conecte-se conosco


Mato Grosso

Tijolos recheados de droga e celulares são apreendidos após ronda na Penitenciária da Mata Grande

Publicado

Mato Grosso


Em rondas internas pela Penitenciária Major Eldo de Sá (Mata Grande), em Rondonópolis (215 km de Cuiabá) na manhã desta quinta-feira (10.06), os policiais penais do plantão Bravo apreenderam dois blocos de tijolos em argila que haviam sido lançados pela muralha.

Ao serem quebrados, eles encontram dentro dos tijolos: 500 gramas de substância entorpecente análoga a maconha, 6 cartelas de papéis de seda para uso de cigarro, 8 aparelhos celulares modelo smartphone da marca Samsung, 15 carregadores de celular, 11 fones de ouvido, uma bateria e 19 chips da operadora Vivo.

“A cada dia a criminalidade usa de diferentes artifícios, mas os policiais penais têm demonstrando perícia e proatividade –  souberam identificar e apreender este material ilícito. O sucesso dessas apreensões se deve às várias ações preventivas para coibir que esses materiais ilícitos cheguem aos recuperandos”, destacou o diretor da Mata Grande, Ailton Ferreira.

Desde o ano passado, já foram apreendidos 48 drones na penitenciária. Para evitar que as drogas e celulares cheguem aos presos, foram instaladas tela de pinteiro nos solários das ante-alas, alambrados em toda a unidade penal, cerca no perímetro externo, além da realização de rondas diurnas e noturnas, campana na laje e a vigilância ostensiva dos policiais penais nas torres.

Veja Também  "Estamos entregando títulos esperados há décadas pelas famílias em Mato Grosso", afirma presidente do Intermat
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Hospitais regionais serão construídos em terrenos doados por prefeituras; SES trabalha para lançar editais das obras

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) trabalha para lançar os editais de licitação para construção dos quatro novos hospitais regionais, nas cidades de Alta Floresta, Juína, Confresa e Tangará da Serra. As unidades de saúde serão construídas em terrenos doados pelas prefeituras. 

A Superintendência de Obras da SES-MT explica que para a construção das unidades é feita uma parceria com os municípios, que ficam responsáveis por adquirir o terreno e doa-lo para a gestão estadual, que fará a obra. Além disso, antes da construção, as prefeituras devem fazer a sondagem e a topografia da área.

As cidades onde os hospitais serão construídos foram anunciados pelo governador Mauro Mendes e seguirão um padrão de qualidade e modernização das unidades de saúde.

Os hospitais contarão com 141 leitos de enfermaria e 40 UTIs, entre adultas, pediátricas, neonatal e unidade semi-intensiva neonatal, para atendimento na média e alta complexidade.

As unidades de Saúde também terão 10 consultórios médicos, 2 consultórios para atendimento a gestantes, 6 salas de centro cirúrgico, além de espaços para banco de sangue, banco de leite materno e realização de exames, como tomografia e colonoscopia.

Veja Também  Hospitais regionais serão construídos em terrenos doados por prefeituras; SES trabalha para lançar editais das obras

A previsão é que após a licitação e a definição da empresa que irá tocar cada obra, os hospitais sejam entregues em até 24 meses.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Estado propõe manter adicional aos profissionais da linha de frente por mais 6 meses

Publicado


O Governo de Mato Grosso propôs manter o pagamento da verba adicional aos profissionais da Saúde Estadual que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 por mais seis meses. A continuidade da verba foi aprovada em primeira votação nesta quarta-feira (23.06).

Iniciado com a Lei nº 667 e prorrogado pelas Leis nº 678 e nº 684, o benefício vem sendo mantido desde julho de 2020. Após a segunda votação e aprovação pela Casa de Leis, a verba indenizatória entrará em vigor e passará a valer a partir do mês de julho de 2021.

Até o momento, já foram beneficiados cerca de 4,2 mil servidores da Rede Estadual de Saúde. 

O benefício é destinado especificamente aos servidores que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 em unidades hospitalares, ambulatoriais e finalísticas da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

Contudo, a verba adicional não é fixa e está relacionada à situação de cada profissional junto às unidades. 

O benefício também não é válido para os profissionais contratados e remunerados exclusivamente pelo sistema de plantão, pois o valor a ser recebido é exatamente aquele previsto em edital do Processo Seletivo correspondente.

Veja Também  "Estamos entregando títulos esperados há décadas pelas famílias em Mato Grosso", afirma presidente do Intermat
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas