conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil apreende 32 tabletes de pasta base e de cloridrato de cocaína na fronteira

Publicado

Policial


Assessoria | Polícia Civil-MT

Trinta e dois tabletes de pasta base e de cloridrato de cocaína foram apreendidos pela Polícia Civil na tarde de sexta-feira (23.07), na zona rural do município de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a oeste de Cuiabá). A ação integrada está inserida na operação “Hórus Vigia”, deflagrada pelas forças de Segurança Pública na região de fronteira.

Os policiais civis da Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade em conjunto com os militares do Grupo Especial de Fronteira (Gefron), realizavam diligências quando receberam denúncia que na estrada conhecida como “Arrozal” passaria um veículo com certa quantidade de entorpecentes.

Diante das informações os policiais montaram barreiras nas proximidades, sendo que uma equipe de policiais civis passou a noite na região em busca do referido automóvel. Quando no início da tarde de sexta-feira, na Gleba Guaporé, foi avistado um carro modelo Onix passando em alta velocidade e com as mesmas características informadas na denúncia. 

Na ocasião, o condutor do Onix não respeitou a ordem de parada e furou o bloqueio policial. De imediato foi realizado o acompanhamento do automóvel e aproximadamente 1 quilômetro a frente os policiais civis encontraram o Onix abandonado pelo condutor. Foram realizadas buscas na mata para localizar o suspeito, porém sem êxito.

Dentro das quatro portas do veículo foram apreendidos 32 tabletes e mais 6 pedaços de pasta base de cocaína e da substância de cloridrato de cocaína. O carregamento de entorpecentes foi levado junto com o veículo para Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade, e um inquérito foi instaurado para continuidade da investigação e identificação do suspeito. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

PM recupera veículo e mulher confessa ter participado de roubos de carros na capital

Publicado


Policiais do Grupo de Apoio (GAP) do 24 º Batalhão prenderam uma mulher de 25 anos por roubo, extorsão mediante sequestro e porte ilegal de arma de fogo, no último sábado (18.09), em Cuiabá. A suspeita confessou que havia participado de dois roubos a veículos.  

A Polícia Militar foi informada sobre o roubo de um carro HB20 e que o veículo estaria no bairro Nico Baracat. Os policiais foram até o endereço apontado e localizaram o automóvel na Avenida C. 

A mulher que estava com o veículo relatou que estava apenas dando uma volta com carro e alegou que não sabia que o mesmo era produto de roubo. Durante a ocorrência, a mulher entrou em contradição e contou aos policiais que o carro seria de uma amiga, que morava no Jardim Universitário e que estaria indo até a casa do seu irmão na Rua 5 do referido bairro.  

Os policiais foram até o local e a mulher confessou que participou do roubo do veículo e que a arma de fogo utilizada no assalto estava dentro da sua residência. A equipe do GAP localizou o revólver calibre 22 com três munições intactas e mais duas chaves de veículos. A mulher contou que uma das chaves encontradas pela PM era de um outro carro HB20 que teriam roubado no domingo (12.09). 

A suspeita contou que eles teriam rendido a vítima e a levado a vários lugares para conseguir sacar dinheiro e fazer transferências de valores via PIX. A PM deu voz de prisão e a suspeita foi conduzida para a Central de Flagrantes. 

A ocorrência foi entregue para a Polícia Judiciária Civil.  

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Delegacia recebe doações para equipar Núcleo de Atendimento a Vítimas de Violência

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Delegacia de Pontes e Lacerda recebeu da concessionária de saneamento do município a doação de móveis e equipamentos que serão empregados na instalação do espaço de acolhimento para vítimas de violência doméstica e sexual da unidade policial.

A Águas Pontes e Lacerda, empresa do grupo Iguá Saneamento, fez a entrega dos equipamentos na quinta-feira (16.09) ao delegado Marlon Conceição Luz.

Foram doados dois aparelhos de ar-condicionado, dois conjuntos de mesas e cadeiras infantis e um computador. “Em uma das reuniões feitas com a delegada Bruna Laet, ela comentou a respeito desse projeto e nossa diretoria decidiu apoiar a iniciativa, que é muito importante para o município”, ressaltou o especialista em Sustentabilidade da companhia, Homar Capistrano.

O delegado Marlon Luz destacou que a ideia é oferecer um local mais acolhedor e confortável no momento em que as vítimas procuram por atendimento policial. “A nossa preocupação é em abrandar as consequências da violência sofrida por estas mulheres. Com a chegada delas à delegacia, queremos oferecer mais conforto e o sentimento de acolhimento. Sem dúvida, estas doações fortalecem o início deste núcleo, estruturando e proporcionando à sociedade um atendimento mais humano e digno”.

A doação faz parte de uma série de iniciativas que a Águas Pontes e Lacerda tem desenvolvido com o objetivo de auxiliar a comunidade do município.

Com informações da Águas Pontes e Lacerda

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso