conecte-se conosco


Economia

Justiça suspende compra de passagens aéreas pelo Ministério da Economia

Publicado

Economia


source
Ao todo, Ministério pediu a emissão de 100 mil bilhetes em dois anos
Agência Brasil

Ao todo, Ministério pediu a emissão de 100 mil bilhetes em dois anos

A Justiça Federal do Distrito Federal suspendeu um contrato que previa compra de passagens aéreas para o Ministério da Economia . Ao todo, o contrato tem valor de R$ 341,2 milhões para a emissão de bilhetes por dois anos. A informação foi publicada pelo UOL e confirmada pelo iG .

De acordo com a juíza Ivani Silva da Luz, da 6ª Vara Federal do DF, faltou transparência da pasta econômica nos valores da licitação. O contrato assinado com companhias aéreas, prevê desconto de 3% nas emissões de passagens, que custam, em média, R$ 3 mil. A suspeita é um primeiro edital, que previa descontos de 15% por bilhete das companhias Azul, Gol e Latam.

A magistrada questiona a redução dos descontos oferecidos na licitação e solicitou esclarecimentos sobre as mudanças no contrato e impactos aos cofres públicos.

“Se partirmos do princípio de que o percentual de 15% de desconto inicialmente estabelecido/imposto pelo Ministério da Economia era o mínimo para que fosse viabilizada economicamente a mudança do modelo de agenciamento para a contratação direta, segundo estudos de ordem técnico-econômica preliminares (parto, nesse caso, do princípio de que tenham sido feitos), o que justifica sua redução ao patamar de 3% (três por cento), num curto espaço de menos de 2 meses?”, questiona a Ivani.

Veja Também  Número de fusões e aquisições em 2021 supera 2020

Você viu?

“A autoridade gestora do Ministério da Economia responsável pela condução do processo de credenciamento de companhias aéreas agiu de forma arbitrária, ou ao menos descuidada, sob o ponto de vista da economicidade, ao aceitar a queda substancial do desconto pela aquisição de passagens aéreas”, ressaltou.

A medida valerá até a emissão de um parecer do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre a compra das passagens.

Em nota, o Ministério da Economia disse que foi notificado, mas que não pode comentar o assunto. A pasta ressaltou a facilidade de negociar preços diretamente com empresas aéreas e não com agências de turismo, como era feito anteriormente. O Ministério ainda rebateu o questionamento da juíza e afirmou não ter reduzido 80% do desconto previsto no edital.

“Não é correto afirmar que houve redução de 15% para 3% uma vez que, no modelo intermediado pelas agências de viagens, não havia desconto. Portanto, saímos de 0% para no mínimo 3% para todas as classes tarifárias, incluindo as promocionais, como desconto oferecido logo “de cara” pela companhia aérea”, diz a nota.

Veja Também  Bolsonaro aprova redução de 13% para 10% de biodiesel na mistura do óleo diesel

Comentários Facebook

Economia

Número de fusões e aquisições em 2021 supera 2020

Avatar

Publicado


source
Número de fusões e aquisições em 2021 supera 2020
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Número de fusões e aquisições em 2021 supera 2020

O mercado de fusões e aquisições está em alta. Segundo dados da Bloomberg, o primeiro trimestre deste ano acumulou um recorde de US﹩ 1,1 trilhão em negócios firmados no mundo todo. Foi o melhor começo de ano para o setor desde 1998.

Um levantamento da empresa de consultoria Alvarez & Marsal também confirma esse cenário promissor para M&A. No primeiro trimestre houve um aumento de 26% no número de transações em relação à média trimestral de 2020. A expectativa é que em todo o ano de 2021 o número de processos de M&A cresça 25%.

Fusões e Aquisições

As startups não ficaram de fora desse boom em fusões e aquisições. Segundo um estudo da Distrito, foram registradas 77 operações somente no começo deste ano. Em todo o ano de 2020, foram realizados 100 processos de fusões e aquisições, o que mostra que 2021 poderá superar esse número.

Veja Também  Guedes reafirma interesse em aprofundar parceria comercial com EUA

Comentários Facebook
Continue lendo

Economia

IRPF 2021: BS2 dá 8 dicas de como declarar seus investimentos

Avatar

Publicado


source
IRPF 2021: BS2 dá 8 dicas de como declarar seus investimentos
Redação 1Bilhão Educação Financeira

IRPF 2021: BS2 dá 8 dicas de como declarar seus investimentos

Apesar de um ano marcado por forte volatilidade do mercado financeiro, muitas pessoas começaram a investir em 2020. Somente na Bolsa de Valores , houve um aumento de 92% no número de investidores, ou seja, mais de 1,5 milhão de novas contas de pessoas físicas.

O que muitos não sabem é que esse e outros tipos de investimentos realizados no último ano precisam constar na declaração anual do Imposto de Renda Pessoa Física , que deve ser finalizada e enviada para a Receita Federal até as 23h59 do dia 31 de maio de 2021.

Confira a reportagem completa aqui

Comentários Facebook
Veja Também  Adolescente recebe R$ 10 mil de indenização após sofrer com o trabalho infantil
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana