTI.

Ele disse à BBC que o homem de 34 anos esperava que compartilhar sua história encorajaria as pessoas a se vacinarem. Na cidade de Bradford, 72% dos adultos tomaram a primeira dose da vacina e 57% tomaram a segunda até 25 de julho.

Você viu?

O Reino Unido tem uma das maiores taxas de vacinação por 100 habitantes. Mas há pessoas que se recusam a tomar a vacina.

Homenagens

Várias homenagens foram feitas a Keenan, que era um técnico de futebol conhecido na cidade. Um porta-voz da liga de futebol Bradford Sunday Alliance disse: “Matthew foi um grande cara, um cavalheiro, uma verdadeira lenda, sempre tinha tempo para todo mundo, mesmo que não conhecesse a pessoa, e sempre fazia todos sorrirem. Ele amava o seu futebol.”

Colega da liga de futebol em que atuava Keenan, Akif Khan disse que ele sempre “dava o seu melhor para todos”. No Facebook, o grupo de apoio à saúde mental Speak In Club, escreveu: “Absolutamente devastado em saber da morte do meu colega Matthew Keenan. Sinceramente uma das melhores pessoas que você poderia conhecer. Ele iluminava todo o lugar por onde passava. Voa, meu irmão. Você nunca vai caminhar sozinho.”

Já o grupo de rap Bad Boy Chiller Crew, de quem Keenan era fã, escreveu: “Bradford perdeu uma verdadeira lenda. RIP, você sempre será lembrado nos nossos corações até nos encontrarmos novamente.”

Uma vaquinha online foi iniciada para ajudar a família de Keenan.


Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook

Destaque

Adolescente morreu de púrpura trombótica não relacionada à vacina, diz Saúde

Publicado

 

 

source
O ministro da Saúde Marcelo Queiroga
Foto: Jefferson Rudy – 6.mai.2021/Agência Senado

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga

Uma análise feita pelo Ministério da Saúde mostrou que a  causa da morte da adolescente de 16 anos que tomou a vacina da Pfizer foi púrpura trombocitopênica trombótica, uma doença autoimune que predispõe a formação de coágulo e pode levar à morte. As informações são da colunista Mônica Bergamo , do jornal Folha de S. Paulo .

Os trombos viajam pela corrente sanguínea e podem se alojar em órgãos vitais, como o coração, pulmões e cérebro.

Na última sexta-feira (17), a Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo já havia informado que o imunizante não foi a causa da morte da jovem  e, no documento que será divulgado ainda hoje pelo Ministério da Saúde, a pasta afirma que o óbito não está associado à vacina.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse não ser contra a imunização de adolescentes sem comorbidades, apesar de ter anunciado a suspensão da campanha para esse grupo na última semana . Mesmo com a determinação, diversas capitais continuaram a vacinação , como Porto Alegre, Florianópolis, São Paulo e Rio de Janeiro.

De acordo com Queiroga, a decisão de interromper a campanha se deu por uma questão de logística e disponibilidade de vacinas . Técnicos do Ministério da Saúde que atuam no Programa Nacional de Imunização (PNI), no entanto, disseram não terem sido ouvidos para o decreto.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Jornalista é agredida em motel por namorado e chama a Policia

Publicado

Uma jornalista acionou a Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (20) para atenderem uma ocorrência de violência doméstica dentro de um motel no bairro 23 de Setembro, em Várzea Grande. A vítima havia sido agredida pelo ex-namorado, com quem tentava uma reconciliação, quando foi agredida e acionou a equipe de segurança.

Segundo informações repassadas pela própria jornalista, ela e o ex passaram a noite no motel. Pela manhã, ele ele teve uma crise de ciúmes ao pegar o celular dela e começou a agredi-la.

Em seguida, ela acionou a PM. Ao chegar ao local, os policiais tomaram ciência de que a vítima possuía uma medida protetiva contra o suspeito.

No estabelecimento, ainda houve uma confusão entre a vítima e os policiais. Ela disse que foi ofendida pelos PMs, que teriam lhe xingado ao saberem da medida de distanciamento social.

Já os policiais negam todas as acusações da vítima. Segundo eles, a mulher estaria completamente transtornada. Os militares afirmaram que não houve agressões físicas, tampouco verbais.

Os agentes alegam que apenas a questionaram como ela poderia estar em um quarto de motel com um rapaz. A situação foi registrada na Central de Flagrantes.

A motocicleta do acusado foi apreendida, por estar com a documentação irregular. O suspeito foi detido por descumprimento judicial. O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso