conecte-se conosco


Saúde

Queiroga fala sobre antecipação de vacinas e campanha de imunização

Publicado

Saúde


O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, falou hoje (21), em entrevista ao programa A Voz do Brasil, sobre o andamento do Plano Nacional de Imunização (PNI) e sobre a articulação do governo federal para adiantar doses de vacinas. O ministro também falará sobre a produção de insumo farmacêutico ativo (IFA) e sobre as transferências de conhecimento e tecnologia envolvidas no processo de produção.

Acompanhe ao vivo:

Leia também:

Marcos Pontes pede integração do continente para vencer a pandemia

 O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, afirmou que é necessário um movimento regional no continente para vencer a covid-19. Pontes participou, na manhã de hoje (21), de fórum organizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

» Leia mais

Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou hoje (21), em Brasília, que um avião com 1,5 milhão de doses da vacina contra covid-19, da farmacêutica Janssen, deve chegar ao Brasil às 6h45 de amanhã (22), no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).

» Leia mais

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook

Saúde

Covid-19: Nova York vai pagar US$ 100 para quem for se vacinar

Publicado


source
Covid-19: Nova York vai pagar US$ 100 para quem for se vacinar
Mariana Sanches – @mariana_sanches – Da BBC News Brasil em Washington

Covid-19: Nova York vai pagar US$ 100 para quem for se vacinar

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, anunciou nesta quarta-feira (28) que pagará US$ 100 (cerca de R$ 512) para quem for se vacinar contra a Covid-19 a partir desta sexta-feira (30). Os cidadãos receberão um cartão pré-pago com o valor assim que receberem a dose.

“Os incentivos ajudam imensamente. Acredito que se trata de uma medida muito, muito atraente para os nova iorquinos e terá um impacto importante”, disse De Blasio.

A ideia é voltar a acelerar a campanha de vacinação contra a doença na cidade, que está muito lenta nas últimas semanas. Até o momento, 59% da população local recebeu ao menos a primeira dose e apenas 54% estão completamente vacinados – a aplicação começou ainda em dezembro de 2020.

A preocupação também se estende ao estado de Nova York, que tem números levemente superiores ao da cidade – com 64% na primeira administração e 56% com as doses necessárias. O governador Andrew Cuomo começou conversas com sindicatos para tornar a imunização obrigatória para os trabalhadores.

O temor é a disseminação da variante Delta, que já se espalhou por todo o país e é mais rapidamente transmissível. Nas últimas 24 horas, foram registrados 2.203 casos de Covid-19 em todo o estado, cerca de 275 a mais do que o dia anterior.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Saúde

Covid-19: Rio vacina população adulta jovem da favela da Maré

Publicado


O Rio de Janeiro inicia hoje (29) a vacinação em massa de toda a população adulta jovem, a partir dos 18 anos, do Conjunto de Favelas da Maré, que ainda não recebeu doses da vacina contra a covid-19. A campanha, que termina no próximo domingo (1º), será feita com o imunizante da AstraZeneca, produzido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

A iniciativa  integra estudo inédito da Fiocruz para mapear o impacto da vacinação na população da comunidade, tendo em vista as peculiaridades presentes em territórios de favelas e periferias. Os pesquisadores propõem uma avaliação que vai além do levantamento da efetividade direta das vacinas na proteção contra o vírus e suas variantes. 

A meta é antecipar a vacinação de 31 mil pessoas. Junto com as demais faixas etárias, que, conforme o calendário do município, já tinham recebido a vacina, elas passam a ser monitoradas por grupos de pesquisa. A efetividade da vacina vai levar em consideração os critérios de idade, sexo, tipo de vacina ministrada, tempo de infecção após a vacinação, tempo até a segunda dose, ocorrência de casos graves e prevenção de óbitos.

O pesquisador da Fiocruz e coordenador do estudo, Fernando Bozza, afirmou que é coisa única fazer o estudo em uma área que tem dimensão populacional superior a 96% dos municípios do país. “Aspectos da doença em si, como a dinâmica de transmissão do vírus no território, a vigilância de suas variantes e o acompanhamento de possíveis efeitos adversos das vacinas serão outros pontos abordados pelo estudo, para além da efetividade da vacina, que é o foco principal”, explicou.

Atendimento

Para a vacinação em massa nos quatro dias, a prefeitura do Rio mobilizou também a subprefeitura do local, a Secretaria Municipal de Educação e toda a rede de 45 escolas da Maré, para garantir a mais ampla cobertura vacinal. 

Estarão disponíveis 121 postos de vacinação, incluindo as sete unidades de saúde da comunidade e sedes de associações de moradores. O funcionamento desta quinta-feira a sábado será das 8h às 17h. No domingo, o atendimento vai até as 12h. Pelo menos 1.600 pessoas estão envolvidas.

Os dois primeiros dias serão destinados à vacinação antecipada de adultos jovens entre 18 e 34 anos e, no sábado e domingo, pessoas de outras faixas de idade que ainda não receberam a vacina, bem como a aplicação da segunda dose para quem estiver com o calendário previsto para estes dias. Os pesquisadores estão preocupados com as pessoas que não estão voltando para tomar a segunda dose.

Embora não estejam dentro do público-alvo da imunização, o grupo – composto por crianças e adolescentes – também integra a pesquisa. Segundo o coordenador, é preciso entender se a vacinação em massa da população adulta inibe a circulação do vírus de forma a proteger também as crianças e os adolescentes.

Conexão

O estudo da Fiocruz é um desdobramento de diversas ações de mobilização social que vêm sendo implementadas na comunidade desde junho de 2020 pelo projeto Conexão Saúde-De Olho na Covid. Esse programa é referência no combate à pandemia em favelas e oferece gratuitamente serviços de testagem, telessaúde e apoio no isolamento domiciliar a pessoas com a doença e foi fundamental para o avanço da pesquisa entre os moradores da Maré.

Com a experiência Conexão Saúde, já foram realizados mais de 27 mil testes diagnósticos, entre sorologia e exames de PCR; 10,5 mil consultas de telessaúde, acompanhamento e apoio para o isolamento domiciliar de mais de mil famílias com pessoas que testaram positivo para a covid-19 e ações de comunicação territorial.

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso