conecte-se conosco


Nacional

Live Em Cima do Fato fala sobre a violência no Rio de Janeiro

Publicado

Nacional


source
Live terá um debate sobre a violência no Rio de Janeiro
Arte/iG

Live terá um debate sobre a violência no Rio de Janeiro

Nesta terça-feira (18), a live Em Cima do Fato , da editoria Último Segundo, do Portal iG, às 17h, irá debater sobre a  violência generalizada  no estado do Rio de Janeiro .

Nesta semana, os convidados são a socióloga Carolina Grillho e o ex-secretário nacional de Segurança Pública, José Vicente Filho.

Você poderá acompanhar a transmissão pelo canal do Youtube do iG , e pelas nossas contas no  Twitter e Facebook .

O público também pode enviar perguntas que serão esclarecidas pelos convidados.

Comentários Facebook
Veja Também  VÍDEO: Cão se fere em buscas por Lázaro e é carregado nas costas de policial

Nacional

Homem é preso por assaltar padaria e esfaquear funcionário em BH

Publicado


source
O assaltante foi encaminhado para Central de Flagrantes 4 da Polícia Civil (Ceflan 4)
Reprodução/Google Maps

O assaltante foi encaminhado para Central de Flagrantes 4 da Polícia Civil (Ceflan 4)


Um homem foi preso após assaltar padaria e esfaquear o funcionário na noite dessa terça-feira (22/6), em Belo Horizonte, Minas Gerais. As informações são do Estado de Minas.

A vítima tinha 19 anos, após perseguir o criminoso, ele foi atacado por golpes de faca. O crime ocorreu no início da noite, na Avenida João Samaha, no Bairro São João Batista, Região de Venda Nova. O jovem foi encaminhado ao Hospital Risoleta Neves, onde ficou internado em observação. 

Além da vítima, também estavam na padaria o dono do estabelecimento e outra funcionária. Ambos trabalhavam no caixa de atendimento no momento do assalto.

Você viu?

O criminoso entrou na padaria, tirou o facão da bolsa e anunciou o assalto. Ele pegou uma certa quantia, saiu e voltou para pegar mais dinheiro, segundo uma funcionária. O assaltanta fugiu, e o funcionário o alcançou na Estação do Move Lagoa do Nado, na Pedro I.


A vítima pediu ajuda ao segurança da estação, nesse momento, de acordo com o segurança, o assaltante atacou o jovem com o facão. Policiais, que passavam pelo local, identificaram uma movimentação suspeita e viram o homem sair com facão. Testemunhas contaram que ele teria esfaqueado o rapaz e os policiais militares deram voz de prisão ao homem.

O criminoso também ficou ferido, foi encaminhado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte e de lá foi levado à Central de Flagrantes 4 da Polícia Civil (Ceflan 4). Segundo a PM, o dono da padaria teria imagens da câmera de segurança.  A perícia da Polícia Civil deu início às apurações. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

ONU diz que lei antiterrorista apoiada por bolsonaristas pode silenciar oposição

Publicado


source
Reforma na lei antiterrorista pode silenciar críticos e oposicionistas, alegou a ONU
Vasconcelo Quadros

Reforma na lei antiterrorista pode silenciar críticos e oposicionistas, alegou a ONU

Sete relatores da  Organização das Nações Unidas (ONU) enviaram ao governo Bolsonaro um alerta a respeito da reforma na lei antiterrorista. Segundo o órgão, o PL ameaça criminalizar movimentos sociais e greves, restringir liberdades fundamentais e silenciar críticos e oposição. As informações são do jornalista Jamil Chade.

Documentos sigilosos e confidenciais mostram que, no dia 15 de junho, relatores cobraram explicações a autoridades brasileiros e alertaram para as consequências da aprovação do projeto de lei. O entendimento da organização é a de que o Brasil pode violar o direito internacional e suas obrigações, caso a reforma da lei antiterrorista seja sancionado.

A argumentação brasileira alega que “o progresso dos projetos de lei demonstram a ampla e prolongada discussão sobre assuntos relacionados com o terrorismo contemporâneo”.

Parado desde 2019, o projeto de lei recebeu apoio de aliados do  presidente Jair Bolsonaro nas últimas semanas. Com a possível alteração na legislação, o direito ao protesto seria limitado. A tipificação ampliada de terrorismo autoriza previamente a autorização de operações sigilosas.

Veja Também  Lázaro teria atravessado rio para voltar a mata fechada, acredita a polícia

Você viu?

Relatores expressaram “séria preocupação” com a definição de terrorismo – incluindo opinião, expressão e associação. Há quem defenda que a reforma através do PL poderá remover a proteção aos direitos humanos.

“As mudanças legislativas propostas pelo Projeto de Lei 1595/2019 expandem significativamente o conceito de terrorismo no direito interno. Essa mudança pode levar a uma maior criminalização dos defensores dos direitos humanos, movimentos e organizações sociais, assim como a restrições às liberdades fundamentais”, reiteram os membros da organização mundial.


Procurado, o Itamaraty argumentou que o documento “contém comentários sobre as consequências jurídicas de dois projetos de lei (272/2016 e 1595/2019), ora em tramitação no Congresso Nacional, em matéria de combate ao terrorismo”. E que “após consultas internas, o Itamaraty encaminhou à ONU, em 18 de junho, informações recebidas do Ministério da Justiça e Segurança Pública em resposta à mencionada comunicação”.

Veja Também  Governo diz a Barroso que 72% dos indígenas já estão imunizados contra Covid-19

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana