conecte-se conosco


Policial

PRF realiza a Operação Dia do Índio em Primavera do Leste/MT

Publicado

Policial


A Polícia Rodoviária Federal iniciou, na manhã da última quarta (14), a Operação Dia do Índio e garantiu a trafegabilidade na BR-070, em Primavera do Leste/MT. As ações tiveram como objetivo garantir o direito de ir e vir dos usuários da rodovia, coibindo bloqueios por parte de indígenas da região para a cobrança ilegal de “pedágio”.

As equipes intensificaram o patrulhamento, especialmente no trecho entre o km 200 e Km 240, onde, em alguns anos, indígenas bloquearam o tráfego, condicionando a passagem ao pagamento de uma espécie de pedágio. A prática ilegal acontece em razão do Dia do Índio, comemorado na última segunda (19), sob justificativa de arrecadar dinheiro para as festividades nas aldeias.

 A operação que se encerrou a 00 hora de terça (20), foi realizada em conjunto com a Polícia Federal (PF). O efetivo empregado foi de 107 agentes de Segurança Pública, sendo 87 PRFs e 20 PFs. Para compor o grupo, participaram policiais de Mato Grosso, São Paulo, Brasília, Goiás, Rondônia, e Minas Gerais, além dos Grupos Especializados do PRF (Choque e Divisão Aérea), contando ainda com um Helicóptero para o amplo patrulhamento.

Veja Também  Criminosos que combinavam programa para roubar vítimas são presos em flagrante pela Polícia Civil

 As atividades de rondas e fiscalizações foram iniciadas já na tarde de quarta (14), a fim de atuar previamente a qualquer tentativa de obstrução da via. Durante todos os dias de operação, o trabalho foi constante, e era observada por pequenas concentrações de índios, os quais apoiavam o trabalho do polícia.

 Nenhuma ocorrência grave foi registrada e o Grupo de Choque não precisou ser acionado para além do trabalho preventivo.

 A PRF tem realizado várias ações com os grupos indígenas, assim aumentando o respeito confiança com as tribos, um exemplo disso foi que, durante todo o período da operação, a PRF realizou entregas de mantimentos, arrecadados com a sociedade da região, para várias aldeias locais.

 Mantendo o trabalho amplo da PRF, e não esquecendo da criminalidade, umas das equipes que compuseram a operação, identificou um veículo suspeito na região, e após abordagem e busca, foram encontrados 47 Kg de Pasta Base de Cocaína escondida na lataria do veículo. (Notícia completa sobre essa apreensão em https://www.gov.br/prf/pt-br/noticias/estaduais/mato-grosso/prf-apreende-47-quilos-de-pasta-base-de-cocaina-em-campo-verde-mt .

 PRF Excelência em Segurança Pública

Veja Também  Polícia Civil apreende autor de roubo com restrição de liberdade cometido contra adolescente em Tangará da Serra
Fonte: PRF MT

Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil apreende autor de roubo com restrição de liberdade cometido contra adolescente em Tangará da Serra

Avatar

Publicado


Camila Molina/Polícia Civil-MT

O menor identificado como um dos autores do roubo com restrição de liberdade da vítima, cometido contra o filho de um empresário em Tangará da Serra (239 km a médio norte de Cuiabá) foi apreendido pela Polícia Civil, no final da tarde desta sexta-feira (14.05), durante diligências ininterruptas para esclarecimento do crime

O adolescente de 17 anos foi reconhecido pela vítima como um dos envolvidos no roubo e foi apreendido durante cerco policial na bairro Jardim Shangri-lá.

O crime ocorreu na quarta-feira (12), quando a  vítima retornava da escola, conduzindo um veículo Volkswagen Polo e foi abordada por dois suspeitos em uma motocicleta, no momento em que reduziu a velocidade para entrar em sua casa.

Na ocasião, o suspeito que estava na garupa da motocicleta, desceu em posse de uma arma de fogo rendendo a vítima e assumindo a direção do veículo Polo. A vítima foi levada junto ao suspeito.

Assim que foram acionadas, as equipes da Polícia Civil e Polícia Militar iniciaram as diligências para localizar a vítima. Durante as buscas na zona rural do município na comunidade conhecida como Bezerro Vermelho, os policiais localizaram na noite de quarta-feira o veículo da vítima, fora da estrada e com avarias.

Em continuidade as diligências, os policiais encontraram a vítima em uma região de mata, próxima ao Distrito de Progresso, na MT-358. O adolescente foi entregue a família sem lesões corporais.

Veja Também  PRF encontra dois indivíduos com mandado de prisão em aberto

Investigação e apreensão do suspeito

Desde que tomou conhecimento dos fatos, a Polícia Civil já vinha trabalhando com a hipótese de participação de dois suspeitos, já conhecidos do meio policial. Na delegacia, a vítima foi ouvida e fez o reconhecimento fotográfico do adolescente como um dos autores do crime, confirmando as suspeitas da equipe policial.

Com a informação, os policiais intensificaram as buscas pelo suspeito que a todo momento trocava de endereço para escapar de uma possível abordagem policial, inclusive conseguindo fugir dos policiais em uma tentativa de abordagem anterior, também no bairro Jardim Shangri-lá.

No final da tarde desta sexta-feira (14), os policiais receberam novas informações de que o suspeito havia retornado para o bairro e montaram uma operação para realizar a apreensão do menor. Ao perceber a presença dos policiais, o adolescente tentou fugir pelos quintais das casas, porém acabou detido durante o cerco.

Três pessoas que estavam nas imediações no momento da apreensão e que tem amizade com o suspeito foram conduzidas para prestar esclarecimentos, sendo ouvidos e liberados. Apenas dos menores conduzidos responderá a Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de droga.

Tipificação

Segundo o delegado, Adil Pinheiro de Paula, o adolescente que teve o envolvimento identificado no roubo, ficou todo momento com a vítima, sendo o responsável por realizar a abordagem, indo com ela em direção à Nova Olímpia e ficando escondido na região de Novo Progresso.

Veja Também  Em abordagem, policiais descobrem oficina com motocicletas adulteradas e queixa de roubo

“O caso está sendo tratado como roubo com restrição de liberdade da vítima, uma vez que não houve o pedido de resgate, não caracterizando assim o sequestro. Informações preliminares indicam que os suspeitos tiveram um desentendimento, pois um queria pedir o resgate pela vítima e o outro queria apenas roubar o veículo”, disse o delegado.

Diante das evidências, o delegado representou pelo pedido de internação do adolescente pelo ato infracional de roubo com restrição de liberdade da vítima, que foi deferido pela Justiça.  O menor poderá ficar até cinco dias na Delegacia de Tangará da Serra aguardando a vaga no sistema socioeducativo.

As investigações seguem em andamento para prender o segundo envolvido no crime já identificado pela Polícia Civil.

O delegado-geral, Mário Derveval, parabenizou a equipe de Tangará da Serra pela rápida e brilnhante atuação no caso, que tirou de circulação um suspeito que apesar de ainda ser menor de idade, já pode ser considerado de alta periculosidade.

“A equipe está de parabéns pelo trabalho de investigação e campanas, que resultaram na apreensão do adolescente infrator. Esperamos que com a detenção do suspeito e em breve do seu comparsa, livrar a sociedade desse tipo de pessoas comprometidas com crimes tão graves”, disse o delegado-geral.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Quatro integrantes de associação criminosa envolvida em estelionato são presos pela Polícia Civil em Cuiabá

Avatar

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Quatro pessoas suspeitas de integrar uma associação criminosa envolvida em estelionato foram presas em flagrante pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (14.05), após serem identificados pelos policiais da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) no momento em que tentavam sacar o dinheiro do golpe.

As investigações iniciaram após a equipe da GCCO ser informada sobre uma mulher que estava tentando sacar um alto valor em uma agência bancária na Capital. Segundo as informações, o dinheiro era oriundo de um golpe aplicado horas antes contra uma vítima de Lucas do Rio Verde, que teve R$ 25 mil subtraídos de sua conta corrente.

O golpe ocorreu por volta das 10 horas, quando a vítima recebeu uma ligação de uma pessoa, que se identificou como agente de segurança de uma cooperativa bancária, afirmando que precisava de dados pessoais, uma vez que tinham tentando acessar a conta do cliente por outro aparelho celular.

Durante a conversa, o estelionatário pediu que a vítima entrasse no aplicativo do banco e enviasse um código que chegaria em seu celular. Após o envio, o suspeito conseguiu acessar a conta da vítima e fazer uma transferência no valor de R$ 25 mil para outra conta da mesma cooperativa.

Veja Também  PRF em Rondonópolis apreende menor transportando 12 kg de maconha

A equipe de investigadores da GCCO foi acionada por volta das 15 horas de que uma mulher estava tentando sacar um alto valor em dinheiro em uma agência bancária. Os policiais realizaram a abordagem da suspeita, que confessou estar ali para sacar a quantia proveniente de golpe e indicou outras pessoas envolvidas no esquema, entre elas seu marido.

Em continuidade às diligências, o suspeito foi detido e disse que o dinheiro seria entregue para outras duas pessoas responsáveis por organizar o golpe. O segundo casal foi preso no momento em que chegou à casa dos suspeitos para buscar o dinheiro que eles acreditavam já estar com os comparsas.

Diante das evidências, os três suspeitos foram conduzidos à GCCO, onde após serem interrogados foram autuados em flagrante por estelionato e organização criminosa.

A apuração do crime e prisão dos envolvidos contou com apoio da Delegacia de Lucas do Rio Verde e da Gerência Estadual de Polinter e Capturas. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana