conecte-se conosco


Policial

Polícia Comunitária entrega computadores para bases comunitárias do 10º Batalhão

Publicado

Policial


As bases comunitárias dos bairros Santa Isabel, Araés e Ribeirão do Lipa, todas na região do 10º Batalhão da Polícia Militar, receberam novos computadores da Coordenadoria Estadual de Polícia Comunitária da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp). A ação ocorreu na terça-feira (08.06). 

A aquisição de novos computadores faz parte do planejamento de melhoria de equipamentos de computação para todas as unidades de segurança pública de Mato Grosso. 

Durante reunião, o coordenador de Polícia Comunitária da Sesp, tenente-coronel PM Sebastião Carlos Rodrigues Silva tratou sobre os trabalhos desenvolvidos nas bases comunitárias e a implantação do projeto Sentinela da Polícia Militar. 

“Este projeto visa aumentar a interação entre policiais militares e moradores da comunidade para juntos aumentarem e tornarem ainda mais eficaz o trabalho da segurança pública, desenvolvendo assim um laço forte e satisfatório a todos”, destacou o coordenador. 

Ele ainda entregou ao comandante do 10º Batalhão, tenente-coronel PM Luís Fernando Oliveira Dias, e aos demais comandantes das bases comunitárias, materiais de expediente e mantimentos para utilização diária dos agentes de segurança pública que atuam nesses espaços. 

Veja Também  Foragido da Justiça é localizado em Nova Xavantina pela Polícia Civil

O tenente-coronel Dias reforçou com os comandantes das bases comunitárias a importância do aporte que tem recebido da Coordenadoria Estadual de Polícia Comunitária e manifestou interesse em desenvolver ações dessa envergadura na área de todo o 10° Batalhão.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook

Policial

Autor de triplo homicídio em garimpo, ocorrido em 2019, é preso no interior de Rondônia

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem indiciado pela Polícia Civil por um triplo homicídio ocorrido há três anos em Aripuanã (1.002 km a noroeste de Cuiabá) foi localizado e preso no último fim de semana, no interior de Rondônia. Ele foi apontado nas investigações sobre o crime como um dos autores dos homicídios de três pessoas de uma mesma família.

O homem de 44 anos foi preso na região do município de Alto Alegre dos Parecis. Policiais militares do município de Rondônia estavam em patrulhamento na zona rural, durante a Operação Narco Brasil, quando abordaram uma camionete conduzida pelo foragido. Em checagem aos dados pessoais nos sistemas de segurança pública foi constatado o mandado de prisão emitido pela Comarca de Aripuanã.

O foragido foi conduzido à Delegacia da Polícia Civil de Alta Floresta d’Oeste, onde foi formalizado o mandado de prisão.

Crime

Em outubro de 2019, as vítimas Matheus Paes Zeferino, 20 anos, Osmir Zeferino, 48 e Klidio Henrique Richieri Ferreira, 26 anos, foram mortas em um garimpo na região do distrito de Conselvan, a aproximadamente 14 quilômetros da cidade de Aripuanã.

Veja Também  PM lamenta o falecimento de capitão da reserva remunerada em Barra do Garças

As equipes policiais encontraram as vítimas dentro de uma camionete modelo Hillux, todas alvejadas com disparos de arma de fogo. No assento do motorista estava Osmir, no banco da frente estava o filho, Matheus e no assento traseiro, Klidio, genro de Osmir.

Em análise no local do crime, a Polícia Civil constatou que as vítimas não tiveram chance de reação e que no momento em que ocorreram os disparos estavam falando com quem cometeu o crime.

Durante apuração sobre o triplo homicídio, a equipe da Delegacia de Aripuanã chegou à identificação de duas pessoas envolvidas no crime, uma delas a que foi presa. Conforme a investigação, o autor do crime teria discutido com as vítimas por causa de uma caixa d’água no garimpo e logo depois ocorreram as mortes.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende integrantes de facção criminosa envolvida com tráfico em Água Boa

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Seis pessoas, entre elas dois adolescentes e uma mulher, integrantes de uma facção criminosa, foram presas pela Polícia Civil na noite de terça-feira (22.06), no município de Água Boa (730 km a leste de Cuiabá).

Na ação foram apreendidas porções de maconha e cocaína, balanças de precisão, mais de R$ 600 em dinheiro, aparelhos eletrônicos, anotações, comprovantes de depósitos bancários, cestas básicas, arma de fogo, entre outros objetos.

Três suspeitos de 23, 19 e 18 anos, e a mulher de 19 anos, foram autuados em flagrante por promover ou constituir organização criminosa, tráfico ilícito de drogas, associação para tráfico, posse irregular de arma de fogo de uso permitido, corrupção de menores e fraude processual.

Os dois menores de 16 anos foram autuados em ato infracional análogo aos mesmos crimes. Um terceiro adolescente de 17 anos responderá por uso ilícito de drogas.

As diligências iniciaram após várias denúncias sobre  o funcionamento de um ponto de venda de droga no bairro Jardim Tropical III. Durante a investigação foi avistado quando dois suspeitos entregaram algo para um usuário.

Veja Também  Mais 40 cestas básicas são doadas em projeto solidário da Polícia Civil em Barra do Garças

Os policiais realizaram a abordagem do suposto consumidor de entorpecentes, sendo localizada com ele uma porção de maconha. Em seguida os policiais civis se aproximaram da casa, onde alguns rapazes ao perceberem a presença da equipe saíram correndo pulando o muro do imóvel.

No local, os investigadores encontraram seis pessoas. Durante buscas na residência foram localizadas várias porções de drogas na sala, nos quartos, no telhado da casa ao lado, diversos celulares, cadernos com anotações referentes as movimentações da organização criminosa, dinheiro, eletrônicos, comprovantes bancários, além de uma arma de fogo encontrada no forro da casa e 29 cestas básicas.

Diante do flagrante, os envolvidos foram detidos e encaminhados até a Delegacia de Polícia de Água Boa junto ao todo material apreendidos. No decorrer dos procedimentos, os policiais receberam informações de três suspeitos que fugiram e retornaram para a residência.

Então os policiais civis voltaram no endereço e ao perceberem as viaturas, eles novamente saíram pulando os muros das residências vizinhas. Um dos suspeitos foi detido no cerco policial.

Os conduzidos foram interrogados e autuados em flagrante e ato infracional respectivamente, por promover ou constituir organização criminosa, tráfico ilícito de drogas, associação para tráfico, posse irregular de arma de fogo de uso permitido, corrupção de menores e fraude processual.

Veja Também  Autor de triplo homicídio em garimpo, ocorrido em 2019, é preso no interior de Rondônia

Após a confecção dos autos, os presos foram colocados à disposição da Justiça. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas