conecte-se conosco


CRIME BÁRBARO

Mulher e amante mataram servidor público para ficar com os bens dele

Publicado

Destaque

A mulher e o amante dela foram identificados pela polícia como autores da morte do servidor público Edson Vicente da Costa, de 52 anos, em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, no dia 6 de novembro do ano passado. A prisão dos suspeitos foi decretada nessa quarta-feira (16).
 
As investigações apontaram que a mulher do servidor e o amante dela simularam um assalto para executá-lo, pois queriam ficar com os bens dele. O homem, que é apontado como o executor, teve o mandado de prisão cumprido na manhã desta quinta-feira (17), no sítio dos pais, na zona rural de Santo Afonso – divisa com Tangará da Serra. Já a mulher, investigada por ser a mandante do crime, é procurada pela polícia.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito será interrogado pelo delegado Adil Pinheiro nos próximos dias, na presença do advogado dele.

A defesa da mulher compareceu na delegacia nesta quinta-feira logo após a prisão do amante e disse ao delegado que a suspeita vai se apresentar ainda nesta quinta-feira.

O delegado decretou o sigilo do inquérito devido à repercussão que o caso teve na cidade.

Pressa dos suspeitos

O delegado responsável pelas investigações, Adil Pinheiro de Paula, disse que a pressa da esposa em acessar os bens do servidor após a sua morte chamou a atenção dos policiais.

Segundo o delegado, os únicos dois interessados na morte da vítima foram justamente os suspeitos que tiveram a prisão preventiva decretada.

Os investigadores apuraram que o casal tinha problemas no casamento, mas não tinham a intenção de se separar para evitar a partilha de bens.

A vítima teria feito dívidas para comprar o carro e a casa, e a mulher estava mantendo um caso extraconjugal e queria que o marido deixasse a residência.

Durante as investigações, segundo a polícia, foram ouvidas diversas testemunhas que apontaram que a vítima não tinha inimigos, no entanto, mantinha um relacionamento conturbado com a mulher.

O crime

Edson voltava de um evento político de moto quando foi abordado na garagem de casa por um homem armado, que efetuou vários disparos de arma de fogo, atingindo a vítima nos braços, tórax e cabeça.

Apesar do suspeito ter fugido com a moto do servidor, as investigações demonstraram que a intenção não foi um roubo e sim a execução.

Logo após os tiros, a mulher de Edson foi chamada por vizinhos e encontrou a vítima caída na garagem. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Edson trabalhava como funcionário público de carreira do município. Ele também era advogado, militante político e apaixonado por futebol.

 
Comentários Facebook

Destaque

Várzea Grande confirma retorno das aulas presenciais

Publicado

O secretário de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo Barros, afirmou que o município deve retomar em breve as atividades presenciais na rede municipal de ensino de forma híbrida. A declaração foi dada durante entrevista ao Jornal do Meio-dia, da TV Vila Real.

Debatemos isso profundamente no comitê gestor da Covid. O secretário Silvio está muito comprometido cuidando dessa parte juntamente com a equipe do comitê e com a Secretaria de Saúde, é um critério que vamos procurar implementar todos os sistemas para que seja bem seguro”, disse o secretário.

Gonçalo explicou que além do cumprimento de todas as medidas contra a propagação da Covid-19, para ter acesso à sala de aula o profissional também deverá apresentar o cartão de vacinação.

“Para ter acesso à sala de aula os professores deverão apresentar o cartão de vacina. O que nós precisamos é um padrão de segurança. Essa é uma pauta da educação e devido esse cuidado com a Covid serão adotadas as medidas necessárias para manter a segurança”, acrescentou.

VACINAÇÃO

Em relação à vacinação, o secretário comentou que o município não adotou o sistema de final de fila e aqueles que não conseguiram se vacinar na data marcada podem procurar o ponto de vacinação que receberão a dose do imunizante.

“Nós não temos aquela questão de final de fila, se não compareceu está aberto no seu ponto que você escolheu, compareça no próximo dia vacinação. Nesse momento nós entendemos que temos que oportunizar e não criar barreiras para a imunização”, concluiu.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque

Cuiabá já vacinou 100 mil pessoas contra a Covid-19

Publicado

Cuiabá começou a realizar o agendamento para o público de 40 a 44 anos, dando continuidade à vacinação contra Covid-19.

Cuiabá chegou à marca de 100 mil pessoas imunizadas contra Covid-19. São 102.954 doses aplicadas somando as pessoas que receberam a 2ª dose a as pessoas que receberam a vacina em dose única.

Na semana passada Cuiabá começou a realizar o agendamento para o público de 40 a 44 anos, dando continuidade à vacinação contra Covid-19.

As doses daqueles que faltam à vacinação continuarão a ser agendadas para as pessoas de 18 a 39 anos, de acordo com o percentual correspondente da população da capital.

Para se cadastrar, é necessário entrar no site vacina.cuiaba.mt.gov.br e preencher todos os campos obrigatórios. Deste modo, a pessoa entrará em uma fila de espera virtual. Quando ela for agendada, o sistema do site enviará uma mensagem de WhatsApp automática e/ou um e-mail para a pessoa informando que ela já está confirmada para ir tomar sua vacina.

No dia da vacinação, a pessoa deve levar o QR Code do agendamento impresso, um documento com foto e o comprovante de endereço de Cuiabá. A pessoa também deve estar com o cartão do SUS atualizado.

No caso de vacinação pela categoria profissional, também é preciso apresentar declaração de vínculo funcional. Já no caso das pessoas que se cadastraram pelos grupos de comorbidades ou deficiência permanente grave, além de gestantes, puérperas e lactantes, é preciso apresentar o laudo médico.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso