conecte-se conosco


Mato Grosso

SES prepara programação virtual para discutir aleitamento materno e substitutos

Publicado

Mato Grosso


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), por meio da equipe de Promoção do Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável da Coordenadoria de Promoção e Humanização da Saúde, mobilizou atividades para celebrar os 40 anos do Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno, celebrado no dia 21 de maio, Dia Mundial de Proteção do Aleitamento Materno.

Dentre as ações, está o encaminhamento de vídeo educativo para os estabelecimentos comerciais sobre a importância do cumprimento da Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes e Crianças de Primeira Infância, Bicos, Chupetas e Mamadeiras (NBCAL). A atividade é coordenada pela professora e doutora Tatiana Bering, da Faculdade de Nutrição da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com o apoio da SES-MT.

O Escritório Regional de Saúde de Barra do Garças, produziu um vídeo técnico e educativo sobre a importância do monitoramento e da fiscalização do cumprimento da NBCAL, da Lei nº 11.265/06 e do Decreto Federal nº 9.579/18 para profissionais da saúde e fiscais das Vigilâncias Sanitárias dos municípios mato-grossenses.

Veja Também  "O princípio para um casamento duradouro é o respeito", afirma inscrito para o Casamento Abençoado

Conforme a nutricionista e doutora Gláubia Relvas, a iniciativa fortalecerá a importância da atuação desses profissionais para a proteção do aleitamento materno.

Em ação parceira, o Super Mães Grupo de Apoio e a Associação de Doulas de Mato Grosso (Adomato) prepararam uma live para o dia 21 de maio, às 19h30, com o tema “A influência digital no desmame precoce”.

A transmissão ocorrerá por meio do Google Meet. O link da live será divulgado no Instagram dos grupos (@supermaescba e @adomatogrosso). Participarão da atividade a médica Maria Lúcia Futuro, membro do Amigas do Peito do Rio de Janeiro; a nutricionista e professora da UFMT, doutora Tatiana Bering e a também nutricionista e doutora Gláubia Relvas, servidora do Escritório Regional de Saúde de Barra do Garças.

O Núcleo de Apoio ao Aleitamento Materno Exclusivo (Naame) da UFMT do Araguaia, coordenado pela enfermeira e professora mestre Patrícia Fernandes, preparou um material informativo sobre a importância da proteção ao aleitamento materno, para que a população conheça as políticas públicas que protegem a amamentação e entenda como é possível contribuir para o cumprimento da Norma Brasileira. O documento também será enviado aos usuários do SUS.

Veja Também  "Estamos entregando títulos esperados há décadas pelas famílias em Mato Grosso", afirma presidente do Intermat

Em parceria com a SES-MT e com o IBFAN Brasil, o Conselho Regional de Nutricionistas da 1° Região (CRN-1 Jovem MT) organizou uma Roda de Conversa virtual no dia 20 de maio, às 19h, para comemorar o Dia Mundial de Proteção do Aleitamento Materno e os 40 anos do Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno.

Serão abordados temas, como: influência digital, Banco de Leite Humano, rede de apoio e a proteção legal do aleitamento materno. A plataforma de transmissão será comunicada pelo canal do CRN-1 Jovem/MT, no Instagram, pelo @crnjovem1 .

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Hospitais regionais serão construídos em terrenos doados por prefeituras; SES trabalha para lançar editais das obras

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) trabalha para lançar os editais de licitação para construção dos quatro novos hospitais regionais, nas cidades de Alta Floresta, Juína, Confresa e Tangará da Serra. As unidades de saúde serão construídas em terrenos doados pelas prefeituras. 

A Superintendência de Obras da SES-MT explica que para a construção das unidades é feita uma parceria com os municípios, que ficam responsáveis por adquirir o terreno e doa-lo para a gestão estadual, que fará a obra. Além disso, antes da construção, as prefeituras devem fazer a sondagem e a topografia da área.

As cidades onde os hospitais serão construídos foram anunciados pelo governador Mauro Mendes e seguirão um padrão de qualidade e modernização das unidades de saúde.

Os hospitais contarão com 141 leitos de enfermaria e 40 UTIs, entre adultas, pediátricas, neonatal e unidade semi-intensiva neonatal, para atendimento na média e alta complexidade.

As unidades de Saúde também terão 10 consultórios médicos, 2 consultórios para atendimento a gestantes, 6 salas de centro cirúrgico, além de espaços para banco de sangue, banco de leite materno e realização de exames, como tomografia e colonoscopia.

Veja Também  Hospitais regionais serão construídos em terrenos doados por prefeituras; SES trabalha para lançar editais das obras

A previsão é que após a licitação e a definição da empresa que irá tocar cada obra, os hospitais sejam entregues em até 24 meses.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Estado propõe manter adicional aos profissionais da linha de frente por mais 6 meses

Publicado


O Governo de Mato Grosso propôs manter o pagamento da verba adicional aos profissionais da Saúde Estadual que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 por mais seis meses. A continuidade da verba foi aprovada em primeira votação nesta quarta-feira (23.06).

Iniciado com a Lei nº 667 e prorrogado pelas Leis nº 678 e nº 684, o benefício vem sendo mantido desde julho de 2020. Após a segunda votação e aprovação pela Casa de Leis, a verba indenizatória entrará em vigor e passará a valer a partir do mês de julho de 2021.

Até o momento, já foram beneficiados cerca de 4,2 mil servidores da Rede Estadual de Saúde. 

O benefício é destinado especificamente aos servidores que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 em unidades hospitalares, ambulatoriais e finalísticas da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

Contudo, a verba adicional não é fixa e está relacionada à situação de cada profissional junto às unidades. 

O benefício também não é válido para os profissionais contratados e remunerados exclusivamente pelo sistema de plantão, pois o valor a ser recebido é exatamente aquele previsto em edital do Processo Seletivo correspondente.

Veja Também  Dois suspeitos de roubo a cooperativas de crédito são presos após tentarem comprar carro à vista
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas