conecte-se conosco


Cuiabá

Vice-prefeito avalia busca por doses extras de vacinas contra a Covid-19 como uma luta justa

Publicado

Cuiabá


Luiz Alves

Clique para ampliar

O vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa, avaliou como justa e inteligente a atuação do prefeito Emanuel Pinheiro em Brasília, na busca por doses extras de vacinas contra a Covid-19, como contrapartida pela realização da Copa América na Capital. Na última terça-feira (08), o chefe do Executivo municipal entregou ao presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, a solicitação de mais 670 mil doses, visando a imunização em massa da população.

A escolha de Cuiabá como uma das subsedes da Copa América, que será realizada no Brasil, foi feita pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Governo Federal e Governo do Estado de Mato Grosso. Cinco partidas serão realizadas na Arena Pantanal, entre os dias 13 e 28 deste mês. O estádio receberá jogos das seleções da Argentina, Uruguai, Chile, Equador e Bolívia, todos sem a presença de público.

“O prefeito Emanuel Pinheiro foi muito inteligente ao ir à Brasília, não permutar, mas sim reivindicar e trazer para Cuiabá um número maior de doses de vacinas. É uma luta justa, principalmente diante do contexto em que o Município nem foi ouvido sobre a realização do evento. Isso mostra a preocupação que ele tem com os cuiabanos e a responsabilidade de melhorar a saúde da capital mato-grossense como um todo”, comentou.

Veja Também  Posto da Ouvidoria-Geral de Cuiabá é instalado no polo de vacinação Senai Porto

A declaração do vice-prefeito foi dada na quinta-feira (10), durante o lançamento das obras para construção do Sistema de Esgotamento Sanitário Lipa. Na oportunidade, Stopa destacou ainda que a negociação, que também conta com a participação do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (Emanuelzinho), reforça a capacidade de articulação que a gestão do Município tem desenvolvido nos últimos anos.

Conforme lembrado pelo vice-prefeito, esse trabalho de articulação não se restringe à área da saúde. A Prefeitura de Cuiabá mantém ainda tratativas com o Governo Federal para a execução de novas obras estruturantes que melhorem a mobilidade urbana da cidade. Em Brasília, também está em andamento a busca por investimentos que serão aplicados na construção de uma trincheira e dois viadutos na Avenida Miguel Sutil.

“Tanto a busca por novas doses de vacinas quanto por recursos para obras de infraestrutura são vitórias para a população. Essas tratativas são a confirmação da prática do esforço de uma gestão que trabalha incansavelmente por sua cidade, procurando sempre fazer o possível para que o cidadão tenha mais qualidade de vida”, pontua Stopa. 

Veja Também  Cuiabá Prev reforça necessidade de realização de prova de vida e recadastramento bienal dos inativos

Comentários Facebook

Cuiabá

Motoristas do transporte coletivo rodoviário e urbano começam a ser vacinados contra a Influenza

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

A campanha de vacinação contra a Influenza foi liberada para mais um grupo prioritário nesta terça-feira (22). A partir de agora, os motoristas, cobradores e auxiliares do transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso já podem procurar as unidades básicas de saúde do município para receber a dose da vacina da gripe.

Mesmo com a abertura do novo grupo prioritário, continuam sendo imunizadas pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, Forças de Segurança e Salvamento e Forças Armadas, crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, idosos, professores e caminhoneiros.

O coordenador de Programas Estratégicos da Secretaria Municipal de Saúde, Wellington Assunção Ferreira faz um alerta sobre a importância de se vacinar contra a gripe, uma vez que a procura nos postos de saúde está baixa. “Devido à pandemia, grande parte da população só está preocupada em ser vacinada contra o coronavírus, mas as pessoas precisam entender que o vírus da gripe também é perigoso e pode levar ao óbito. Pedimos às pessoas que fazem parte dos grupos contemplados que procurem uma unidade básica de saúde e se vacinem contra a gripe”, disse o coordenador. A vacina protege contra a Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B.

Veja Também  Motoristas do transporte coletivo rodoviário e urbano começam a ser vacinados contra a Influenza

Todos os postos e centros de saúde estão realização a vacinação contra a gripe, com exceção das seguintes unidades: PSF Osmar Cabral / Liberdade, PSF Nova Esperança, PSF Pedra 90 lll e lV e PSF São Gonçalo, na região Sul; PSF Novo Horizonte e CS Ana Poupina, na região Leste; PSF Santa Amália /Jd. Araçá, PSF Santa Isabel I e II e PSF Santa Isabel III, na região Oeste.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Prefeito defende que preferência da população sobre modal de transporte seja respeitada

Publicado


Davi Valle

Clique para ampliar

O prefeito Emanuel Pinheiro voltou a defender a autonomia da população, usuária do transporte coletivo, para que possa ter o direito de escolher qual o melhor modal, o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) ou o Ônibus de Trânsito Rápido (BRT). Segundo o chefe do executivo municipal, a preferência do gestor pode não definir o que é melhor para a população e, daí a importância de realizar um plebiscito para a consulta.

A proposta de convocar a população às urnas para decidir sobre o melhor modal de transporte para a capital e a cidade vizinha Várzea Grande, foi apresentada pelo deputado Federal Emanuel Pinheiro Neto (Emanuelzinho), em audiência pública em fevereiro, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). No último dia 18, o  Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) instaurou um processo para analisar o pedido de plebiscito sobre a escolha entre o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e o Ônibus de Trânsito Rápido (BRT). Em 25 de maio, a Câmara de Cuiabá aprovou a realização com 17 votos favoráveis e três contrários.

“Desde quando era deputado, eu defendi o VLT por considerar mais moderno. Mas agora, como gestor de Cuiabá, eu avalio como primordial ouvir a opinião da população. Se após, a realização do plebiscito ficar definido a preferência pelo BRT, então eu ficarei satisfeito também”, ressaltou Pinheiro.

Veja Também  Motoristas do transporte coletivo rodoviário e urbano começam a ser vacinados contra a Influenza

O prefeito também elogiou a postura do presidente do Tribunal Regional Eleitora (TRE), desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, em assinalar positivamente para a consulta pública. “O presidente do TRE é um democrata por natureza, o homem da lei. Com isso, quem ganha é o povo de Cuiabá”, frisou Pinheiro.

O prazo para a realização do plebiscito é de 90 dias, a partir da aprovação da Câmara de Vereadores e realização da comunicação ao TRE. Ainda não há uma data prevista para quando o legislativo municipal vai colocar o tema em pauta.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana