conecte-se conosco


Policial

Policiais civis recuperam motocicleta que foi vendida a vítima e estava com antigo dono do veículo

Publicado

Policial


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Derfva) recuperaram no fim de semana uma motocicleta modelo Honda Biz que teria sido furtada próximo ao bairro Dom Aquino, na Capital.

A equipe policial realizou pesquisas para checar a origem da motocicleta e localizou outros boletins de ocorrências de furto para o mesmo veículo, sendo dois deles registrados em abril e maio deste ano, um deles feito pelo mesmo comunicante, o que causou estranheza aos investigadores e a suspeita de se tratar de um golpe.

Com as informações em mãos, os policiais mantiveram contato com a vítima que constava em um dos boletins, que informou ter adquirido a motocicleta de seu patrão, que por sua vez a comprou de um ex-funcionário, sendo acertado que ele realizaria a transferência futura para a vítima do boletim que noticiou o furto.

A vítima disse ainda que o ex-dono da moto ligou informando que o veículo havia sido apreendido pela PM e estava no pátio de uma delegacia, contudo, ao checar essa suposta apreensão, os policiais da Derfva não localizaram nenhum registro.

Veja Também  Polícia Civil prende integrantes de facção criminosa envolvida com tráfico em Água Boa

Os policiais então localizaram o endereço do antigo dono da motocicleta e ao chegar ao local foram informados de que ele havia saído de casa em uma motocicleta Honda Biz, com as características da moto que teria sido furtada. Minutos depois, o rapaz apareceu, porém, sem a motocicleta e disse que a deixou estacionada no bairro Alameda, em Várzea Grande.

A equipe da Derfva localizou a motocicleta no local informado e enquanto aguardava o guincho para transportá-la ao pátio da delegacia, a mãe do rapaz apareceu e agrediu verbalmente os policiais e insinuou estavam auferindo vantagem financeira do ex-patrão do filho.

A mulher e o filho foram conduzidos para a delegacia. Após ser apresentada ao delegado plantonista, ela pediu desculpas aos policiais.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Autor de triplo homicídio em garimpo, ocorrido em 2019, é preso no interior de Rondônia

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem indiciado pela Polícia Civil por um triplo homicídio ocorrido há três anos em Aripuanã (1.002 km a noroeste de Cuiabá) foi localizado e preso no último fim de semana, no interior de Rondônia. Ele foi apontado nas investigações sobre o crime como um dos autores dos homicídios de três pessoas de uma mesma família.

O homem de 44 anos foi preso na região do município de Alto Alegre dos Parecis. Policiais militares do município de Rondônia estavam em patrulhamento na zona rural, durante a Operação Narco Brasil, quando abordaram uma camionete conduzida pelo foragido. Em checagem aos dados pessoais nos sistemas de segurança pública foi constatado o mandado de prisão emitido pela Comarca de Aripuanã.

O foragido foi conduzido à Delegacia da Polícia Civil de Alta Floresta d’Oeste, onde foi formalizado o mandado de prisão.

Crime

Em outubro de 2019, as vítimas Matheus Paes Zeferino, 20 anos, Osmir Zeferino, 48 e Klidio Henrique Richieri Ferreira, 26 anos, foram mortas em um garimpo na região do distrito de Conselvan, a aproximadamente 14 quilômetros da cidade de Aripuanã.

Veja Também  Força Tática prende suspeito com maconha em Peixoto de Azevedo

As equipes policiais encontraram as vítimas dentro de uma camionete modelo Hillux, todas alvejadas com disparos de arma de fogo. No assento do motorista estava Osmir, no banco da frente estava o filho, Matheus e no assento traseiro, Klidio, genro de Osmir.

Em análise no local do crime, a Polícia Civil constatou que as vítimas não tiveram chance de reação e que no momento em que ocorreram os disparos estavam falando com quem cometeu o crime.

Durante apuração sobre o triplo homicídio, a equipe da Delegacia de Aripuanã chegou à identificação de duas pessoas envolvidas no crime, uma delas a que foi presa. Conforme a investigação, o autor do crime teria discutido com as vítimas por causa de uma caixa d’água no garimpo e logo depois ocorreram as mortes.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende integrantes de facção criminosa envolvida com tráfico em Água Boa

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Seis pessoas, entre elas dois adolescentes e uma mulher, integrantes de uma facção criminosa, foram presas pela Polícia Civil na noite de terça-feira (22.06), no município de Água Boa (730 km a leste de Cuiabá).

Na ação foram apreendidas porções de maconha e cocaína, balanças de precisão, mais de R$ 600 em dinheiro, aparelhos eletrônicos, anotações, comprovantes de depósitos bancários, cestas básicas, arma de fogo, entre outros objetos.

Três suspeitos de 23, 19 e 18 anos, e a mulher de 19 anos, foram autuados em flagrante por promover ou constituir organização criminosa, tráfico ilícito de drogas, associação para tráfico, posse irregular de arma de fogo de uso permitido, corrupção de menores e fraude processual.

Os dois menores de 16 anos foram autuados em ato infracional análogo aos mesmos crimes. Um terceiro adolescente de 17 anos responderá por uso ilícito de drogas.

As diligências iniciaram após várias denúncias sobre  o funcionamento de um ponto de venda de droga no bairro Jardim Tropical III. Durante a investigação foi avistado quando dois suspeitos entregaram algo para um usuário.

Veja Também  Policiais encerram festa clandestina e prendem quatro pessoas por corrupção de menores em VG

Os policiais realizaram a abordagem do suposto consumidor de entorpecentes, sendo localizada com ele uma porção de maconha. Em seguida os policiais civis se aproximaram da casa, onde alguns rapazes ao perceberem a presença da equipe saíram correndo pulando o muro do imóvel.

No local, os investigadores encontraram seis pessoas. Durante buscas na residência foram localizadas várias porções de drogas na sala, nos quartos, no telhado da casa ao lado, diversos celulares, cadernos com anotações referentes as movimentações da organização criminosa, dinheiro, eletrônicos, comprovantes bancários, além de uma arma de fogo encontrada no forro da casa e 29 cestas básicas.

Diante do flagrante, os envolvidos foram detidos e encaminhados até a Delegacia de Polícia de Água Boa junto ao todo material apreendidos. No decorrer dos procedimentos, os policiais receberam informações de três suspeitos que fugiram e retornaram para a residência.

Então os policiais civis voltaram no endereço e ao perceberem as viaturas, eles novamente saíram pulando os muros das residências vizinhas. Um dos suspeitos foi detido no cerco policial.

Os conduzidos foram interrogados e autuados em flagrante e ato infracional respectivamente, por promover ou constituir organização criminosa, tráfico ilícito de drogas, associação para tráfico, posse irregular de arma de fogo de uso permitido, corrupção de menores e fraude processual.

Veja Também  Dois suspeitos do roubo a cooperativas de crédito no norte de MT são presos pela Polícia Civil

Após a confecção dos autos, os presos foram colocados à disposição da Justiça. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas