conecte-se conosco


Policial

Investigador de MT é o primeiro a se formar instrutor de armamento e tiro pela Academia Nacional de Polícia

Publicado

Policial


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um investigador da Polícia Civil de Mato Grosso é o primeiro profissional de segurança pública do Estado a se formar como professor no curso de Armamento e Tiro da Polícia Federal, promovido pela Academia Nacional de Polícia em Brasília (ANP).

Vinícius Alves Câmara está lotado na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) e é formado em Operações Táticas Especiais, Operador do Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra), Car System, entre outras capacitações.

A ida do servidor para o curso e intercâmbio na ANP faz parte do planejamento da Diretoria Geral instituição, com intuito de formar policiais para atualização em técnicas de tiro e manuseio de armas em Mato Grosso, em razão da mudança da plataforma de armas curtas da Polícia Civil, com a aquisição das pistolas Glock G19 geração 5.

Para ingressar no curso na Academia Nacional de Polícia, ele participou de um processo seletivo que contou com mais de 350 policiais de diversas forças de segurança do País, como Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Agência Brasileira de Inteligência, Polícia Civil e Polícia Militar, sendo que somente 87 policiais foram aprovados.

Qualificação

O curso de tiro teve a duração de três semanas, sendo realizado o pré-teste, onde os candidatos foram submetidos à realização de tiro, montagem e desmontagem de armas da Polícia Federal (pistola Glock G17, submetralhadora HK MP5, Fuzil HK G36 e espingarda Benelli M3), nomenclatura de peças, manejo (inspeção, municiamento e desmuniciamento) de acordo com as notas técnicas, teste físico, prova teórica e entrevista.

O curso ocorreu de 28 de junho a 16 de julho, com 150 horas-aula. Foram abordadas diversas disciplinas dirigidas a professores de armamento e tiro, como didática: funcionamento das armas; legislação; fundamentos de tiro e regras de segurança; posições de tiro; pronto-socorro em atividade policial; ópticos e optrônicos; autodefesa; postura e condutas de professor; saque com uso velado de arma; características do treinamento de tiro; tiro em baixa luminosidade; tiro de precisão e balística; manutenção de armas de fogo; recarga de munições; resolução de panes no armamento; balístico terminal; simulador noturno; transição de armas e tiro esportivo.

Entusiasmado pela oportunidade de aprendizado e experiência, o investigador agradeceu a Polícia Civil de Mato Grosso pela oportunidade em participar do 21º CFPAT – ANP. “O empenho da atual gestão demonstra seu compromisso com a segurança pública no sentido de buscar não só o melhor armamento para a Polícia Civil, mas também o melhor conhecimento para seus policiais. Essa capacitação proporcionará um nivelamento de técnicas e procedimentos aos policiais de Mato Grosso. Também agradeço aos colegas da Polícia Federal de Rondonópolis que muito ajudaram durante os treinamentos ao longo deste ano e, sem essa parceira, jamais conseguiria alcançar o objetivo de ser um camisa vermelha”, disse o investigador Vinícius Câmara.

A Academia Nacional de Polícia (ANP), coordenada pela Polícia Federal, é referência na América Latina no quesito Armamento e Tiro, em padronização de procedimentos e das técnicas aplicadas desde a formação do policial federal até o treinamento continuado, que ocorre várias vezes ao ano, e que são levados aos profissionais pelos professores do Serviço de Armamento e Tiro.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Governo abre inscrições para processo seletivo nas Escolas Estaduais Tiradentes

Publicado


Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de cinco Escolas Estaduais Militares Tiradentes de Mato Grosso. Para a unidade de Cuiabá, as inscrições podem ser feitas nesta segunda e terça-feira (20 e 21.09) de forma presencial, das 13h às 18h. São 180 vagas para o 7º ano do Ensino Fundamental, para o ano letivo de 2022.

Os candidatos farão uma prova com questões de Língua Portuguesa e Matemática no dia 15 de outubro. As vagas dos candidatos classificados e aptos à matrícula são distribuídas em conformidade com a Lei nº 11.273 de 18 de dezembro de 2020.

Os pais ou responsáveis deverão procurar a escola, na rua Osasco, no bairro CPA I, com os documentos exigidos no edital.

Além de Cuiabá, estão com inscrições abertas para o processo seletivo as Escolas Estaduais Militares Tiradentes de Nova Mutum, Barra do Garças, Vila Rica e Confresa. Nestas unidades, as inscrições seguem até o dia 30 de setembro.

Mato Grosso possui hoje 14 Escolas Estaduais Tiradentes. Com exceção da unidade de Sinop, que foi inaugurada na última semana e as aulas iniciaram nesta segunda-feira (20.09), todas as outras terão processo seletivo. Ainda não lançaram os editais as escolas de Várzea Grande, Cáceres, Rondonópolis, Tangará da Serra, Lucas do Rio Verde, Juara e Alta Floresta.

O diretor de Ensino, Instrução e Pesquisa da PM, coronel André Avelino Neto, explica que não é possível fazer um edital único, pois cada unidade escolar tem sua própria realidade. “Algumas escolas oferecem Ensino Fundamental e outras também o Ensino Médio. Cada escola tem um número de vagas diferente. Por isso, cada uma tem suas próprias atribuições para fazer o edital”.

Coronel Neto explica que as Escolas Tiradentes atendem a partir do 7º ano do Ensino Fundamental e, por isso, é que o maior número de vagas é para esta etapa. Esclarece ainda que o cadastro de reserva para preencher vagas em casos que a rematrícula não é efetivada.

Secretário de Estado de Educação, Alan Porto lembra que as Escolas Estaduais Tiradentes têm a gestão da Polícia Militar, mas todo o corpo docente é da Seduc.

Reforça que o objetivo do Governo do Estado é que até o final deste ano sejam criadas pelo menos mais quatro unidades que já ofereçam o Ensino Fundamental e Médio a partir de 2022.

“As Escolas Estaduais Tiradentes são uma demanda da sociedade. Em Sinop, onde acabamos de inaugurar uma unidade, mais de 1,5 mil estudantes participaram do processo seletivo que tinha 500 vagas. Estas unidades se destacam no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) e, por isso, a determinação do Governo do Estado é criar mais unidades. Nosso foco é a recuperação da aprendizagem dos nossos estudantes para que a educação de Mato Grosso figure entre as melhores do país”.

Nova Mutum

Na Escola Estadual Militar Tiradentes Cel PM Celso Henrique Souza Barbosa, em Nova Mutum, são ofertadas 30 vagas para o 7º ano e cadastro de reserva para o 1º ano (70 vagas), 2º ano (70 vagas) e 3º ano (35 vagas) do Ensino Médio.

As inscrições são online e podem ser realizadas no seguinte link: xxxxx

Barra do Garças

Na Escola Estadual Militar Tiradentes CB PM Vanilson Silva Carvalho, em Barra do Garças, são ofertadas 15 vagas para o 1º ano do Ensino Médio e as demais – 2º e 3º ano – para o cadastro de reserva.

Para o 7º, 8º e 9º ano do Ensino Fundamental as vagas também são de cadastro de reserva. 

As inscrições devem ser feitas de forma presencial, na secretaria da unidade escolar, na rua 31 de Março, Nº 286, bairro Santo Antônio.

Vila Rica   

Na Escola Estadual Militar Tiradentes SD PM Antônio Eustáquio de Paula, em Vila Rica, são ofertadas 230 vagas, tanto no Ensino Fundamental – 7º, 8º e 9º ano –, como para o Ensino Médio.

As inscrições também devem ser feitas de forma presencial, na própria unidade.

Confresa

Na Escola Estadual Militar Tiradentes Cabo PM José Martins de Moura, em Confresa, são 250 vagas para o Ensino Fundamental e Médio. As inscrições também são de forma presencial, na secretaria da unidade escolar.

Sorriso

A Escola Estadual Militar Tirantes CB PM Antônio Dilceu da Silva Amaral, em Sorriso, já divulgou o edital para o processo seletivo mas, nesta unidade, as inscrições serão feitas do dia 27 de setembro a 1º de outubros. A unidade vai oferecer 100 vagas para o Ensino Fundamental, sendo 75 para o 7º ano e 25 para o 8º ano. Para o 9º ano e Ensino Médio – 1º e 2º ano – haverá cadastro de reserva.

Confira os editais já publicados, por unidade

Cuiabá – Escola Estadual Militar Tiradentes

Nova Mutum – Escola Estadual Militar Tiradentes Cel PM Celso Henrique Souza Barbosa

Barra do Garças – Escola Estadual Militar Tiradentes CB PM Vanilson Silva Carvalho

Vila Rica – Escola Estadual Militar Tiradentes SD PM Antônio Eustáquio de Paula

Confresa – Escola Estadual Militar Tiradentes Cabo PM José Martins de Moura

Sorriso – Escola Estadual Militar Tirantes CB PM Antônio Dilceu da Silva Amaral

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

PM fará solenidade de troca de comando do 4º Batalhão nesta terça-feira

Publicado


Nesta terça-feira (21.09), a Polícia Militar realizará a solenidade de passagem de comando do 4º Batalhão, às 17h, no auditório do Senai, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande. O tenente-coronel Jean Araújo de Lima deixa a sua função e passa o comando do Batalhão para o tenente-coronel Jean Klebber Britto da Silva.  

O batalhão do 4º Bravo ficou sob o comando do então tenente-coronel Januário Antônio Edwiges Batista por cinco anos. No último dia 03 de setembro o militar foi promovido ao cargo de coronel. Com a promoção do coronel Januário, a unidade do 4º BPM ficou sob a coordenação do tenente-coronel Jean Araújo de Lima até esta terça-feira (21). 

O 4º Batalhão faz parte do 2º Comando Regional de Polícia Militar de Várzea Grande. A unidade conta com 185 policiais e atua com o policiamento ostensivo e ações preventivas de segurança pública como o projeto ‘4º Bravos Lutas’ que atende 60 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.  

A solenidade de troca de comando do 4º Batalhão vai ser presidida pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Jonildo José de Assis, e pelo comandante do segundo comando regional, Wankley Corrêa Rodrigues.  

Serviço 

Solenidade de troca de comando do 4º Batalhão da Polícia Militar de Várzea Grande  
Data: 21.02.2021 
Horário: 17 h 
Endereço: Senai, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande (MT) 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso