conecte-se conosco


Meu Pet

Guia de Raças: Pequinês, um cachorro pequeno, valente e fiel

Publicado

Meu Pet


source
O cãozinho chegou a ser considerado extinto no Brasil
Reprodução/Pixabay

O cãozinho chegou a ser considerado extinto no Brasil

O pequinês tem sua origem na China, ficando bastante popular por volta do século 8. Bastante apreciado pela nobreza da Dinastia Tang, ele era o cachorro oficial do governo por vários anos e, apenas em 1860, cães dessa raça foram levados para o Reino Unido por tropas britânicas que invadiram os muros do Palácio da Cidade Proibida, durante a Guerra do Ópio.

A raça foi reconhecida pelo American Kennel Club apenas em 1906, 16 anos após desembarcar nos Estados Unidos e o cãozinho era muito apreciado também na Europa. No Brasil, os pequineses já foram considerados pets de luxo, durante as décadas de 1970 e 1980. Contudo, por alguns anos, o pequinês chegou a ser considerado extinto no país, devido ao grande número de cruzamentos.

Em junho de 2021, um pequinês chamado Wasabi venceu um dos maiores concursos de beleza canina , realizado em Nova York. 

Pequeno e destemido

O pequinês foi muito popular entre a nobreza na China
Reprodução/Pixabay

O pequinês foi muito popular entre a nobreza na China

Seu porte pequeno não reflete o tamanho de sua coragem e lealdade. Os cães da raça são muito fiéis aos tutores e, geralmente, elegem um ou dois membros da família como seus favoritos. Eles podem ser bem ciumentos, por isso é bom que o tutor socialize bem o animal desde cedo, para que ele aceite bem quando receberem visitas.

O tutor também deve praticar atividades com o cachorro, como passeios regulares, mas é importante ficar atento, pois o pequeno valente pode querer enfrentar outros cães maiores. Apesar de parecer encrenqueiro, o temperamento da raça é considerado calmo. Como a maioria dos animais de estimação, ele se dará muito bem com crianças e outros pets, desde que devidamente socializado. Para seus tutores o pequinês será um grande companheiro, para todos os momentos.

O pequinês também é ideal para quem mora em apartamentos, já que seu temperamento calmo não o tornará um cão destruidor.

Você viu?

Saúde e higiene

Os pelos e olhos desses cães merecem cuidado especifico
Reprodução/Pixabay

Os pelos e olhos desses cães merecem cuidado especifico

A saúde do pequinês é boa, mas isso está longe de significar que o tutor não deva ter cuidados. Problemas como hérnia de disco e luxação de paleta podem afetar o cãozinho. Os olhos desses cachorros também merecem atenção específica, como são saltados, correm um maior risco de lesões e são predispostos à catarata canina. Além disso, os olhos podem ser “ejetados”, o que precisará de atendimento médico urgente, esta condição conhecida como prolapso do globo ocular.

Seus banhos podem ser regulares, de uma a duas vezes por mês. As ruguinhas no rosto do pequinês nunca devem ficar úmidas, por isso é importante atenção redobrada nessas áreas, para ficarem sempre bem sequinhas e sem sujeira. Os pelos devem ser bem escovados , de duas a três vezes por semana, para evitar nós, entre outros problemas.


Fonte: IG PET

Comentários Facebook

Meu Pet

Mulher instala placa de aviso para manter caracóis em segurança

Publicado


source
Uma mulher colocou uma placa de aviso para que caracóis pudessem atravessar em segurança
Tiffany DeLaCruz

Uma mulher colocou uma placa de aviso para que caracóis pudessem atravessar em segurança

Sempre que o clima começa a esquentar ao chegar da primavera e do verão, uma mulher chamada Tiffany DeLaCruz nota que os caramujos começam a surgir ao lado de fora do local onde ela trabalha. Ela adora assistir esses pequenos animais passeando para lá e para cá.

Os pequenos rastejantes sempre a trouxeram bastante alegria. “Estou em Nova York e este ano eles foram lançados no final de abril”, disse contou ao site The Dodo. “Eles parecem ser mais ativos no início da manhã e nos dias quentes e úmidos ou no dia seguinte à chuva”.

O problema é que os caracóis costumam atravessar em um local onde ficam uma escada e uma passarela de acesso, onde pessoas passam o dia inteiro. O risco de um de seus pequenos amigos serem pisados era enorme, e isso a preocupava muito.

“É um local perigoso para um caracol, mas esse é o caminho que eles escolheram e temos que dividir esse espaço com eles”, disse DeLaCruz.

Você viu?

Buscando encontrar uma solução para o problema, ela teve uma ideia bem criativa. No corrimão da escada próxima ao caminho dos caracóis, ela colocou uma plaquinha de aviso que diz “Cuidado: Caracóis Atravessando”, para que todos ali tomassem mais cuidado.

As pessoas passaram a tomar mais cuidado com os pequenos animais
Tiffany DeLaCruz

As pessoas passaram a tomar mais cuidado com os pequenos animais

“Eu queria conscientizar as pessoas de que existem vidas menores entre nós e ficar de olho nelas”, disse DeLaCruz. “Segurança primeiro!”.

Ela conta que desde que colocou a plaquinha, todos os que usam a escada e a passarela passaram a tomar mais cuidado em relação aos caramujos, o que a deixa muito feliz. Ela ama ver os pequenos amigos passando por ali durante os dias de primavera e verão e só queria ter certeza de que eles poderiam se divertir em paz.

Ela simplesmente adora observar os pequenos animais deslizando durante a primavera e o verão
Tiffany DeLaCruz

Ela simplesmente adora observar os pequenos animais deslizando durante a primavera e o verão


Fonte: IG PET

Comentários Facebook
Continue lendo

Meu Pet

Vídeo: cachorro fica preso em porta de elevador e acaba pendurado pela coleira

Publicado


source
Cachorro fica preso em porta de elevador em funcionamento
Reprodução

Cachorro fica preso em porta de elevador em funcionamento

Uma moradora de um prédio no bairro Canto do Forte, em Praia Grande, litoral de São Paulo passou por um momento de desespero nesta última segunda-feira (26). Ela estava saindo para passear com os dois cachorros de estimação, quando um deles ficou preso na porta do elevador e, por pouco, não se enforcou.

Nas imagens, registradas pela câmera de segurança. As imagens só foram compartilhadas pelas redes sociais nesta quinta-feira (29) e é possível ver que a mulher não estava segurando os cães pelas coleiras, que estavam soltas e se arrastando pelo chão. Ela só percebe que a guia de um dos cãezinhos ficou para fora quando o pet já está pendurado a quase um metro do chão.

Segundo informações, moradores ouviram os gritos de socorro da mulher – e do cãozinho – e conseguiram resgatá-lo sem ferimentos. A tutora e o pet passam bem, apesar do grande susto.


Fonte: IG PET

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso