conecte-se conosco


Policial

Homem é preso por injuria e ameaça em Rondonópolis

Publicado

Policial


Um homem de 47 anos foi preso na noite desta terça-feira (13.04), por injuria, ameaça e desacato, no bairro Jardim Esmeralda, em Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá).

A equipe do 5º BPM foi acionada via 190 e, ao chegar ao local, um hotel, foi informada pela equipe do estabelecimento que o homem que é hospede teria ofendido com palavras preconceituosas a cozinheira do estabelecimento.

Logo em seguida, quebrou garrafas de cerveja e entrou no quarto de outro hospede e se recusava sair. Ele ainda teria xingado outra hospede e ofereceu dinheiro a recepcionais para ter relações com ela.  

Rendido, o homem também ofendeu e ameaçou os policiais. Foi necessário o uso de algemas devido à resistência. Ele foi entregue na delegacia da cidade.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Também  PRF realiza prisões por embriaguez durante fim de semana
Fonte: PM MT

Comentários Facebook

Policial

Autores de latrocínio de idosos são autuados em flagrante e Polícia Civil representa por prisão preventiva de dupla

Avatar

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Dois suspeitos do roubo seguido de morte cometido contra um casal de idosos no final de semana, no município de Brasnorte (579 km a noroeste de Cuiabá) foram presos em flagrante nesta segunda-feira (17), após diligências ininterruptas realizadas pela Polícia Civil e Polícia Militar.

Um dos suspeitos foi localizado na manhã desta segunda-feira pela Polícia Militar. O segundo foi preso horas depois por uma equipe da Polícia Civil de Brasnorte e entregou a arma utilizada no crime, uma foice.

As vítimas Ilza Dutra Bragança, de 73 anos, e seu esposo, José Januário Bragança Filho, de 74 anos, foram mortas a golpes de foice na noite de sábado para domingo, enquanto dormiam, na chácara localizada a 11 quilômetros da cidade. Uma das vítimas foi encontrada no sofá e a mulher foi estava deitada em um colchonete.

Da casa foram levados objetos pessoais, uma quantia em dinheiro e a camionete do casal, uma Chevrolet S10. A filha do casal foi quem encontrou os pais mortos. Para entrar na casa, ela precisou arrombar a porta da sala da residência e em seguida, acionou a Polícia Militar.

Veja Também  Depois de descumprir medida protetiva reiteradas vezes, homem é preso pela Polícia Civil

Assim que tomou conhecimento do crime ocorrido na manhã de domingo, a equipe da Delegacia da Polícia Civil acionou a Politec e seguiu para a chácara das vítimas a fim de coletar as informações e realizar as perícias necessárias.

Com base nos indícios coletados, os policiais civis iniciaram as diligências junto com a PM. com a informação de que a camionete estava com pouco combustível, a Polícia Civil realizou buscas em postos da cidade e recebeu a informação de que um veículo com as características do que foi roubado foi abastecido em um estabelecimento. Com essa indicação, os policiais chegaram à característica de um dos suspeitos.

Na tarde de domingo, a camionete das vítimas foi localizada próxima a uma cerâmica da cidade e dentro continham objetos pessoais e documentos de Ilza Bragança.

Dando continuidade às buscas conjuntas, na manhã desta segunda-feira, os policiais militares localizaram um dos suspeitos. O segundo foi preso à tarde pelos policiais civis e entregou a arma usada no crime, uma foice. Foi recuperada ainda uma espingarda levada das vítimas.

Veja Também  PRF e INDEA apreendem cargas de madeira que somam mais de 145 m³ em Barra do Garças/MT

O delegado Heberth Hugo Montenegro informou que ambos admitiram que a dupla foi até a chácara com o intuito de roubar bens, pois sabia que as vítimas guardavam dinheiro na residência. Os dois foram autuados em flagrante por roubo seguido de morte e serão apresentados em audiência de custódia da Justiça.

O delegado de Brasnorte encaminhou ao Poder Judiciário a representação pela prisão preventiva dos suspeitos.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Quatro pessoas são presas por tráfico, estelionato e golpes pela internet

Avatar

Publicado


Policiais do Batalhão Rotam prenderam quatro suspeitos adultos e apreenderam um adolescente, de 16 anos, pelos crimes de tráfico, estelionato e direção perigosa. As prisões ocorreram no bairro Pedregal, após perseguição que começou no bairro Santa Cruz, em Cuiabá.

A equipe Rotam fazia patrulhamento tático pelas ruas do Santa Cruz quando avistou um veículo modelo Corolla, de cor prata, saindo de uma casa com dois homens (de 23 e 29 anos). Ao dar ordem de parada, o condutor arrancou em alta velocidade seguindo na direção da Avenida Archimedes Pereira Lima (Estrada do Moinho), sendo possível interceptá-los no Pedregal.

Com um dos ocupantes os policiais apreenderam R$ 600, além de quatro aparelhos de telefone e seis chips de celular de diferentes operadoras. Continuando a ação, os policiais retornaram ao endereço de onde os suspeitos haviam saído, descobrindo que no local funcionava uma central de golpes aplicados pela internet. Nessa “central” havia três suspeitos, entre os quais o adolescente de 16 anos e outros dois de 22 e 23 anos.

Veja Também  Dupla é presa após cair em barranco com veículo roubado

Com essas prisões a PM descobriu, ainda, que o bando estava usando o perfil do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Regional de Sorocaba, Estado de São Paulo, na prática de estelionato.

Durante busca na residência foram localizadas três porções de substância análoga a maconha e 76 porções de cocaína. Essa ação ocorreu no final da tarde de sexta-feira (15.05). Os suspeitos e todos os materiais aprendidos foram levados para a Central de Flagrantes.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana