conecte-se conosco


Saúde

Covid-19: casos sobem para 15,5 milhões e mortes, para 432,6 mil

Publicado

Saúde


O total de casos acumulados de covid-19 subiu para 15.519.525. Em 24 horas, foram confirmadas pelas autoridades de saúde 85.536 novas pessoas infectadas pelo novo coronavírus. 

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil. (14/05/2021). Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil. (14/05/2021).

Situação epidemiológica da covid-19 no Brasil. (14/05/2021). – Divulgação/Ministério da Saúde

Ainda há no país 1.058.542 casos em acompanhamento. O termo é empregado para as pessoas infectadas e com casos ativos de contaminação pelo novo coronavírus.

As informações estão no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado na noite desta sexta-feira (14).

O total de vidas perdidas durante a pandemia subiu para 432.628. Entre ontem e hoje, foram registradas 2.211 novas mortes. 

Ainda há 3.702 óbitos em investigação. Isso ocorre porque há casos em que um paciente morre, mas a causa segue sendo apurada mesmo após a declaração do óbito.

O número de pessoas que se recuperaram da covid-19 desde o início da pandemia ultrapassou os 14 milhões. Com a atualização de hoje, as pessoas nesta condição totalizaram 14.028.355. Isso equivale a 90,4% do total de pessoas que foram infectadas com o vírus.

Estados

O ranking de estados com mais mortes pela covid-19 é liderado por São Paulo (103.493). Em seguida vêm Rio de Janeiro (47.699), Minas Gerais (37.005), Rio Grande do Sul (26.550) e Paraná (24.330). Já na parte de baixo da lista, com menos vidas perdidas para a pandemia, estão Roraima (1.568), Acre (1.608), Amapá (1.610), Tocantins (2.704) e Alagoas (4.462).

Vacinação

Até o momento, foram distribuídos a estados e municípios 83,8 milhões de doses de vacinas contra a covid-19. Deste total, foram aplicadas 51,1 milhões de doses, sendo 34,6 milhões da 1ª dose e 16,4 milhões da 2ª dose.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Veja Também  Covid-19: Vacina cubana tem 92% de eficácia, segundo fabricante

Saúde

Covid-19: novo lote de vacinas da Pfizer chega ao Brasil; confira

Publicado


source
Covid-19: novo lote de vacinas da Pfizer chega ao Brasil; confira
Patrick T. Fallon/Divulgação

Covid-19: novo lote de vacinas da Pfizer chega ao Brasil; confira

O primeiro lote desta semana com vacinas da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19 chegou ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), na noite desta terça-feira (22), com 528.840 mil doses.

Mais duas remessas de vacinas serão feitas ao Ministério da Saúde ainda esta semana, segundo previsão da Pfizer, totalizando 2,4 milhões de doses no período.

A chegada dos novos lotes ocorrerá nos dias 24 e 27 de junho, com 936 mil doses em cada lote, e desembarcará também em Viracopos. Segundo balanço da Pfizer, somadas aos lotes anteriores, mais de 13 milhões de doses terão sido entregues até o final dessa semana.

De acordo com a farmacêutica, as entregas dessa semana fazem parte do acordo firmado em março, que contempla a disponibilização de 100 milhões de vacinas ao Brasil até o final do terceiro trimestre deste ano.

Em maio, o Ministério da Saúde e o laboratório assinaram um segundo contrato que garantiu mais 100 milhões de doses para o país, com previsão de chegada até dezembro de 2021, totalizando a entrega de 200 milhões de doses ao Brasil.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Saúde

Covid-19: Rio de Janeiro busca 78 mil pessoas com vacinação em atraso

Publicado


Cerca de 78 mil pessoas que receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 no município do Rio de Janeiro não retornaram dentro do prazo previsto para tomar a segunda dose. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que tem feito busca ativa dessas pessoas para que completem o esquema vacinal.

Em nota, a SMS reforça que somente com o esquema vacinal completo, de duas doses, é possível garantir a eficácia da imunização.

De acordo com o painel de vacinação da prefeitura, 2.785.177 pessoas tomaram a primeira dose, o que representa 41,3% da população total do município e 52,8% da população adulta. A segunda dose foi aplicada em 975.961 pessoas, o que equivale a 14,5% da população total e 18,5% dos maiores de 18 anos.

A secretaria destaca que as vacinas da AstraZeneca e da Pfizer têm intervalo de 12 semanas entre as duas doses, enquanto a CoronaVac tem período menor, de quatro semanas. Nem todas as pessoas que tomaram a primeira dose estão com a segunda em atraso.

Seguindo o calendário de vacinação, o município do Rio de Janeiro faz hoje (23) a repescagem para os profissionais da educação que não conseguiram ser imunizados nas semanas anteriores. Amanhã podem comparecer aos postos de vacinação as mulheres de 48 anos, na sexta-feira será a vez dos homens dessa idade e no sábado ocorre a repescagem para pessoas a partir dessa mesma idade.

Veja Também  Quem faz festa de aniversário na pandemia têm 30% mais chances de contrair Covid

Também nesta semana, o município vacina as grávidas e as mulheres que tiveram filho há pouco tempo. Independentemente da idade, elas poderão ser imunizadas em qualquer dia da semana. Esta fase do Programa Nacional de Imunização (PNI) abrange as grávidas e puérperas sem comorbidades para a covid-19. Elas receberão a vacina da Pfizer ou a CoronaVac, já que o Ministério da Saúde suspendeu a aplicação da AstraZeneca/Fiocruz nesse grupo.

Na próxima semana, dias 28, 29 e 30 de junho, serão vacinadas as pessoas com 47 anos. Em julho serão contempladas as pessoas entre 46 e 38 anos e em agosto, entre 37 e 18 anos, sempre respeitando o escalonamento por idade e sexo. Setembro começa com meninas de 17 anos no dia 1º e meninos de 17 anos no dia 2, seguindo até o dia 15 de setembro, quando ocorre a repescagem para todos os adolescentes a partir de 12 anos.

Distribuição

A Secretaria Estadual de Saúde conclui hoje (23) a distribuição de 1,06 milhão de doses da vacina AstraZeneca contra a covid-19, destinadas à aplicação da segunda dose.

Veja Também  Brasil ultrapassa Índia na média móvel diária de mortes por Covid-19

Rio de Janeiro, Niterói e Volta Redonda já buscaram seus imunizantes ontem. A distribuição para os outros 89 municípios será feita por caminhões e vans ao longo desta quarta-feira.

A secretaria pede à população que retorne aos postos de saúde nos dias indicados, receba a segunda dose e complete a eficácia da vacina.

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana