conecte-se conosco


Cuiabá

Trabalhadores da saúde começam a receber vacina contra Influenza nesta quarta-feira (5)

Publicado

Cuiabá


Luiz Alves

Clique para ampliar

Trabalhadores da saúde começarão a ser vacinados contra os três tipos de Influenza (Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B) nesta quarta-feira (5), em todas as unidades básicas de saúde, com exceção de alguns locais onde não há condições de fazer a separação entre os pacientes com suspeita de Covid-19 e os que vão ser vacinados (veja lista das exceções abaixo).

Mesmo com o novo público-alvo, os grupos compostos por crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas continuam sendo atendidos. A previsão é que a campanha aconteça até o dia 9 de julho.

A secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix, destaca que toda uma estrutura foi montada nas unidades de saúde, com tendas para triagem dos pacientes para garantir que pessoas saudáveis e que podem se vacinar não se misturem com pessoas com suspeita de covid-19 e pede que a população convocada para a vacina contra a Influenza compareçam para se imunizar. “A Influenza é uma doença que tem características muito parecidas com as da covid-19 e também pode levar à hospitalização. Então, é muito importante que as pessoas se vacinem, principalmente neste momento de pandemia. Percebemos que a procura pela vacina da gripe tem sido aquém do esperado, talvez pelo medo das pessoas de estarem indo até às unidades e terem contato com pessoas doentes, mas queremos reforçar que estamos tomando todas as medidas para garantir a segurança dos nossos usuários do SUS”, disse.

Veja Também  Dia da Família é lembrado com palestra aos beneficiários do programa Criança Feliz

As unidades que NÃO terão vacina contra a gripe são: PSF Osmar Cabral / Liberdade, PSF Nova Esperança, PSF Pedra 90 lll e lV e PSF São Gonçalo, na região Sul; PSF Novo Horizonte e CS Ana Poupina, na região Leste; PSF Santa Amália /Jd. Araçá, PSF Santa Isabel I e II e PSF Santa Isabel III, na região Oeste.

Saiba quem se enquadra como trabalhador da Saúde

Estão inclusos na 23ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza todos os trabalhadores da saúde dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade. Os trabalhadores da Saúde são aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. Assim, compreende tanto os profissionais da saúde – como médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares – quanto os trabalhadores de apoio, como recepcionistas, seguranças, pessoal da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros, ou seja, aqueles que trabalham nos serviços de saúde, mas que não estão prestando serviços diretos de assistência à saúde das pessoas. 

Veja Também  Cuiabá passa para o risco moderado; taxa de ocupação de ‘UTI Covid’ cai para menos de 45% nesta quarta (12)

Incluem-se, ainda, aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares como os cuidadores de idosos e doulas/parteiras. A vacina também será ofertada aos estudantes da área da saúde que estiverem prestando atendimento na assistência dos serviços de saúde.

Comentários Facebook

Cuiabá

Grupo de 45 a 49 anos com comorbidades começa a ser vacinado a partir desta quinta-feira (13)

Avatar

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

Pessoas de 45 a 49 anos com comorbidades que já estão cadastradas no site começarão a ser vacinadas a partir desta quinta-feira (13), em Cuiabá. Assim como fez com o grupo de 50 a 54 anos, a Secretaria Municipal de Saúde – SMS decidiu antecipar este grupo prioritário devido ao baixo número de cadastramentos de pessoas com comorbidades no sistema.

“Acreditamos que o baixo número de cadastramentos no site esteja ocorrendo porque as pessoas estão tentando conseguir o laudo médico comprovando a comorbidade antes de se cadastrarem. Para agilizarmos a vacinação, decidimos começar a partir desta quinta a vacinar o grupo de 45 a 49 anos já cadastrados”, comentou a coordenadora da campanha de vacinação, Valéria de Oliveira.

Outro motivo desta antecipação é a vacina da Pfizer, que tem características peculiares e precisa ser aplicada de maneira mais célere. “As doses estão guardadas a -20 graus e ela pode ficar até 14 dias nessa temperatura. Após sair deste freezer ela pode ficar guardada entre 2 e 8 graus durante cinco dias. Estamos buscando diariamente apenas as doses para aplicação para cada dia, para evitar desperdício de vacinas. Precisamos usar cada remessa da Pfizer em até 14 dias, por isso foi preciso ampliar o grupo prioritário neste momento”, explicou a coordenadora.

Veja Também  Profissionais de Cuiabá relatam rotina na pandemia e amor pela enfermagem

A partir desta quinta-feira (13) serão vacinados:

– Pessoas com Síndrome de Down, a partir de 18 anos;

– Gestantes e puérperas com comorbidades, a partir de 18 anos;

– Pessoas com comorbidades de 45 a 59 anos;

– Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 45 a 59 anos.

ATENÇÃO: As pessoas que se cadastraram no site e que fazem parte dos grupos contemplados (45 a 59 com comorbidades, gestantes e puérperas a partir de 18 anos com comorbidades, Síndrome de Down a partir de 18 anos e pessoas com deficiências permanentes a partir de 45 anos) devem entrar no site da vacinação no período noturno e consultar o cadastro para verificar se a agenda está disponível. No dia da vacinação a pessoa deve levar o QR Code do agendamento impresso, juntamente com o laudo impresso OU a declaração de comorbidades assinada e carimbada pelo médico, pois estes documentos serão retidos no registro. Também é necessário levar um documento com foto e o comprovante de endereço de Cuiabá.

Veja Também  Cuiabá passa para o risco moderado; taxa de ocupação de ‘UTI Covid’ cai para menos de 45% nesta quarta (12)

PRÉ CADASTRO PARA NOVO GRUPO

O cadastro para o grupo de 40 a 44 anos com comorbidades será aberto na noite desta quarta-feira (12) no site vacina.cuiaba.mt.gov.br. As pessoas dessa faixa etária que possuem doenças contempladas na lista disponibilizada pelo Ministério da Saúde (encontrada no site da vacinação) poderão fazer o cadastro, devendo prestar bastante atenção na hora de escolherem o grupo de risco. Neste momento apenas o cadastramento estará aberto, posteriormente a agenda para este grupo será liberada. Também poderão se cadastrar gestantes e puérperas sem comorbidades. A Prefeitura divulgará em todos seus canais de comunicação quando a vacinação destes grupos estiver liberada.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Segunda dose da vacina Coronavac passa a ser aplicada somente no Centro de Eventos e UFMT

Avatar

Publicado


Gustavo Duarte

Clique para ampliar

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SM), informa que a partir desta quinta-feira (13), a segunda dose da vacina Coronavac será aplicada somente nos polos do Centro de Eventos do Pantanal, de maneira presencial e UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), no modelo Drive Thru.

A medida foi tomada pela SMS para ter mais controle dos grupos dos trabalhadores da saúde, idosos de 65 a 69 anos e das Forças Armadas, que ainda estão em aguardo pela segunda dose do imunizante, devido a necessidade de novo reagendamento, após a tentativa de fraude no sistema de cadastramento, por pessoas residentes de outros municípios, que tentavam receber a 2ª dose do imunizante na Capital.

Diante disso, A secretaria reforça que as pessoas que já estão com agendamento marcado no cartão, acessem  o site https://vacina.cuiaba.mt.gov.br/ e imprima o novo QR Code para comprovação, antes de se dirigir ao polo de vacinação. É necessário atenção com a nova data, a fim de evitar congestionamentos no trânsito da capital e aglomeração nos polos.

Veja Também  Stopa comemora resultado apresentado pelo viaduto Murilo Domingos: "Nossa conquista é ver a população satisfeita"

Outro motivo para as mudanças no calendário de vacinação é a logística de aplicação das vacinas da Pfizer. Com a chegada de mais uma remessa deste imunizante, que tem um prazo pequeno para ser aplicado, a prioridade neste momento é dar vazão a estas doses, para que não se corra o risco de perdas.

Cadastro e agendamento

As pessoas que se cadastraram no site e que fazem parte dos grupos contemplados (50 a 59 com comorbidades, gestantes e puérperas a partir de 18 anos, Síndrome de Down a partir de 18 anos e pessoas com deficiências permanentes a partir de 50 anos) devem entrar no site da vacinação no período noturno e consultar o cadastro para verificar se a agenda está disponível.

No dia da vacinação a pessoa deve levar o QR Code do agendamento impresso, juntamente com o laudo impresso OU a declaração de comorbidades assinada e carimbada pelo médico, pois estes documentos serão retidos no registro. Também é necessário levar um documento com foto e o comprovante de endereço de Cuiabá.

Veja Também  Gestão Emanuel Pinheiro: Viaduto Murilo Domingos garante total fluidez do trânsito; veja fotos 

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana